domingo, 7 de agosto de 2011


E quando o sol se for
Farei uma declaração
Num riscado de cores
De tintas e de luzes
De falas e de danças...

Vou segurar sua mão
E iremos esperar a lua aparecer,
As estrelas apontarem e ficaremos sem ar
Do encontro de nossas bocas...
Teremos uma visão perfeitamente bela
Sem fala sentiremos nossos gostos doces.

E em nossas meninas dos olhos
Como se preto no branco
Uma forte crença iluminará nossas almas
com clarões poderosos de amor.

...dançaremos por todos nossos corpos e
dormiremos em nossa alma... (Bandys) ♥

13 comentários:

Majoli disse...

Bandys, o amor está no ar, através de sua poesia a gente sente vontade de flutuar.
É de uma leveza e pureza deliciosa.

...dormiremos em nossa alma...mágico.
Amo te ler, sempre.

Beijos enormes no teu ♥

Everson Russo disse...

Perfeito esse cenário, quando o sol se vai, a lua vem trazendo as cores da noite, tudo muda, tantas e tantas coisas são sentidas e vistas de formas diferentes, são cores que muitas vezes nem deciframos,,,e nas penumbras,,apenas sentimos....beijos e beijos de otima semana....

p.s. quando eu passei aqui, nao tinha esse poema...rs..rs..ou foi falha do navegador...eu náo bebi nada ainda...rs..rs..rs...e quanto ao Mengáo...torcer pra ele náo,,mas prefiro ele ao Timáo...beijos.

Alexandre Lucio Fernandes disse...

É melodia que fica ecoando pelos salões escuros do coração. Uma sinfonia que vai iluminando a penumbra do nosso torpor, uma sensação que vai nos evidenciando o amor que há em nós. Amor é isso, um maestro que move nossos pés numa valsa sem fim...

Beijos!

Desnuda disse...

Querida amiga,

O amor, sentimento maior, na inspiração. Linda poesia. Adorei!

Beijos com carinho e maravilhosa semana.

Everson Russo disse...

Uma ótima segunda pra ti minha querida amiga...beijos e beijos ao som do mestre Renato...

Nilson Barcelli disse...

Com uma dança tão bela como esta, a alma só poderia mesmo adormecer as vossas meninas dos olhos...
Gostei muito do teu poema.
Querida amiga, tem uma boa semana.
Beijo.

O Sussurrar do Corpo disse...

Um sussurro...

Everson Russo disse...

Um dia todo lindo pra ti querida...beijos e beijos.

Pedro Menuchelli disse...

Bandys,
Mais uma demonstração de amor explicita em sua poesia, que me faz perceber que são as coisas simples que, na maioria das vezes não damos valor, que valem a pena e fazem nosso dia a dia e nossos relacionamentos serem melhores.
De toda maneira, muito lindo o que escreveu. Adoro sua poesia!
Um grande beijo, com carinho.

Pena disse...

Linda Amiga:
Um delicioso e terno poema de amor. Como só VOCÊ consegue fazer com a sua magia e encanto.
Abraço amigo ao seu génio sublime numa escrita perfeita.
Sempre no maior respeito e estima por si.
Sempre a admirar o que concebe de pureza e ternura sublimes.

pena

fabricio moraes disse...

Bandys seus poemas sao perfeitos, gosto bastante de admirar eles, ainda mais que sao de amor ne, que aumenta nossa inspiraçao para podemos criar textos belos como esse que acabei de ler e admirar. parabens
tenha um otimo dia
bjuss

Poeta Mauro Rocha disse...

Ola!
Que texto bonito, como sempre!

Quanto tempo! E nem me fale do tempo pois estou procurando por ele faz tempo.

Bjs.

Everson Russo disse...

Beijos de lindo dia pra ti querida....muita poesia e muito Renato ...