sábado, 23 de junho de 2018


Escrevo no tempo, um conto.
Nosso sorriso, nosso encontro.
Nos versos, tranquilidade
Desliza em poesia.
Navego no mar de calmaria
E também de ventania.
Vejo cores em nossos beijos,
Sabores, toques sedutores.
Descubro o amor, a paz e a liberdade.
Flutuo longe com suavidade,
Aproveitando o vento que gentilmente
Vem a nosso favor...

...a paciência me abraça quando preciso
esperar a ventania passar. (Bandys) 

sábado, 16 de junho de 2018


Minha alforria

Com sabor de chocolate...
Vim te dizer que a vida,
Não se adia...
Nem anestesia
Se associa
Com energia,
Muita alegria
Faz companhia
Ama de dia...
A Noite vadia
Numa folia,
Sem garantia
Nem utopia
Plena sintonia
Em poesia
Eu e você.


...a minha liberdade é tatuada
na minha alma. (Bandys) ♥