segunda-feira, 19 de fevereiro de 2018


DIGO QUE NÃO VOU CHORAR, MAS CHORO
quando minha capacidade de suportar
vai além das minhas forças,
quando a garganta sufoca com gritos
e se fecha com muitos nós.
Digo que não vou chorar, mas choro...
porque sou impotente
perante as dores do mundo
porque não consigo o ruim melhorar,
pelas saudades que não consigo matar,
porque não me entendem
e não me deixam explicar.
Pelas injustiças que vejo
pelas doenças de nossa terra...
por não concordar, não aceitar,
não me conformar...
que algumas pessoas preferem se odiar
a se amar.

...as lágrimas são as últimas palavras quando
 o coração perde a voz.(Bandys) 

quarta-feira, 14 de fevereiro de 2018

Falando de Amor 

Não deixo que me calem
Falo de amor.
Não importa quantas vezes
acreditei... Acredito.
Escrevi no tempo palavras,
E tatuei no coração a ação.
Não me deixo ficar muda,
Deixem somente sentir as gotas da chuva
Falando de amor, os raios do sol trazendo calor.
Não me calem, não ficarei muda.
Permita-me ver as estrelas do lado da lua
Enfeitando a noite do meu bem.
falarei quantas vezes minha alma declarar
O amor!

..o amor sabe explorar o desconhecido não mapeado.
Se for preciso ele grita num silêncio de coragem.
Confio no amor, falo do amor, sinto amor. Amor...(Bandys)