domingo, 21 de agosto de 2011



Pintarei meus lábios de carmim

Me vestirei de transparências.





Mais uma vez, eu saberei que o cetim te espera.





Pintarei meus lábios de carmim

Desnudarei-me de desejos enfim...





Tudo estava completo, mas, e os olhos?

Ah! Estes eram apenas ausências..

ou não...



...meus olhos te molhavam com meus mais doce

perfume e fechados sonhavam com teu amor. (Bandys) ♥

16 comentários:

Tânia T. disse...

Olhos... perfume... amor...


Poema lindo... :)


Amei!


bjoO

Daniel Costa disse...

Bandys

Maravilhosa simplicidade, explêndido poema. Simplesmente, analiso assim.
Beijos

Wilson e Sanzinha disse...

Bom dia, Bandys!

Nosso antigo blog – Nuestro Cielo – infelizmente foi invadido e completamente excluído, o que nos obrigou a criar outro novamente.
Pedimos desculpas pela confusão. 
Aqui está o link do novo blog:

http://nuestrociello.blogspot.com

Esperamos poder nos encontrar por lá novamente.

Beijos carinhosos!

Wilson e Sanzinha

O Profeta disse...

Um barco parado no cais de espera
Amarras soltas do frio ferro
Uma gaivota adormeceu sem penas
Uma criança chora no meio do aterro

Cheio de penas amarro a alma
Uma saudade arrocha meu peito
Sou um caçador de nuvens breves
Um romântico sem ponta de jeito

Um barco de papel perdido do norte
Roseira plantada num campo de pedras nuas
Uma casa perdida da sua cidade
Um labirinto feito de mil e muitas ruas


Doce beijo

Everson Russo disse...

Desnudando desejos da alma que arrepiam a pele e fazem o corpo divagar em loucuras...grande beijo de linda semana pra ti....dessa vez,,,meu time ganhou,,,,rs,,rs,,,

Luna Sanchez disse...

Até esperar por quem se gosta dá prazer, desde que não seja esperar em vão, claro.

Um beijo.

Retalhos da Sol disse...

Ah!!! Essa nossa alma bandyda!

Uma linda e apaixonada semana para ti...bjosss meus, enSOLarados.

Mais uma vez...
Pelas estrelas da noite,
Pela lua que inspira,
Pelas brisas da manhã,
Pelo sol que ilumina
Pelo perfume do dia
Por nossos amores puros.
Por nossos pensamentos...
Mais impuros...
Por esses desejos que consomem
Por essas vontades bandidas
Mais uma vez...(By Sol)

Pequeno Príncipe disse...

Não precisamos de muitas palavras para transmitir aquilo que nossos corações já sabem o significado. As suas palavras são mágicas levam-nos para um mundo que só nós conhecemos. Elas tem o mesmo poder que um olhar tem para dois amantes, falam uma linguagem universal, aquela que só os corações apaixonados sabem o significado. Beijos

Joe B. disse...

Existe uma grande injustiça em fazer o que tu faz. Seduzir sem dar a chance de retribuir no mesmo instante, com a mesma intensidade, é de trançar as pernas e se apertar pra não sair correndo em direção do texto e mergulhar.

"Talvez seja melhor não se pintar, nem me molhar ou se ausentar, talvez seja preciso apenas que continue transcendendo a realidade até me fazer acreditar que vale a pena sonhar. Não só por merecimento, mas porque o sonho sempre será algo a se alcançar".

José Sousa disse...

Olá querida Bandys!
Que beleza este seu texto poetico! Gostei imenso, muito interessante!

Passei para lhe ler mas também para lhe desejar uma boa semana.

Um grande beijo

Evanir disse...

Querida Amiga..
Lindo esse seu modo silencioso de esperar.
Uma semana linda beijos,Evanir.

MB disse...

Belissimo poema!!!
Beijos e carinho
MB

Everson Russo disse...

Um dia todo lindo pra ti menina,,,beijos e beijos e beijos...hoje,,,frio por aqui....

Franzé Oliveira disse...

Pintaria à vida
Se ela estivesse aqui
Se ela me olhasse um único momento desde que se foi
Tudo ficaria completo
De novo.

Everson Russo disse...

Respondendo a sua madrugada, hoje voce pode se dizer menina Renato...foi sim a primeira...rs..rs..rs...super beijo de bom dia pra ti...versos e lindas ondas no seu mar...

SAM disse...

Querida amiga,

Belíssimo poema que transmite uma bela imagem na imaginação: paixão, ternura e amor.


Beijos com carinho