terça-feira, 29 de dezembro de 2009


Viver é acalentar sonhos e esperanças, fazendo da fé a nossa inspiração maior. É buscar nas pequenas coisas, um grande motivo para ser feliz! (Mário Quintana)

Que 2010 nossos sonhos sejam acalentados com esperanças, amor e paz. Que as pequenas coisas sejam uma constante em nossas vidas e que ser feliz dure o momento da eternidade. Desejo que façamos uma economia de sofrimentos com a necessária sabedoria, e que possamos agarrar com nossas próprias mãos, às vezes frágeis, o que nos dá verdadeiramente alegria. Vamos viver! Beijos e sorrisos na alma de vocês! (Bandys) ♥

sexta-feira, 25 de dezembro de 2009


Vamos fazer diferente pra ter a diferença.
Vamos colorir juntos 2010 com solidariedade,
amor, paz e carinho. Vamos fazer valer à pena.

VALE A PENA

A magia da noite Avassaladora
NO Bar da Ruiva, no Blog da Ana,
No Blog da Criss, no Blog da Déia,
No Blog da Mara, do Blog do Betho
E no Blog do Titão, e sem esquecer
Do Cabaré da Nazaré para tomar um
Caldo de Tipos no
Cantinho do Landinho
Junto ao Cassio Amaral, a Christi
e as Coisas de Vilminha, bem devagar..
a Conta Gotas com Daniel milagre
e a Daniela Filipini♫...

Mas Entrando Numa fria noite linda
Lembro logo: Eu sou neguinha
E Falando de amor escrevo logo para a
Fernanda e Poemas que rima
Francisco com Franze Oliveira
Para publicar na Gazeta na net
E mostrar para a Renata, Sam e Sereia
Que vai logo ligar para a Heldinha
Que gosta de uma Insana Insônia

Para mostrar para o mundo seu lado Intimidador
Que faz sorrir o J.R. que aparece no Klic Tossan
Numa noite de Lua Prateada
Com as estrelas Luciana Klopper e Luz de Luma
Entre Lágrimas e sorrisos By Juℓi Ribeiro
Que rima com Líricas
Num feixe de magia do Mago Merlim, Aprendiz
Que espera na Maternidade do texto
Mais uma criação louca de Mauro Rocha

Que vive as Memorias Vivas e Reais
Dentro do Meu Nosso Blog
Meus intantes meus momentos, Momentos de Amor,

Nosso Cotidiano: O livro dos dias dois
E toda a fantasia: O Sibarita, Poliedro,
Prof. Sergio Nos Rabiscos da Alma
Renato Botelho e o Sentimento
Sob Sol da meia noite, Suavidad
Tripé é o tempo dentro de Uma bela cidade
Uma rosa e seus poemas...Versos Profanos de Maria Quitéria
E todos brincando no ESCONDERIJO DA BANDYS
(by poeta Mauro Rocha e Bandys)

Todos linkados aí do lado e se por acaso
estiver faltando alguém no mínimo está escondidinho, rs..

Beijos no ♥ de vocês e um ano novo de saúde e paz!
VIVA 2010! (Bandys)♥

segunda-feira, 21 de dezembro de 2009


Neste Natal eu desejo que a "Paz e a Harmonia" encontrem moradia em todos os corações. Que a Esperança seja um sentimento constante em cada ser que habita este planeta. Desejo que o Amor e a Amizade prevaleçam acima de todas as coisas. Que as tristezas ou mágoas, sejam banidas dos corações, dando lugar apenas ao carinho. Que a "Dor do Amor", encontre o remédio em outro Amor. Que a "Dor Física", seja amenizada e que Deus esteja ao lado de todos, dando muita força, fé e resignação. Que a Solidão seja extinta, e no seu lugar se instale a amizade e o companheirismo. Que as pessoas procurem olhar mais a sua "Volta", e não tanto para "Si" mesma. Que a humildade e o respeito residam na alma e no coração de todos. "Que saibamos Amar e Respeitar o Próximo como a nós mesmos".
Desejo também que meu pedido se realize não só neste Natal, mas em todos os dias de nossas vidas!

Desejo à você,
UM NATAL DE PAZ
E UM SUPER ANO NOVO. (Bandys)♥

sábado, 19 de dezembro de 2009



Intimidade

A tua pele
é a roupa que visto
nos dias em que o mundo
se dissipa
num cálice de alegria,
que bebemos juntos.
E quando o fazemos,
rende-mo-nos á noite esbelta
e já tão nua,
perdidos numa rima
de lábios vermelhos.

Calados de palavras,
outros sons
enchem o espaço.
Somos seiva,
suco e mel,
um pedaço de infinito
um imenso abraço
dissolvido num só grito!...

Albino Santos

quinta-feira, 17 de dezembro de 2009


Falando de amor
Não deixo que me calem
Falo de amor.
Não importa quantas vezes
acreditei... Acredito.
Escrevi no tempo palavras,
E gravei no coração a ação.

Não me deixo ficar muda,
Deixem-me somente sentir as gotas da chuva
Falando de amor, os raios do sol trazendo calor.
Não me calem, não ficarei muda
Permita-me ver as estrelas do lado da lua.
Enfeitando a noite do meu bem,
Não berrarei, não gritarei.
Mas falarei quantas vezes minha alma declarar
O amor!

..o amor sabe explorar o desconhecido não mapeado.
Se for preciso ele grita num silêncio de coragem.
Confio no amor, falo do amor, sinto amor. Amor..(Bandys)♥

segunda-feira, 14 de dezembro de 2009

Talvez eu diga algo
Não, talvez eu diga paixão
Mas porque não dizer Bandys
Que traduz essa emoção?

Como ela mesma se define
Mulher menina
Mulher guerreira

Que constrói o dia
Sem harmonia,
Como uma artesã,
Em poesia

E vê na pessoa
A criação mais valiosa
E no espelho com certeza se vê:
Uma rosa!

Talvez eu diga algo
Talvez não diga nada
Apenas vou ficar admirando...Admirado
Com cada palavra de amor...

Que encontro no Esconderijo da Bandys...
Mulher menina
Mulher guerreira
Pessoa-artesã
Que tece seu amor a cada manhã...

MAURO ROCHA
http://poetamaurorocha.blogspot.com/

sábado, 12 de dezembro de 2009


Nada que eu possa perceber neste universo
Iguala o poder de minha intensa fragilidade
Cuja textura é petala de rosa..
Teu cheiro me intorpece,
Me deixa a flor da pele
Minha boca é mel
Refletindo meu sabor
Querendo teu corpo cheio de amor!

E a cada toque, a cada gesto
O corpo extrermece, esqueço do tempo
Vivo o momento, teu alimento
Meu movimento..Lento,
Desatento, ciumento..

O tempo me envolve
Tudo muda.
Você me absolve
Renasço
Mais um dia..
Chamo pelo teu nome
Sou unicamente tua.
Meu tesão, meu amor..
Emudeço, recomeço,
Mais uma noite nua.

..e me transporto pra outro universo do eu e você.
Nosso! Onde nós somos um..(Bandys) ♥

sexta-feira, 11 de dezembro de 2009

Vivemos todos os dias em picadeiros de alegria,
tristeza, angústia, dificuldades e decepções.
As pessoas nos observam esperando uma atitude,
então é nessas horas que devemos dar risadas
se sentir como um palhaço que ri de nós mesmos
e fazer a platéia também sorrir.

Em qualquer lugar enfeitamos nosso semblante
com um sorriso, brincamos e ao mesmo tempo representamos.
Na vida vivemos espetáculos e jamais podemos deixar as
cortinas se fecharem sem antes ouvir os aplausos que tudo deu certo.(a.d.)
******************************************************************
Menina mulher, me orgulho de você como irmã e amiga!!
Ser sua irmã é um presente de deus
e um sorriso a cada dia.
Te amo, com carinho
Claudia

quarta-feira, 9 de dezembro de 2009

O Dom
Se me fosse concedida à graça da sabedoria
Decerto que eu não diria tudo o que penso
E certamente pensaria em tudo o que digo
Daria valor as coisas não por quanto valem
Mas por sua importância e significado.

Se me fosse concedido um milagre
Eu teria que dormir pouco
Pois certamente iria querer sonhar acordado
Nos meus sonhos mora tudo o que eu posso ser
Nos meus sonhos se materializa tudo o que posso querer.

Se me fosse concedido o dom das artes
Eu pintaria partes do mundo
Afinal recriar em traços a criação do Criador
Seria uma forma de adoração e louvor
E seria um ato de retribuição
Por ele ter me dado esse bendito coração.

Mas como me foi concedido apenas o dom da escrita
Eu tento com minhas palavras encantar
Faço delas versos, rima, prosa
Na tentativa de colorir uma realidade maravilhosa
Na tentativa de adocicar uma verdade dolorosa
Ou simplesmente para ignorar uma mentira maldosa.

E por fim
Rego com lágrimas de alegria o meu jardim
Pois minhas palavras trazem pessoas como você a mim
E nesse encontro casual e virtual
Tudo floresce e nada é banal
Afinal não existe canto algum onde a poesia faça mal.

Marcos™ Aprile
™†Mågö Mër£im†™
Cå£deiråø ÐØ Mër£îm™

segunda-feira, 7 de dezembro de 2009


PAZ

Hoje acordei com o silêncio
Silêncio dos homens mortais.
Ninguém pronunciava,
Música não tocava.
Tudo parecia muito deserto
Neste mundo indiscreto.
Não me sentia na solidão
Fiquei feliz com meu coração.
Senti uma presença protetora
Não precisava de nada
Aquilo tudo me bastava..
Deixei o vento me tocar
A presença de Deus no ar,
Eu de encontro à paz.
Amor e paz, isso me satisfaz!
Muita Paz! Seja a Paz!
Somos a Paz!

..
que a luz, a paz, a esperança, o amor
tragam-me o vento de um doce alívio pra minha
angústia que às vezes cansa..(Bandys)♥

sábado, 5 de dezembro de 2009

ACREDITO

Acredito no ser
Que busca a felicidade,
Vive o hoje
Sonha com o amanhã,
Revê conceitos,
Perdoa, quando agride
Pede perdão, quando ofende.

Acredito no ser
Que realiza sonhos
Respeita as diferenças
Acredita que amar,
Está além de si
E assim, ignora o egoísmo.

Acredito no ser
Que valoriza a vida,
Conhece a felicidade
Consegue amar
Com toda intensidade.

“O homem só pode afirmar que ama alguém após,
a convicção que ama a si mesmo.”

Sergio Ricardo Ferreira, (novembro/2009)

quarta-feira, 2 de dezembro de 2009


Floria noite e dia o nosso amor, floria.
Gerado após um inverno triste,
Floria em nuvens de rendas,
Floria com delicadas flores.

E as rosas das manhãs
Vinha-nos perfumar, em dias de sol
Nos de chuva também.
Jogadas em nossos pés,
Como de fossem tapetes.

E quando a noite chegasse
Faria uma declaração
Num riscado de cores, de tintas,
de luzes, de sons e de danças.

Seguraria sua mão e esperaríamos
a lua aparecer, as estrelas apontarem,
e nossos olhos se cruzarem...
Teríamos uma visão perfeitamente bela,
doce e sem falas...

E nossa menina dos olhos
Grudadas, laçadas, namoradas..
Uma força crença,
Iluminaria nossas almas com
clarões arrebatadores de amor..
Simplesmente amor.

..sem falas, só com nossos olhos,
nossos cheiros,
nossos beijos e nosso amor. (Bandys)♥

segunda-feira, 30 de novembro de 2009


Mordaça

Há uma
estranha textura
no horizonte,
sal nos olhos...
Engulo o salitre
da minha ode...
Rota difusa!
Discernir uma senda
no suspense mordaz
da musa do luar
em meu cais
que rompe
a mordaça
e me seduz
a içar velas...

Klic Tossan

sábado, 28 de novembro de 2009


Ah! Silencioso choro morno
Soluço no luar..Lágrima do tempo..
Triste noite. Quero secar nossas lagrimas..
Eu insisto, pergunto e contorno..
Sua boca silenciosa me acha distante,
Meu peito dilacerante que no breu da madrugada
Borda com minhas palavras teu silêncio.
Ah Amor, sons noturnos suspirando mágoas,
Mal entendido, misturas de pensamentos errantes.
E antes de nos perdemos de nós
Embriagamo-nos de todo nosso amor,
Acalmamos nossos corações
Reconfortamos o pulsar de nossas almas..

..a lágrima é o arco íris dos olhos e
nossos olhos o sorriso da alma... (Bandys) ♥

quinta-feira, 26 de novembro de 2009



ELA
(Dedicado à grande amiga Bandys)

Ela ri deleitando-se com o que acontece
Ela suspira e um pássaro abre as asas
Ela alegra com uma canção melódica
Ela canta com timbre baixo e doce
E Ele a escuta

Eles cantam juntos cantam boca a boca
Ela deixa escapar a alegria secreta da alma
Ela dança e o chão a leva para longe
Ela conhece a linguagem da luz e a simplifica
Algo morto pode voltar a viver

Ele sente a sua presença todos os dias
No escuro que lhe aumenta os olhos
Ela se mexe como a água e vai até Ele
Parada pelo que foi e atraída pelo que será

Renata Maria Parreira Cordeiro

terça-feira, 24 de novembro de 2009


Escuta meu amor,
Que música trás teus lábios que lá fora os pássaros
fazem arruaça pra eu levantar?
Que nada é este querer teu que vem com o sol alegre,
fazer meu dia brilhar?
Que tons de cores você carrega na alma,
que ilumina minhas paisagens...
Ah moço, não faz assim, eu quero pra você o melhor de mim,
o melhor de mim. Sempre o melhor de mim..
Seus olhos trazem chuva nos meus.. Marejam..
Sinto escorrer a emoção quente pelo meu rosto dormente,
Minha boca amortece a lágrima, beija teus lábios suavemente..
E num toque macio ouço o teu murmuro, docemente..
Te amo, amor.

..a beleza do amor esta na simplicidade do gesto..(Bandys)♥

domingo, 22 de novembro de 2009



BANDYS

Não mora na cabana
Apesar de dar por Bandys
É mulher terna e humana
Poetisa num mundo de doçura
Um pensamento de beleza
Escreve sempre com ternura
Suavidade é uma constante
Adoro a Bandys
Uma bonita mulher amante
Adoro a sua poesia
Fico preso como com barbante
Pudera, se é atraente!
Suave olhar tonificante
Incansável ternura
É assim a Bandys
Terna mulher doçura
Mulher que respira poesia
Poesia bela segura
Agrada ser seu amigo
Jamais se sente agrura
De vida interior
Grande estatura de mulher
Grande mulher amor

Daniel Costa




quarta-feira, 18 de novembro de 2009

Eu e você

Quando te vi alguma coisa mudou
Não sei se foram teus olhos ou a maneira que falou...
Com o tempo te descobri romântico, carinhoso, poeta
menino sonhador.

Você se mostrou homem maduro com ferimento e dor.
Invadi tua alma e te entreguei o meu amor...
Você, confuso, questionou poetas, versos e pensador.
Foi então que a vida veio em flor
O céu ganhou cor
O beijo sabor
E eu um grande amor.

..o verdadeiro amor constrói-se
com alicerces de renúncias. (Bandys)♥
*******************************************
Domingo estarei voltando com meus amigos.

segunda-feira, 16 de novembro de 2009


Aqui nesse espaço, não tem noites vazias ou espaços desertos.
Nos cantos que encantam aparecem flores e as portas escancaram-se, quando os amigos (as) chegam. Todos!!
Nesse esconderijo nossas almas esparramam-se e vão de encontro aos corpos que dançam em busca do amor, da amizade, solidariedade e aconchego. Não perdemos a identidade, não nos perdemos nem mesmo na escuridão... Cada um é uma luz, um sol, uma lua... Às vezes forte em outras fraca. Que importa? Aqui iluminamos uns aos outros. Às vezes percebemos
sentimentos que sangram, mas o elo é tão intenso que as cicatrizes são logo curadas. As minhas são. Aqui nesse cantinho o amor, o respeito, o entusiasmo são aplaudidos de pé e com fé.
Aqui a inspiração é a vida e a respiração é sentida.

..faço desse lugar uma acolhida destemida da minha vida dividida.
Amo vocês. (Bandys) ♥

******************************************************************************
A resposta e o resultado foram tão maravilhosos, que com certeza terá a versão 2010. Continuarei postando intercalado, para que vocês não morram de saudades de mim.. hahaha
E aproveito já deixo avisado a todos os meus amigos, visitantes, e curiosos mandarem pro meu email o que quiser: pode ser até uma frase, uma imagem etc..
O que eu levei tanto tempo pra conquistar ainda não foi conquistado, se conquista dia a dia.
Obrigado! E Beijos na alma! (Bandys)♥

domingo, 15 de novembro de 2009


Porquês sem perguntas

Eu gosto do jeito que você me olha. Eu gosto do modo como me trata.
Gosto da maneira que sua voz permanece em meus ouvidos...
Ouvir sua respiração é tão lindo que não há palavras para adjetivar.
Eu gosto do jeito que você me fala. Eu gosto do modo que você me escuta.
Gosto da maneira que seu corpo conhece o meu...
Me deixar ser guiada por ti é tão seguro que nem penso, sigo.
Eu gosto do jeito que você me beija. Eu gosto do modo que você me gosta.
Gosto da maneira que utiliza seu charme para me convencer...
Saber que posso confiar em você é mais que especial e único.
Eu gosto do seu jeito. Eu gosto do teu modo.
Gosto da sua maneira. E agora já gosto mais de mim...
Pois você já habita aqui, dentro de mim.

Camila Blopes

sexta-feira, 13 de novembro de 2009


Hoje vou falar baixinho para o vento
pedindo que faça-me um favor,
que leve com ele neste momento
um recado para o meu amor.

Não se faça de rogado Sr. Vento,
pois o que quero não é lamento
é poesia para uma amiga, uma rosa,
plantada num jardim distante, ela é carioca.

Diga-lhe que não se entristeça com essa dor,
que não pense nos porquês, peça-lhe por favor.
Quero apenas ser o sol do seu lindo céu,
rosa amarela, dos olhos cor de mel...

Então Sr. Vento o recado estar dado
cuide de agora sair bem apressado,
antes que as linhas que não me pertencem
sejam notadas pelo destino que as tecem.

Pequeno Príncipe
(esse príncipe não tem blog)

quinta-feira, 12 de novembro de 2009


Por Ti meu sentimento

Amizade, é algo que não tem explicação
Não é pedido, nem medido
Amizade é atração
Atração e encantamento
Me encantei por uma desconhecida,
Que nem é tão desconhecida assim
A sua alma eu já conheço...
E isso bastou!
Bastou para senti-la humana
bastou para senti-la de alma aquecida,
tão quente que me transmite esse calor,
Calor que me remete sorrisos cada vez que nela penso,
Cada vez que dela recebo imensos carinhos e desinteressados..
E isso me cresce, me faz enorme, me deixa gigante de amor por ela
A minha Bandys!!!


Luciana Klopper

terça-feira, 10 de novembro de 2009


Gotas II

Que passos são estes?
Descubro o objeto do destino
nas tuas rosas, elas exalam
o teu perfume, estou imerso
na essência sublime dos amantes!
Não vou, me deixo ir...
Suspiro a tua paixão,
meus segredos e desejos
teus cantos e encantos
nossos riscos, nossos risos.
Tudo é azul, tudo é verde
tudo é luminoso, tudo é brilhante...
Observo a paisagem,
são outras barcas ancoradas,
outro mar, outra brisa
e te mostras por inteira
na dimensão do deus Eros.

Meu ouro,
o sol que vês, o céu aclara...
No estampado dos teus olhos
revela-se o sino escondido
da tua alma enamorada,
lacrada!

Ah! Essa alma alegre, quieta
transcendida em estrela,
à espera...

O Sibarita

domingo, 8 de novembro de 2009



Há em mim doçura?
Encontrará alguém em mim doçura?
Ou sempre fel desatinado e agoniado por amargar ?
A minha doçura ninguém conhece...
Talvez exista, talvez inexista...
E se for, será ambígua.
Será falha, será mesclada das doçuras mundanas e divinas...
Afinal sofro influências do mundo e de Deus.
Ainda não alcancei o céu
Quem sabe um dia?
Por hora sigo indagando-me se haverá em mim doçura
Qualquer tipo de doçura.

Ana Paula Duarte ♥

sábado, 7 de novembro de 2009

Esconderijo do Amor e Poesia

Bailavam meus sonhos
Pela alta madrugada
Eu decifrava os enigmas
Mas não entendia nada
Procurava a minha paz
Na escuridão da rua
Na solidão do meu deserto
Ou na alma da menina lua
Calada meiga e serena
Demonstrando que o amor vale à pena
Refletindo se olhar no mar
Num toque de astros do universo em verso
Mostrando-me a alegria da noite fria

E o caminho do esconderijo do amor e da poesia
Onde eu irei repousar o meu cansaço
E encontrar enfim o meu mais perfeito acorde
Minha melodia
E a harmonia do meu mundo
Em perfeita sintonia.

Everson Russo
evrediçõesmusicais®
Direitos autorais reservados lei 9.610 de 19/02/98

http://www.olivrodosdiasdois.blogspot.com/

quinta-feira, 5 de novembro de 2009


Bandys, menina poetisa

Aguça o nosso coração a sonhar

Navegas por sentimentos tão lindos

De amor vive a falar

Yes, aqui tudo é encanto

Sinto-me feliz ao vir ao teu recanto


Majoli ♥

quarta-feira, 4 de novembro de 2009


Sou seu poeta

Eu não sou poeta
não sei rimar,
odeio a gramática..
Apenas escrevo, sem saber porque,
sem ter de explicar como.

Não sou poeta
apenas deixo que o coração
dite as palavras..
Quando a boca não tem mais fala,
e a alma encontra sua expressão.

Não sou poeta
não me dou bem com as palavras
apenas as deixo sair, livres,
palavras simples, sem complicar,
pois o amor não é complexo.

Definitivamente, não sou poeta
mas, na poesia
esqueço dos 'porques' e 'como'
apenas deixo que o sentimento, exista,
em palavras soltas.

Mas, sou seu poeta
porque te trago poesia simples
palavras com paixão,
versos com amor,
do meu, para o seu coração.

Sou seu poeta
te beijo em versos
te abraço em poesia..
te amo com o coração.

Cacau

segunda-feira, 2 de novembro de 2009


Eu Poesia

Ah, o que seria de mim agora?
Sem meu sorriso no rosto
Sem meus olhos brilhantes?
E minha esperança inacabável?

Sou tempestade de palavras
Sou poesia incompreensível
Já me chamaram de louca
Mas não me considero diferente de ninguém

Sou sonhadora inconsequente
Olho pro céu todas as noites, todas as manhãs
Meu sono é leve como a brisa
Meu despertar é furacão

Na calmaria em que me encontro
Você só poderia ser saudade,
Mas hoje te vejo como uma lembrança distante
Vaga, dispensável.

Daniela Filipini ♫

http://danielafilipini.blogspot.com/

quinta-feira, 29 de outubro de 2009


Amizade é assim
Se um de nós é sol
O outro é o calor
Se um de nós é tinta
O outro se faz cor
Se um de nós é paz
O outro é a harmonia
Se um se faz sorriso
O outro é a alegria
Se um traz o abraço
O outro é um carinho
Se eu sou farol na noite
Você mostra o caminho
Amigos de fato
São dons partilhados,
É o bem dividido,
Que é multiplicado..

Para agradecer todo esse carinho que tenho recebido, postarei a partir da semana que vem algumas poesias, contos, textos, poemas, etc. de outros amigos que me visitam há tanto tempo, não esquecendo os recém chegados. Aproveito e agradeço os selinhos recebidos. Ficarei super feliz se você mandar pro meu email, seu escrito, sua poesia, seu pedido, sei lá.. (menos pedir foto de frente) hahaha, Esse é o mistério.. Quem sabe..rss
Desejo muita paz nos nossos corações. egpmb@terra.com.br (Bandys) ♥

ps: Os créditos serão todos dados.

terça-feira, 27 de outubro de 2009


Hoje quero teu colo.
Entregar-me a você como menina pura...
Para me sentir amada e segura.
Quero sentir-me protegida nos teus braços,
te abraçar e nos abraços sentir tua paz. Me aninhar.
Quero você do meu lado, para sossegar minha alma.
Não quero falar, muito menos pensar, só no teu colo ficar..
Hoje quero teu silêncio de menino vadio, homem arredio..
E o teu colo pra mim totalmente macio.
Quero dormir no teu peito.
Sentindo teus dedos acariciando meus cabelos.
E num instante perfeito, sussurrar os meus apelos..

Quero no teu colo sentir o amor
Provar teu sabor e esquecer qualquer dor.
Quero no teu colo sonhar, acariciar, ousar e te amar..
Pra quando eu acordar te dizer
baixinho, te amo meu amor.

..encontro no teu colo a cumplicidade do amor
explicitamente corajoso. (Bandys) ♥

sábado, 24 de outubro de 2009


Às vezes me perco, quando mais
me encontro e só por um instante,
te acho tão longe..
Desvendo meus mistérios, supero
meus limites.
Sigo em frente, e quando maior é o cerco,
outra vez me perco, quando de novo te encontro.

Às vezes me busco, quando mais
te penso, e só por um instante,
Desnudo os meus pensamentos,
na busca incerta de te achar..

Às vezes te perco, nas minhas escolhas
(in) sanas de me perder em você, e só
por um instante, nem eu mesma sei me buscar..

Às vezes me encontro, e só por instante,
pro resto da vida, te amar.

...às vezes sou a razão de mim, que a loucura
da emoção busca, a cada dia, transmutar..(Bandys) ♥

quarta-feira, 21 de outubro de 2009


Já escondi um amor com medo de perdê-lo, já perdi um amor por escondê-lo.
Já segurei nas mãos de alguém por medo, já tive tanto medo, ao ponto de nem sentir minhas mãos. Já expulsei pessoas que amava de minha vida, já me arrependi por isso.
Já passei noites chorando até pegar no sono, já fui dormir tão feliz, ao ponto de nem conseguir fechar os olhos. Já acreditei em amores perfeitos, já descobri que eles não existem.
Já amei pessoas que me decepcionaram, já decepcionei pessoas que me amaram.
Já passei horas na frente do espelho tentando descobrir quem sou, já tive tanta certeza de mim, ao ponto de querer sumir. Já menti e me arrependi depois, já falei a verdade e também me arrependi. Já fingi não dar importância às pessoas que amava, para mais tarde chorar quieta em meu canto. Já sorri chorando lágrimas de tristeza, já chorei de tanto rir.
Já acreditei em pessoas que não valiam a pena, já deixei de acreditar nas que realmente valiam.
Já tive crises de riso quando não podia.
Já quebrei pratos, copos e vasos, de raiva.
Já senti muita falta de alguém, mas nunca lhe disse. Já gritei quando deveria calar, já calei quando deveria gritar. Muitas vezes deixei de falar o que penso para agradar uns, outras vezes falei o que não pensava para magoar outros.
Já fingi ser o que não sou para agradar uns, já fingi ser o que não sou para desagradar outros. Já contei piadas e mais piadas sem graça, apenas para ver um amigo feliz. Já inventei histórias com final feliz para dar esperança a quem precisava.
Já sonhei demais, ao ponto de confundir com a realidade... Já tive medo do escuro, hoje no escuro "me acho, me agacho, fico ali". Já cai inúmeras vezes achando que não iria me reerguer, já me reergui inúmeras vezes achando que não cairia mais. Já liguei para quem não queria apenas para não ligar para quem realmente queria. Já corri atrás de um carro, por ele levar embora, quem eu amava. Já chamei pela mamãe no meio da noite fugindo de um pesadelo. Mas ela não apareceu e foi um pesadelo maior ainda. Já chamei pessoas próximas de "amigo" e descobri que não eram... Algumas pessoas nunca precisei chamar de nada e sempre foram e serão especiais para mim.
Não me dêem fórmulas certas, porque eu não espero acertar sempre.
Não me mostre o que esperam de mim, porque vou seguir meu coração!
Não me façam ser o que não sou não me convidem a ser igual, porque sinceramente sou diferente! Não sei amar pela metade, não sei viver de mentiras, não sei voar com os pés no chão.
Sou sempre eu mesma, mas com certeza não serei a mesma pra SEMPRE!
Gosto dos venenos mais lentos, das bebidas mais amargas, das drogas mais poderosas, das idéias mais insanas, dos pensamentos mais complexos, dos sentimentos mais fortes.
Tenho um apetite voraz e os delírios mais loucos.
Você pode até me empurrar de um penhasco que eu vou dizer:
- E daí? EU ADORO VOAR! (Clarice Lispector)

..um momento de reflexão. Uma pausa.
Por mais que eu saiba voar, mergulharei no mar...Nadarei. Aprenderei outras experiências... Sem medos, com paciência e coragem. E claro AMOR! (Bandys)♥

domingo, 18 de outubro de 2009


Quanto de mim abandonei ou esqueci os meus sonhos?
Quanto de mim não acreditou em meus devaneios e fantasias?
Não, não tenho que me condenar pela minha imaginação, e sim prestar atenção a ela.
Meus sonhos podem ser as sementes de realidades, que fui destinada a viver.
Eles são dádivas de deus. Eu somente examino conscientemente e decido qual é o melhor caminho e modo de segui-los.
Não desistirei dos meus esforços. Não desistirei dos meus sonhos...
Até que se tornem reais.

..minhas aspirações estão lá na luz do sol. Eu hoje não as alcanço,
mas posso olhar para cima e ver sua beleza. Acreditar nelas e tentar
seguir para onde apontam. (Bandys) ♥

quinta-feira, 15 de outubro de 2009


Sinto o calor dos teus braços que me protegem.
O sossego dos lábios que me percorrem.
E devagarzinho você vai me tirando à calma..

Nosso riso acordando o mundo,
Meus olhos se fecham pra te ver..
Nossos desejos se misturam,
Nossos corpos nos acompanham
Um momento num instante,
Não temos pressa...

Você sussurra baixinho que me quer
Falo que sou tua.. Meu amor..
Percorremo-nos.. Entregamo-nos..
Você desliza em mim teu desejo,
Ardente, confidente, paciente.
Eu te sinto intensamente..
Amamo-nos apaixonadamente..
Estremecemos loucamente..
Dormimos calmamente.

..engravidei do nosso sonho, dei a luz ao nosso amor.
Nascemos.(Bandys)♥

segunda-feira, 12 de outubro de 2009


Vida em flor
Sonhava um sonho de fadas,
Mas me acordaram gritando.
Descoloriram o céu..
E havia fogos cinzando,
Tinham tomado conta
Queriam as nossas terras
Queriam as nossas vidas
Pra usarem em novas guerras..
Queriam a rebeldia,
Queriam nos drogar..
Queriam um mundo dopado,
Pra mais fácil conquistar
Queriam a sete chaves.

Queriam as forças do além
Mas encontraram as flores.
Que transmitiam o bem..
E as flores reconquistaram
Deram-nos a liberdade.
Tiraram cinzas do céu
E brilhou a claridade.
O mundo já era nosso,
O sorriso iluminou.
As flores viraram vidas,
E a vida floreou.

..todo dia planto uma flor
no jardim da minha vida, e vejo
a liberdade com carinho e amor..(Bandys) ♥

quinta-feira, 8 de outubro de 2009


Embriagam-me os beijos, os cheiros, os carinhos, os olhos.
Ouço os nossos soluços, os nossos silêncios gritantes..
A despedida desmedida em poesia, escrita em nossos corpos e mentes.
Grudadas em nossas retinas paralisadas, mesmo distantes..

Encanto dos nossos corpos dançantes,
Sem querer separar-se.
Silêncios, soluços.. Nossos calmantes.
Apenas palavras soltas, cambaleantes..

O beijo silenciado, selando nossas lágrimas.
Ficamos assim, mudos, emocionados, abraçados..
A lua lá fora teimosamente brilhante
Encerra nossa noite errante..

..e como sem licença, acertadamente,
adormeço nos braços teus.(Bandys) ♥

segunda-feira, 5 de outubro de 2009


Tatuagem

Abracei as palavras que você me dizia
e com elas tatuei meu corpo que tu possuías.
Tracei teu nome feito poesia..
Desenhei teu rosto, tatuei minha alma.
Rabisquei tuas mãos, gravei tua boca.
Grifei teu corpo como um manto,
Pintei com magia e te fiz regalia.
Tatuado em mim, você viveria noite e dia..
Desenhei teu amor, tracei com ousadia.
Escrevi teu desejo, grafitei nossa alegria.
Gravei em sintonia, feito moradia.
Uni nosso sonho, entrelacei corações.
Juntei teu corpo com minha paixão
Talhei tatuagem na imaginação.

..tatuei o seu amor na minha alma,
pra que ela não reconhecesse laser. (Bandys) ♥

sexta-feira, 2 de outubro de 2009


Valeu Brasil !

Parabéns Rio de Janeiro. Olimpíadas 2016.

"E assim, depois de muito esperar, num dia como outro qualquer, decidi triunfar...
Decidi não esperar as oportunidades e sim, eu mesmo buscá-las.
Decidi ver cada problema como uma oportunidade de encontrar uma solução.
Decidi ver cada deserto como uma possibilidade de encontrar um oásis.
Decidi ver cada noite como um mistério a resolver.
Decidi ver cada dia como uma nova oportunidade de ser feliz.
Naquele dia descobri que meu único rival não era mais que minhas próprias limitações e que enfrentá-las era a única e melhor forma de as superar.
Naquele dia, descobri que eu não era o melhor e que talvez eu nunca tivesse sido.
Deixei de me importar com quem ganha ou perde.
Agora me importa simplesmente saber melhor o que fazer.
Aprendi que o difícil não é chegar lá em cima, e sim deixar de subir.
Aprendi que o melhor triunfo é poder chamar alguém de"amigo".
Descobri que o amor é mais que um simples estado de enamoramento, "o amor é uma filosofia de vida".
Naquele dia, deixei de ser um reflexo dos meus escassos triunfos passado e passei a ser uma tênue luz no presente.
Aprendi que de nada serve ser luz se não iluminar o caminho dos demais.
Naquele dia, decidi trocar tantas coisas...
Naquele dia, aprendi que os sonhos existem para tornar-se realidade.
E desde aquele dia já não durmo para descansar... simplesmente durmo para sonhar.
(Walt Disney)

..uma homenagem a minha cidade!(Bandys)♥

terça-feira, 29 de setembro de 2009


Esconderijo
Procuro a Solidão
Como o ar procura o chão
Como a chuva só desmancha
pensamento sem razão
Procuro esconderijo
encontro um novo abrigo
como a arte do seu jeito
e tudo faz sentido
calma pra contar nos dedos
beijo pra ficar aqui
teto para desabar
você para construir
(Ana Cañas)

Eu sou aquela que permito me descobrir;
que reconheço a importância de aprender o novo, que abro meu coração para sentir e ouvir...
Que permaneço em silêncio, observando os passos da minha mente, as fragrâncias, os lugares escondidos dentro do meu ser...
Que ouço e falo... Que sorrio e choro, que fico quieta para absorver,o frescor da noite em meu interior. Sou aquela que vejo amanhecer e que diz sim para a vida, que desperta o amor e que caminha com você.
Que tem como esconderijo, meu peito, minha alma, um abrigo. Nosso. Em paz.
Com todas as imperfeições, mas com muito amor.
(Bandys) ♥

sábado, 26 de setembro de 2009


No silêncio interrogo e questiono por onde anda meus, seus e nossos rótulos? Onde anda meu rosto, meus nomes, meu sobrenome e meus sonhos? Que diferença faz? Que letras seriam essas (dos rótulos) que modificariam meu amor pelas pessoas, pelos animais pela natureza? Minha paz pelo mundo? Que números teriam meus sonhos marcados pelo ferro em brasa? Qual seria o sobrenome de Jesus? E Deus seria homem ou mulher? Teria olhos azuis ou seria ele da raça negra, índio ou outra qualquer? Talvez não tivesse cabelos louros? Seria talvez evangélico, espírita ou judeu? Será que estaria na moda fazendo psicanálise, terapia? Ou a solidariedade, o amor, a fé se vendo como iguais em alma seria o modismo? Eu opto pelo amor pela paz.
Por ser anônima, por ser menina mulher guerreira, por não ter vergonha de tentar pelo menos ser feliz. Por estender a mão onde quer que seja e por pedir ajuda a outros toda vez que for necessário. Só eu posso, mas não posso sozinha..
E enquanto houver vida nesse meu corpo físico, mental e espiritual serei paz, serei amor..
Eu sou assim. (Bandys) ♥

quinta-feira, 24 de setembro de 2009


Fica mais...
Fica um pouco mais e vê comigo
O dia que agora adormece.
Abra os olhos pra ver a flor
Que lá adiante aparece.
Fica mais e vê o jardim
Que já com a gente amanhece.

Feche os olhos
que eu te falo
só mais um pouquinho,
do milagre do amor.
Fica mais pra nos amarmos,
com nosso doce carinho..

Fica, é primavera! (Bandys)♥

"Aprendi com a primavera; a deixar-me
cortar e voltar sempre inteira." (Cecília Meireles)

segunda-feira, 21 de setembro de 2009


Todo dia você vem de noite e de dia.
Meu anjo. É você meu anjo.
Anjo melodia, anjo poesia.
Sinto tua presença..
Silenciosamente, sorridente.
Você me guarda, protege..
Distante, me rodeia..
Me acompanha..
Sinto meu corpo,
se arrepiar com a brisa da noite!
Fecho os olhos..Seu olhar cobre-me a alma..
Sinto seu abraço! Seus braços.
Minh'alma desnuda..
Tenho você ao meu lado.
Seu pensamento me seduz,
como o sol seduz o dia!
Sinto-me amada! Feliz.
Sinto seu cheiro.. Enlouqueço..
Preciso de você comigo.
Fico calma, tenho paz.
Anjo dos meus sonhos!
Meu anjo real!

..meu anjo é eterno amor. (Bandys)♥

sexta-feira, 18 de setembro de 2009


Carinho é fonte energética. Carinho é caminho de amor.
Carinho nunca é demais. A afetividade é importante, sim.
Como um ser humano ainda imperfeito, ainda aprendiz,
pode bastar-se a si mesmo?
Não, amigos, a individualidade, sem dúvida, é direito de cada um
de nós. Mas, em excesso, é egoísmo. Viemos aqui para aprender. Aprendizagem é sinônimo de troca de experiências, troca de energia, troca de informações, troca de afeto, troca e troca...
Carinho é plumagem bonita, macia, gostosa de sentir. Quem dá afeto se fortifica; quem o recebe se acalma, se tranqüiliza, se equilibra. Carinho é sinônimo de amor, amigos. Amor é bálsamo para a nossa condição de criança espiritual. Criança precisa de amor para crescer saudável. Criança precisa de apoio e de muita troca. Precisa ser acarinhada.
Portanto, também nós precisamos de afeto. Eu preciso do seu.
Eu preciso de você.

..agradeço a vocês que cuidam da minha criança todos os dias. (Bandys)♥

terça-feira, 15 de setembro de 2009


Acordo onde minhas lagrimas adormecem.
E meus lábios te sorriem e te beija, embora teu pranto
embriaga minha alma. Entontecem meus sentidos..
E na dança anestesiada faço poesia colhendo-te no meu colo
mais perfeito para o descanso do teu corpo.
Nosso soluço misturasse no ar. Profundo. Calado. Doído.
E no silêncio embalado pelo tempo que não volta, retomamos
aos poucos a respiração, a calma necessária, o pulsar dos nossos corações..
Respiramos o mesmo ar. Ocupamos o mesmo espaço.. Serenamos nosso desespero. Suavemente nossos lábios se tocam, o sorriso brota..
O dia apenas começa se espalhando pelos nossos corpos agarrados.
Gritando pelo nosso amor. Silenciando nosso momento.

..e me devolvo inteira, antes que eu me quebre outra vez.
(Bandys) ♥

domingo, 13 de setembro de 2009


Quem é você que me fascina que me olha, me faz sentir menina
E me ama como mulher?

Quem é você que me envolve me faz carinho
Sorri um sorriso gostoso, delicioso
E às vezes me olha com olhar triste?

Quem é você, que é pequeno demais no mundo, e às vezes,
Julgo ver o mundo mínimo, diante de você?

Quem é você que exerce uma força sobre as estrelas
Por que elas brilham mais, quando refletidas nos teus olhos?
Quem é você que esta ao meu lado
Induzindo-me a felicidade e me dando a chance de te fazer feliz?

Quem é você que é cúmplice da minha lágrima
Mas totalmente responsável pelo meu sorriso?

Quem é você que se apoderou
Do meu corpo, dos meus olhos, da minha boca
De todo meu ser, se uniu a minha alma e que nunca eu vou esquecer?

..minhas perguntas se calam quando o amor reponde.(Bandys) ♥

quinta-feira, 10 de setembro de 2009


Vivo o instante plenamente reagindo de forma diferente.
Com mais paciência, abrindo meu espírito e agindo com amor.
Escolho ser mais vulnerável e menos defensiva.
Ouço mais do que falo. Estendo a mão para o outro. Agradeço.
Seja o que for que esse momento trás, o amor nasce, renasce,
colhe, rejuvenesce...Vive. Floresce. Cresce. Amadurece.
Faço planos, e não planejo os resultados.
Olho pra frente com esperança e fé e não mais me abalo.

..quando compartilho com você meus pensamentos
compreendo seus sentimentos. E vice-versa. (Bandys) ♥

domingo, 6 de setembro de 2009


Existe hoje uma satisfação costumeira pronta pra iniciar uma nova vida. Não me importa como eu caio e sim como me levanto.
Não me sinto vazia nem frustrada. Também não acusarei ninguém..
Aprendi a me amar com meus defeitos e minhas qualidades.
Entenderei que minhas emoções são indícios da minha necessidade
de mudança, novas idéias e crescimento interior.
Serei serena e corajosa para ser feliz. Mais feliz.

..só existe um canto onde posso me erguer primeiro e
esse universo é meu próprio eu. (Bandys) ♥

quarta-feira, 2 de setembro de 2009


Ծlhαr σ Hσrίzσηтє...

Sίηтα ѕємρrє α lίвєrđαđє đє ρσđєr νσαr,
Ծlhє ѕємρrє σ hσrίzσηтє, ρσr мαίѕ
đίѕтαηтє qυє єlє ρσѕѕα єѕтαr,
đê αѕαѕ ασѕ ѕσηhσѕ.

Nãσ đєίxє qυє α νίđα ραѕѕє, ѕєм qυє
νσcê тєηhα νσαđσ єм вυѕcα đα
fєlίcίđαđє, đє тєr αlcαηçαđσ
ρσr αlgυм ίηѕтαηтє, є
тσcαđσ ρσr αlgυм мσмєηтσ,
υм ѕσηhσ cσм υм ρєηѕαмєηтσ!

..o pensamento sonhado é meu voo
liberto das tristezas da vida. (Bandys)♥

segunda-feira, 31 de agosto de 2009


Não saberia viver sem:
Deus
Amor
Amigos
Solidariedade
Gratidão
Carinho
Paz

Sou uma eterna apaixonada pela vida.

..posso até mudar meus apelidos, minhas roupas,
minha aparência, ser menina ou ser mulher.
Mas minha essência nunca. (Bandys) ♥

sexta-feira, 28 de agosto de 2009


E antes que o vento sopre,
Quero falar palavras doces..
Quero olhar suavemente.
Antes que o vento sopre,
Quero minhas mãos
Afagando carinhosamente..
Ser a rosa adolescente
Desabrochar lindamente..
Antes que o vento sopre,
Quero dançar na madrugada
Ser tua pequena namorada
Somente ser tua amada.
Antes que o vento sopre..

..e se o vento soprar só
deixarei levar as pétalas
pro horizonte do teu coração.(Bandys)♥