quinta-feira, 1 de dezembro de 2011



E antes que o vento sopre,
Quero falar palavras doces..
Quero olhar suavemente.
Antes que o vento sopre,
Quero minhas mãos
Afagando carinhosamente..
Ser a rosa adolescente
Desabrochar lindamente..
Antes que o vento sopre,
Quero dançar na madrugada
Ser tua pequena namorada
Somente ser tua amada.
Antes que o vento sopre..

..e se o vento soprar só
irá levar as pétalas
pro horizonte do teu coração.(Bandys)♥

14 comentários:

Sonhadora disse...

Minha querida

Quanta ternura neste poema...uma brisa a soprar palavras de amor, adorei como sempre.

Deixo um beijinho com carinho
Sonhadora

Zeze disse...

Oi

Bom Texto!
E antes que o vento sopre e leve estas letras aqui deixo estas palavr.... :)

Beijoka

Tatiana Moreira disse...

Antes que o vento sopre...
Quero dizer que estar aqui é sempre maravilhoso pois faz o amor aflorar no coração!

Aos poucos estou voltando e quero estar pertinho das pessaos que fazem diferença em minha vida: Você é uma delas!
Um abraço carinhoso

She disse...

Lindo, lindo, lindooooo!
Beijo, beijo queridona! ;)
She

Retalhos da Sol disse...

E quando o vento soprar, arraste para para bem longe todas as lágrimas e tristezas, permaneça apenas a doce brisa do amor!!!!

Bjosss meus enSOLarados.

Saudades de tY, ChefYnha!

nilson disse...

Doce, sensual e suave.
Que as pétalas alcancem o coração do seu amado.

Nos Amando... disse...

então no final tudo valera
a pena se o vento sobrar
antes ou depois.
linda noite
beijokas

Anonymous disse...

meu pior defeito é te amar demais... e meu maior erro é não aceitar isso...

nilson disse...

Sempre especial a sua visita. Com direito a um gracioso poema, inclusive, ficou melhor ainda...

Tenha uma noite agradável.

Felisberto Junior disse...

...olá!..este estilo de poemar suave e doce, vem denotar e refletir a sua sensibilidade...gostei muito!
Abraços!
Beijos carinhosos!

Everson Russo disse...

Antes que o vento sopre, quero eu tocar a sua face, afagar os teus cabelos,,,sentir a tua pele macia...beijos de bom final de semana pra ti.

Vinicius disse...

Bandys, tu és uma poetisa prolífera. Já tens em conta quantos poemas publicaste?

Abraço

nilson disse...

Bandys,

Guardarei as lágrimas num vidrinho de cristal especial.

Bem colocado o poema de Pessoa.
Estou tentando essa travessia.
Desvencilhar das roupas puídas.
Dos sentimentos que já não devem mais existir.
Realmente não quero ficar à margem de mim mesmo.
Não dá para desperdiçar vida.
A travessia é longa, mas hei de conseguir.

Fique bem.
Fique em paz.

Nilson

Honey disse...

Lindo texto. Com carinho, beijos...