sábado, 17 de maio de 2014

Saudade



Sinto sua presença em mim.  Não sei dizer se será eterno. Só o quanto já me tomou.
Nos detalhes construímos uma nova história, dessas que só acreditava ter nos livros.
E as  minhas  páginas em branco, são preenchidas com as  batidas do  seu  coração.
Você escreveu na minha alma.
Posso ler que nunca mais serei a mesma depois de você. Em meio à tantos sentimentos apressados, vagarosamente vou aprendendo à meditar sobre esse amor.  E quando minha razão se perde, sua emoção desenha pra mim o  caminho.
E me amando na aflição a tua paciência me mostra a direção até você. A cada encontro, o mesmo brilho no olhar, e tudo faz sentido nos meus dias e traz novos sonhos às minhas noites. Perdemos a linha e nossos destinos se cruzaram.  Cuidadosamente  nossas  vidas colidiram. Agora, mal posso respirar se te soltas de mim. E   quando  a saudade  me entorpece te busco em melodias, no sorriso secreto que me destes, nas suas palavras que guardo. E tudo muda por dentro! Toda esta invasão me torna melhor, e meu coração já não bate mais sozinho. Mesmo quando você não está, é a sua presença que sinto!

Perco-me, te procuro e me acho..não estou mais só. (Bandys)♥

22 comentários:

Reflexo d'Alma Fase 2014 disse...

Bom dia !
Saudade..ai ai...
essa de seu texto é a que
Clarice cita como:
Saudade é só se mata
com a presença.
Lindo texto e foto boa
de olhar!
Bjins
CatiahoAlc./ReflexodAlma

RENATA MARIA PARREIRA CORDEIRO disse...

Não importa que não seja, o importante é que seja. Lindo!
Beijos, querida, Bandys,
Renata

Samuel Balbinot disse...

Bom dia querida Bandys.. gostei da frase.. você escreveu na minha alma...
é bem isso que todos nós tentamos fazer para que o amor que entrar na nossa vida não seja uma página virada para ser esquecida.. quando eu escrever na alma de algúém.. pois muito já tentei será com tinteiro srs não deixarei páginas em branco.. beijos e um lindo final de semana..
até smepre

Fábio Murilo disse...

Que relato completíssimo do sentimento da saudade. Diria até que extrapolou do sentido comum, deu novas conotações, toda própria. É muito isso... A saudade tem o sal na palavra.

APENAS PALAVRAS disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
APENAS PALAVRAS disse...

A saudade é um parafuso que quando a rosca cai só entra se for torcendo
porque batendo não vai. Mas quando enferruja dentro nem distorcendo não sai. É assim que me sinto ao entrar no seu espaço e me deparar com tuas mais belas e lindas palavras que descreve num todo aquilo que és... Quem me dera deixar fluir tudo àquilo que meus dedos não conseguem expressar... Sei que és capaz na de distinguir com exatidão o que estou a dizer... Seja como for o que penses, creio que é melhor dizê-lo com boas palavras, segundo o que já tens deixado transparecer em cada uma de tuas mais lindas e belas postagens... Confesso vararia dias, meses e anos a te escrever, mas vou deixar espaço pra você também Quando eu escrever na sua alma. Não deixarei páginas em branco. Um demorado Beijo em seu coraçãozinho e um lindo final de semana..

APENAS PALAVRAS disse...

Uso falar de tudo um poupo, e o pouco que sei esta na transparência das minhas palavras, as quais sempre viso deixar transcorre um sentimento único e verdadeiro daquilo que meus olhos vê... Por mais que seja suas postagens visa sempre a beleza feminina... Por que usaria eu outras palavras pra descrever... Descrever o que... Eu descrevo aquilo que vejo.... Em todas ela vejo você expor a força física, intelectual e a beleza corporal feminina... bj linda

Edson Marques disse...


Flores...

Patrícia Pinna disse...

Boa tarde, Bandys. Esse sentimento para mim é o amor, tão suave e lindamente descrito em tons de saudade.
Tornamo-nos preenchido de tal forma, que nossos pensamentos não escapam nem sequer numa fração de segundos.
Tenha um fim de semana de paz!
Beijos na alma.
Adoro a sua sensibilidade!

http://redescobrindoaalma.blogspot.com.br/(blog pessoal)

http://refugio-origens.blogspot.com.br/2014/05/cenario.html(blog onde escrevo todos os dias 09 e 23 de cada mês)

http://carinhosemselosdosamigos.blogspot.com.br/(blog pessoal)

Patrícia Pinna disse...

Voltando para agradecer o presente imaterial tão lindo que me ofertastes, amei!
Eu realmente me emocionei com o seu carinho, com o conteúdo da caixa e me senti extremamente bem.
Confesso que precisava desse presente, visualizei e senti tudo com prazer, és um anjo.
Muito obrigada, amiga!
Tenha um domingo de paz!
Beijos na alma!

Elisabete disse...

O pensamento também nos faz companhia.
Também li o outro poema no blog do Felis e claro que gostei.
Bom domingo

wcastanheira disse...

Lindo, intenso, quentinho gosto muiiiito de viajar neste clima de sensualidade, vc merece beijinhos e beijinhossssss

ONG ALERTA disse...

O que importa é sentir o amor..beijo Lisette.

Ghost e Bindi disse...

É bem assim o amor...deixar-se possuir, entregar-se para que o bom do amor nos tome...e sentir, na saudade, as pegadas que este amor deixa...lindo, lindo poetar, amiga!
Uma semana deliciosa pra vc!

(Sim, um poema completa o outro ...estamos na fase da novelinha, rs...)

Um grande abraço, Bandys!

Bíndi e Ghost

Sonhadora (RosaMaria) disse...

Minha querida

Como é sublime sentir um amor assim...PLENO. adorei como sempre e que seja eterno.


Um beijinho com carinho
Sonhadora

CARLINHA disse...

Que lindo, amiga....

Boa semana pra vc.

Bjos

CARLINHA disse...

Que lindo, amiga....

Boa semana pra vc.

Bjos

SONINHA disse...

Olá, Bandys!!
Vim te visitar e já estou a te seguir!!!
Te aguardo!!Bjs
Amei seu blog!

Dentro da Bolha disse...

saudade dói, machuca, prende...

dentrodabolh.blogspot.com

Blue disse...

A saudade saudável,
é aquela que faz bem,
que faz aproximar pessoas.
Se for daquelas que machuca,
é melhor que passe logo.

Pois Bandys, nem comente assim!
Sabes que gosto,
vai que levo a sério...

Beijo

Alexandre Lucio Fernandes disse...

Dois corações sintonias. Dois mundos conectados na essência. A saudade atiça o querer. Todo minuto é muito longe do amor. Destinos cruzados são para sempre. Afeta. Tudo muda. Invade. Nunca estamos só quando amamos.

lindo querida!

amodoro!!

O Sibarita disse...

Saudade é? Hummm... kkk
´
O amor e suas conjuminâncias depois da chuva, né não? kkkkkk
`
Porreta!

O Sibarita