quarta-feira, 29 de junho de 2011


Quero


Do pássaro quero o vôo

Da criança o sorriso


Da chuva o cheiro

Da água a cor


Do mar o encontro com o sol

Do céu a grandeza

Da terra a firmeza

Do amor o sabor


Da vida você. .

..você é a moradia onde minha alma
quer ficar.. (Bandys) ♥

14 comentários:

Tânia T. disse...

A melhor moradia...

:))

Daniel Costa disse...

Bandys

Sempre a suavidade, a querer a simplicidade de tudo. É assim que quero a simplicidade de você, já se vê!

Beijos

Pena disse...

Estimada Amiga:
Em tudo o que faz é ao seu puro gesto de uma sensibilidade que cativa.
Parabéns pela coragem que revela em instantes intímos, mas doces.
Concebe de forma fabulosa o seu normal entendimento do amor.
Bem-Haja, pela amizade.
Abraço de respeito.
Sempre a admirá-la e ao seu terno sentimento puro.

pena

Déia disse...

querida

q saudade!

como consegue? Este está tão lindo!! Parabens, que seu amor continue a transbordar entre palavras.
bj

Everson Russo disse...

Eu quero tudo da vida e quero o amor,,,e sei que estava ouvindo Renato...beijos de bom final de semana...

Retalhos da Sol disse...

Quero...

Do Esconderyjo a ternura da tua escrita...que adoça a nossa alma, Bandyda!!!!!

Bjossss de SExta, endiabradamente enSOLarados..rsrs

Márcia disse...

Passando para deixar um beijão pra vc....estou saindo para as férias, mas volto em breve, é só um descansinho...rsrsrsr

Mas já estou com saudades...beijão e fica com Deus!!!

Lys Fernanda disse...

Delicioso meu bem, uma ótima noite e um maravilhoso fim de semana.

Zeze disse...

Oi Bandys

A Nossa casa assim era uma Perfeição!!! Só há que tentar...

Beijoka

Alexandre Lucio Fernandes disse...

Você consegue uma mistura peculiar, de unir o intenso com a suavidade. É impressionante como o amor, nas suas mãos se torna delicado e tão intrínseco e vivaz.

Você suaviza de uma forma encantadora. É tão gratificante vir aqui e respirar este teu amor singelo e doce.

Beijo doce!

ps: tem festa no blog. Passa lá. Tua presença é importante.

Mario disse...

Olá menina Bandys! Que beleza de poema escrito na pureza e naturalidade das coisas.Uma estrela não precisa de subterfúgios para brilhar...Uma flor não precisa de maquiagem para encantar...um poema não precisa de sofisticações para emocionar. Como um grão de areia que sabe que é pequeno...mas sabe também que em conjunto com outros grãos dão a incomum fofura a areia de uma praia....Seu poema feito de pequenos vocábulos sabe consegue unindo-os a outras pequenas palavras conseguem dar emoção para a nossa alma. Simplicidade, pureza suavidade e brilho tem este seu precioso poema.Parabéns! Saudações Poéticas - Mario Neves

Nilson Barcelli disse...

E é tão bom querer assim...
Belo poema, gostei imenso das tuas palavras.
Querida amiga, tem um bom resto de Domingo e uma boa semana.
Beijo.

Adriana Vargas disse...

Olá, vim convidá-la a dar uma espiada em meu livro, O VOO DA ESTIRPE no site http://www.clubedeautores.com.br/book/47750--O_voo_da_estirpe
Um romance contemporâneo cheio de surpresas e emoções.
Aproveitando para divulgar os sorteios mensais de meus livros em meu blog entre os meus seguidores. Basta seguir. Dia 10/07, será o sorteio do livro O SEGREDO DE EVA http://www.clubedeautores.com.br/book/47135--O_segredo_de_Eva
um grande abraço, vamos em frente!
Adriana

Majoli disse...

Bandys querida, tantos quereres, cada uma mais gostoso do que o outro.
E finalizando de um jeito mágico, querer fazer moradia na pessoa que amamos.

Beijos com carinho.