domingo, 29 de junho de 2008

Poeta/Poetisa
Quando amamos um poeta/poetisa

Amar um poeta nem sempre é fácil,
devemos saber separar o que é nosso
do que é para nós...
Devemos lembrar que seu coração é dividido,
entre o amor por nós e o seu sonho de amor.
Devemos aceitar seu olhar para a lua ou pro horizonte.
Entender sua conversa com as estrelas...gostar do desconhecido
seus desejos pelo impossível, seus sentimentos perdidos.
Suas lembranças de algo que nunca viveu...

Para amar um poeta,
é preciso que estejamos atentos
aos seus devaneios e às suas viagens imaginárias...
Seus vôos e seus mergulhos entre rimas e prosas
O poeta sente dor que não dói,
ama o que não conhece,
sente saudade do que nunca teve,
inventa sentimentos,
comete loucuras!

Se quiser amar um poeta, seja poeta também,
entre no seu mundo; ajude-o criar ilusões!
Se desejar entender um poeta,
esqueça do real, viva na corda bamba dos sonhos dele...
E ame-o eternamente, desobediente.

Tenho fases, como a Lua; fases de ser sozinha,

fases de ser só sua. (Cecília Meireles )

sexta-feira, 27 de junho de 2008

Amor
Você é voz que ecoa no vento
Você é o silêncio dos pensamentos
Você é o espelho dos sentimentos,
Você é palavra que percorre o tempo.

Você a estrela que desnuda a escuridão
Você é o calor que aquece a alma
Você é a emoção que desfaz a solidão
Você é a lua que brilha calma.

Você é a brisa mansa que beija-me a boca
Você é o remédio que cura a dor,
Você é a esperança de um dia feliz
Você é a surpresa gostosa e o sabor do amor.

Você é o ontem, o hoje, o sempre
Você é meu sorriso permanente
Você é a ternura presente
Você é aquele que é e será eternamente
.

Você é o meu amor.

quarta-feira, 25 de junho de 2008

Flor
Uma flor, por mais simples que seja
não perde sua essência de flor;
Ainda que o tempo passe apressadamente,
não conseguirá fazer com que uma
flor seja destruída; elas são eternas.
Elas simplesmente cedem seu lugar
às sementes; Sementes que germinarão,
dando lugar a novas plantas;
Plantas que darão novas flores;
Novas flores que se eternizarão em outras
novas flores, que por si encherão meu jardim...
Jardim igual ao meu coração
Namorado, estrelado, apaixonado,
alado, ajardinado e abençoado...


Com palavra e rosa fiz prosa nascer,
Juntei amor e carinho pra você não me esquecer!
(Bandys)

terça-feira, 24 de junho de 2008

Noite
Suave é a noite...
A lua toda esparramada
prateada, exalando perfume
aromas sedutores de todas as flores
Procuro você como de costume...

A noite é suave
e mais suave ainda é a tua presença
o seu toque, seus carinhos,
fazendo-me sonhar... entrego-me tensa.

Suave é a noite
Nesse silêncio inebriante
o som de sua voz chega como calmante
e em desejos eletrizantes, fazemos da noite
Um grito sussurrante, emocionante...

A noite está linda
e se o que quero é viver essa loucura,
assumo minha insanidade
e deliberadamente sou tua.
Com o corpo, enquanto a alma sente saudade
da afinidade.
Vem! A felicidade nos espera...deliciosamente,
Presente somente.


Há sempre alguma loucura no amor. Mas há sempre
um pouco de razão na loucura. (Friedrich Nietzsche)

domingo, 22 de junho de 2008

Chuva
A chuva morna que cai do céu
É presente dos anjos para reverenciar nosso encontro.
Cai e escorre pelos nossos corpos banhando nossas almas
de prazer...
Misturando-se a lágrima que insistia em escorrer...
Enche nossas vidas de encantamento, alegria
Da surpresa do momento...
Debaixo da chuva nos beijamos, em silêncio ficamos,
Ela abençoa nosso amor.
E nós juramos nos amar mesmo que seja só hoje.

sexta-feira, 20 de junho de 2008


Destino
Invado a sua estrada
Viajo no pensamento
Percorro o teu caminho
Só por um momento

Vou ao te encontro
Com beijos e carinhos
E com tudo em desalinho
Fico só mais um pouquinho

Tua estrada é gostosa,
Ao mesmo tempo perigosa
Percorro de mansinho
Com rima, verso e prosa.

Tenho a alma no comando
Indicando a direção
Perco-me entre as estrelas
Acho-me em fração

Quero uma carona.

quarta-feira, 18 de junho de 2008

Sorriso
Quando o céu ficar escuro, a noite sem lua, e você
sem riso...farei o que for preciso, mesmo sem juízo,
de improviso só pra ver o seu sorriso.

Pegarei leve, sem estresse, deixarei o vento levar...
Ficarei o tempo que for preciso, querendo seu sorriso.
Não precisa dizer nada, basta ficar contente, fazer-me confidente...
E quando a vida me derrubar algumas vezes, teu sorriso,
fincará meus pés no chão.

E eu te consagrarei campeão dentro do meu coração.
E se mesmo assim seu sorriso não brotar...
Cobrir-me-ei de letras, brincarei com as palavras,
me tornarei sua poetisa. Concisa.

Só pra te ver sorrir, teu céu colorir, meu corpo conduzir
Só pra ser tua lua, nua, sorrindo na madrugada.
Só pra ser tua.

Preciso do seu sorriso para ser feliz.

(Bandys)

segunda-feira, 16 de junho de 2008

Olhar
Qual o segredo
Do seu penetrante olhar
Que conduz meus sentidos aos desejos...
Olhar
Que se torna rei das minhas vontades
Majestade dos meus sonhos
Dono do meu amor.
Olhar
Que provoca calafrio
Faz delírios das minhas emoções.
Viajo neste momento
Simplesmente fascinada por estes olhos,
Com vontade de querer só te querer,
Algo me prende
Algo me rende
Tudo transcende.
Será um desejo
Diante de um olhar
Que tem domínio dos meus sonhos
E o tempo pra te amar.

sábado, 14 de junho de 2008

Vida
Vem vida entra profundamente
me faz sentir, me faz ter prazer.

Vem não preciso entender, apenas viver...
me faz acreditar, me faz renascer.
Vem vida
Vem acontecer, vem conceber.

Vem, não me importo com a ilusão,
me trás paz no coração, vem encher-me de emoção.

Vem vida
Brote fundo na raiz
Floresça com cicatriz
Mantenha-me aprendiz

Ah vida!
Vem,
Vida que por tantas vezes
me fez sofrer
Impedindo apenas de conhecer
O amor em ascensão.

Vem, vida, vem, entra agora em ereção
E nasça em explosão.

Vem, Vida!

sexta-feira, 13 de junho de 2008

Recomeço
Existem momentos na vida que representam um novo começo.
Novas oportunidades surgem diante de nós.
Sentimentos que estiveram adormecidos despertam no coração.
Os sonhos esquecidos renascem em nossas almas e nós reforçamos nossa Fé, na Esperança, na Alegria e na Vida.
O que ficou para trás de nós e o que está à nossa frente
são coisas insignificantes, comparadas ao que está dentro de nós.
Que hoje, seja um dia Especial.
Que represente, renovação. Mudanças.
Que você sinta o quanto é maravilhoso,
Estar vivo e sentir a beleza...
Que a Vida nos reserva todos os dias.
Que sua alma se ilumine com uma alegria contagiante
e que você possa realizar, alguns dos seus sonhos com o coração cheio de Paz, Amor e felicidade...

"De tudo, ficaram três coisas: A certeza de que estamos sempre começando... A certeza de que precisamos continuar... A certeza de que seremos interrompidos antes de terminar... Portanto devemos: Fazer da interrupção, um caminho novo... Da queda, um passo de dança... Do medo, uma escada... Do sonho, uma ponte... Da procura, um encontro..." (Fernando Sabino)


quarta-feira, 11 de junho de 2008

Namorados
Vou penetrar no seu olhar
Tua boca beijar, no teu peito recostar...

Namorar-te... namorar

Fazer tua alma dançar, teu corpo delirar.
Namorar devagar, meu corpo encontrar.

E no encontro silencioso, equilibrar
nada falar, só namorar...

Fazer carinhos, explorar...
Deixar você me levar
Namorar...

E cansados...ficarmos juntinhos,
Abraçados até o dia raiar.

Pra namorar e namorar...

terça-feira, 10 de junho de 2008

Transmutação
Sou parte do tudo
O pedaço que é feito de nada
Sou o olhar que te deixa mudo
E a visão que te agrada.

Sou uma luz dançante
Um caminho que não tem prumo
Você me quer como calmante
É aí que tomo rumo, sumo.


Sou as lágrimas da tempestade
Com o choro de trovão
Sou quem te nega um olhar
Mas te entrega o coração.

Sou o sol que vem da noite
Que ficou sem as estrelas
Sou o dia amanhecendo
Sou o raio sou açoite.

Sou o sonho desfeito
Em labirintos perdidos
Mas sou teu corpo perfeito
Teu gozo em mim acolhido.

Sou tudo que você pensa
E muito menos do que sou
Pra você eu sou presença
Na sentença que te dou.

domingo, 8 de junho de 2008

Movimento
Aviva, expansiva, criativa.
Sonho, componho, proponho.
Ando, comando, desmando.
Choro, revigoro, namoro.
Parto, descarto, reparto.
Sorrio, delicio, inebrio.
Danço, canto, amanso.
Sinto, minto, desminto.
Vazio, sombrio, desvio.
Medito, grito, excito.
Silencio, desafio, renuncio.
Abraço, enlaço, satisfaço.
Aprendo, defendo, transcendo...
Brincando, perdoando, gozando...
Imaginando, recomeçando, saboreando...
Semeando, sonhando, amando...
Movimento, renascimento, momento.

É preciso ter caos e frenesi dentro de si para dar à luz
uma estrela dançante. (Friedrich Nietzsche)

quinta-feira, 5 de junho de 2008

Colo
Hoje quero teu colo.
Entregar-me à você como menina imatura, pura...
Para me sentir amada e segura.
Quero me sentir protegida nos teus braços, me acalmar...
E nos abraços sentir paz, me aninhar.
Quero você do meu lado, juntinho, para sossegar minha alma.
Não quero falar nem pensar, só no teu colo ficar...

Hoje quero teu silêncio de menino vadio,
E o teu colo felino totalmente macio,
O colo do homem que me da arrepio.
Quero dormir no teu peito, refeito,
Sentindo teus dedos acariciando meus cabelos...
E num instante perfeito, sussurrar meus apelos.

Quero no teu colo sentir o calor
Brindar teu sabor e esquecer qualquer dor.
Quero no teu colo sonhar, alentar, ousar e te beijar...
E quando eu acordar te dizer baixinho,
Te amo, meu amor.

quarta-feira, 4 de junho de 2008


Real
Nesse caminho virtual,
esbarrei com espinhos que ferem e incomodam.
Mas nele, também existem flores.
E uma dessas flores é você.
Não posso ver o rosto,
Nem olhar em seus olhos,
Mas posso sentir o aroma de sentimentos leais,
que exalam do seu coração.
A expressão do calor humano, do afeto e do carinho
que trocamos nos momentos que compartilhamos,
São capazes de atravessar fronteiras através da telinha,
tocar meu coração e refletir em minha alma, tornando
insignificante a distância que se faz entre nós.
Que Deus me faça sempre presente no seu coração,
assim como você está no meu,
com dedicação, amor, paixão e emoção.

segunda-feira, 2 de junho de 2008


Madrugada
O dia trás a noite
E entrega-nos de presente.

Nossas almas encontram-se pacientes...
E peço que as estrelas sejam testemunhas
do meu carinho na maciez do teu corpo.
Que a lua seja idéia solta que vaga
no campo da fantasia...do amor,
abre caminhos, ressuscita sonhos
e incendeia as minhas emoções.
Entre sussurros e canções, um suspiro em poesia...