segunda-feira, 5 de julho de 2010


Ficou um aroma entre uma mescla
De flor e fruta.
O delicado sabor e a maciez da tez..

Ficou a boca silenciosa
Os olhos vidrados nos meus,
O pranto escondido
O grito não dado.

A semente derramada
em solo fértil
a luz em grandes folhas cegas

Ficou a colheita futura
Da minha semeadura
E o tempo esperando crescer.

..teu delicado sabor tatuado na minha alma. (Bandys) ♥

18 comentários:

Déia disse...

Adoro sabores tatuados na alma!!

Adoro me deliciar com o amor que esse blog transmite!

bj

Branca disse...

As lembranças sempre ficam, algumas mais doídas que as outras...

Boa semana pra vc Bandys! Bjo!

Daniel Costa disse...

Bandys

Vei o amor no meio da suavidade, o era fétil, produziu explendor. Era o verdadeiro amor!
Beijos
Daniel

Poeta Mauro Rocha disse...

sabores, amores e a fertilidade nesse eterno jardim que teu coração ostenta.

Bjs

Poeta Mauro Rocha disse...

sabores, amores e a fertilidade nesse eterno jardim que teu coração ostenta.

Bjs

Pérola disse...

To pra dizer q vc escreve sobre o mel amada.
Teus escritos são fantástico.
Vc pode até se esconder mas ñ consegue nos privar no q escoreega em sua alma.Muiiito bom.
Beijokas.

Lys Fernanda disse...

sabores e sentimentos, tao envolvidos. *-*

RENATA MARIA PARREIRA CORDEIRO disse...

Já te disse que te amo hoje, Eliane?
Eu te amo, querida!
Beijos!

*Na ilha por vezes habitada do que somos,

há noites, manhãs e madrugadas

em que não precisamos de morrer.

Então sabemos tudo do que foi e será.

O mundo aparece explicado definitivamente

e entra em nós uma grande serenidade,

e dizem-se as palavras que a significam.

Levantamos um punhado de terra

e apertamo-la nas mãos. Com doçura.

Aí se contém toda a verdade suportável:

o contorno, vontade e os limites.

Podemos então dizer que somos livres,

com a paz e o sorriso de quem se reconhece

e viajou à roda do mundo infatigável,

porque mordeu a alma até aos ossos dela.

Libertemos devagar a terra

onde acontecem milagres

como a água, a pedra e a raiz.

Cada um de nós é por enquanto a vida.

Isso nos baste*
Saramago

Tudo de bom! Lindo o que escrevestes, as always*

:.tossan® disse...

De tudo fica um pouco, a tua poesia delicada também fica. Beijo

Everson Russo disse...

Ficou um gostinho de quero mais,,,quero amar mais e mais e mais,,,ficou essa linda poesia,,,,,beijos minha menina...lindo dia pra ti...


p.s. hoje o blogger tirou o dia pra irritar a gente,,,nao sei se por aqui ta acontecendo,,,mas os comentarios estão sumindo...no Livro.

Cacau disse...

Todos os sentidos aguçados,
alertas para o sentimento
se misturando e se confundindo
tudo pelo amor.


Beijos e uma linda semana.

Simplesmente Ser disse...

Que delicia, com certeza quem leu tem o aroma do texto tatuado na alma e na mente.

bjs

O Profeta disse...

Esta ilha não tem fortuna
Trocou-a por um curioso mistério
Este irreal e intenso verde
Que inunda o olhar mais sério

Nesta ilha há um beijo na tua procura
Nesta ilha as pedras não têm idade
Nesta ilha as juras são lançadas à maresia
Nesta ilha o sonho é janela da verdade

Doce beijo

Elaine Barnes disse...

A delicadeza passeia nas tuas linhas tão doces,uma expressão de amor tão plena,onde parece que tudo valeu a pena. É o que importa.
Uma semente plantada,uma gravidez encantada aguardando o futuro nascer. Lindo de viver! Montão de bjs e abraços

Dil Santos disse...

Oi Bandys, tudo bem?
Gente, adoro esse mix de sentimentos, rs
Bjos

MB disse...

Sempre bom passar por aqui, nesse encantado ninho do amor...
Bjs
MB

MB disse...

Tenha um bom dia!!!!!!!!!!!!!
Bjs
MB

Everson Russo disse...

Um beijo de carinho e bom dia pra ti...