segunda-feira, 7 de dezembro de 2015


É preciso florir a vida
Seja de rosa ou margarida
Com a mente sã ou ferida...
A vontade tímida ou atrevida
A mão procurando ou acolhida
A vida certa ou indefinida,
Na entrada e na saída
Sendo santa ou bandida...
Florir a vida da alma
Totalmente agradecida.


...quando recebo uma flor o sorriso aparece,
 quando dou, o perfume entorpece... 
Se plantar faço uma prece. (Bandys)

8 comentários:

alta disse...

Lindo!! amei

Bell disse...

Vamos florir sempre!!

bjokas=)

alp disse...

Curiosa imagen...un abrazo desde Murcia.....

Fábio Murilo disse...

"Fica sempre um pouco de perfume nas mãos de quem oferece rosas", é isso ai, Garota. Gostei também da foto. Beijos!

Samuel Balbinot disse...

Boa tarde querida Bandys...
tu és o próprio perfume que pelos ares vais a entibiar corações que vibram como vc..
que seja lindo o teu dia doce amiga.. beijos meus e até sempre

Ghost e Bindi disse...

Quem aprendeu com as flores, que de graça espalham seu perfume que alcança a quem quer que seja, aprendeu a lição do amor desinteressado... o seu poema tão belo expressa a generosidade que vai no seu coração. Um feliz fim de semana pra vc, amiga querida.

Bíndi e GHost

Jaime Portela disse...

A vida precisa de flores, na verdade.
Belo poema, gostei imenso.
Bandys, tem um bom fim de semana.
Abraço.

Andréa disse...

Hello, minha querida!
Uau...que lindo!
Você é uma flor linda e perfumada, feliz de quem convive pertinho de ti!

Um final de semana maravilhoso pra ti minha linda!
Bjs no seu ♥