quarta-feira, 22 de maio de 2019




Meu coração salta e acorda. Abre as asas e voa até você.
E tudo o que te adorna, que decora sua pele com enfeites de pureza, de um amor encarnado, refastelado em cada centímetro do teu corpo. E é essa magia que açoita o ar com afagos de um prazer evidente, que queima. É brasa, coração que arde em formosura, em querer demasiado. 

O mundo ao redor se colore, a vida ao redor ganha sentido...

O mundo ao redor te beija, eu te beijo.

..um beijo teu ao amanhecer é um passe mágico que me prepara para um novo dia, com ternura e amor... (Bandys)

segunda-feira, 13 de maio de 2019



Minha alma tem o peso da luz. Tem o peso da música. Tem o peso da palavra nunca dita, prestes quem sabe a ser dita. Tem o peso de uma lembrança. Tem o peso de uma saudade. Tem o peso de um olhar. Pesa como pesa uma ausência. E a lágrima que não se chorou. Tem o imaterial peso da solidão no meio de outros

É que eu gosto do riso de tudo. De flores. De gente. De bichos. Dos dias de céu azul lisinho. Das noites carregadas de cachos de estrelas. Da canção que as ondas cantam quando tocam a areia. Às vezes, eu vejo até o riso contido do que não tem coragem de sorrir. (Bandys)