quarta-feira, 13 de fevereiro de 2013



Debruço o corpo nas cordas do tempo, seguro a alma com a ponta dos dedos e salto para os vazios abissais do teu ser. Salto, confiante, do alto da tua mente, passando na estreita abertura da tua voz, precipitando-me no lago imenso do teu ventre, sem medo dos rochedos pontiagudos que sobressaem do teu corpo. Sinto na profundidade do teu mar a fria certeza que me envolve neste néctar puro de sentidos de que és feito. Regresso à superfície, sem ter necessidade de respirar, apenas pela vontade de contemplar esta imensa gruta onde habita tua alma.
Ecoam sentidos que se refletem na escuridão suave deste lugar mágico . É uma noite sem estrelas que se salpica de pequenos brilhos reluzentes, são os cristais que te decoram, pedaços de jóias que cintilam no mínimo reflexos do meu olhar. Esta tênue atmosfera sustenta-se do equilíbrio que o espírito extrai do corpo, nesta mescla complexa que mantém intacta a essência do magnífico ser que és. Aqui, escondes o teu mundo, e eu, exploradora consentida, por ele perambulo.

...catando pontinhos de luzes, vagueio num labirinto até encontrar você. 
Mágico, o amor se reparte e se integra em nós. (Bandys) ♥

21 comentários:

O Sibarita disse...

Ô retada! kkkkkkkkk

É tô cintilando! kkkkkkkkkkkkkkkkk

Texto maravilha, o desejo acima de tudo, oi que bom! kkkkk

E o carnaval sua menina? Brincou? Foi, é? Ah bom... E tem coisa melhor que brincar com quem se gosta? Brincar é tão bom... kkkk


O Sibarita

Joe Blanca disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Patty disse...

MINHA QUERIDA INSPIRADA ABSURDO, COISA MAIS LINDA DE TEXTO TÃO DESEJÁVEL, ADORO TE LER COMO SEMPRE.

VOLTOU?? SAUDADES.

BJS, PATTY.

Jeferson Diaz disse...

Oi Bandys

Lindo!!
Lembrei da música do Kid Abelha
Não deixe de cruzar
O seu olhar com o meu
Eu vou jogar meu corpo
Em cima, em cima
do seu ...
É o que devemos fazer ...

Ótima Tarde pra ti :)
__ bjO

Daniel Costa disse...

Bandys

Beléssimo mundo de prosa poetica que enanta, como a dononha prende e inqueita as vontades.
Beijos de amizade

... "gigi"... disse...

Corpos que fluem, palavras que sentem...

Pensaste que havia esquecido-me de ti? Nananinanão, impossível!!... rsrs

Regressastes com tudo hem, belas escritas, bela imagem, tudo lindo!....

Espero que teus dias tenham sido maravilhosos....

Saudades... Continuemos amigas, pois não??...

Bacio blu... Mia bella...

★MaRiBeL★ disse...

♫♫.•*¨`*•..¸☼¸.•*¨`*•.♫♫♫
╔════════ ೋღღೋ ════════╗
* ✿ ☼ FELIZ SAN VALENTIN ☼ ✿ *
╚════════ ೋღღೋ ════════╝
♫♫.•*¨`*•..¸☼¸.•*¨`*•.♫♫♫
★MaRiBeL★

Pedro Luis López Pérez (PL.LP) disse...

Ese Amor que se reparte entre dos corazones sedientos de sensibilidad y se integra en dos cuerpos llenos de Pasión...Una dulzura y Hermosura de Composición...¡¡¡Genial!!!
Abraços e beijos.

ALUISIO CAVALCANTE JR disse...

Querida amiga

É um milagre
as emoções,
os sentidos,
e as palavras,
que o amor
desperta na vida
de quem ama.

Que em teu coração,
a alegria faça morada...

Severa Cabral(escritora) disse...

Boa noite minha querida !!!!
Entrando de labirinto adentro encontrando nas palavras o amor repartido que quer dizer alma cantando para nós...
bjs de retorno !!!!
Saudadessssssssssssssssssss

Sónia M. disse...

Que bom voltar a ler-te Bandys!
Muito belo o teu texto.
Espero que as férias tenham sido maravilhosas :)

Beijinhos com carinho
Sónia

ONG ALERTA disse...

Inspirador....
Beijo Lisette.

Luís Paz disse...

Por favor, admita que te inspirastes em mim. haha
é muito o tipo de texto que me agrada, uma aura pesada, intrigante que carrega medos, angústias mas muita libertação.
adorei, de verdade.
abraço


Andei meio sumido, mas acho que agora tudo se estabilizou.
Tem post novo lá, aguardo teu comment ^^
abraço
diademegalomania.blogspot.com

LUZ disse...

Oi, querida Lili!

Tudo bem, com você?

Seja bem vinda! Já tinha saudades de você e desses seus escritos, que me iluminam o olhar e alegram minhas entranhas.

Então as férias, como foram? Bem curtidas e sentidas?

Corpo bem moreno, alma límpida e rejuvenescida.

Adorei seu texto. Esperava poesia, mas esse género literário não lhe fica nada atrás.

Você pesquisou o corpo de seu amado, de uma forma bela, sumptuosa e aliciante.

QUANTO OURO VOCÊ ENCONTROU?

Nesse labirinto, você, nunca se vai perder, porque as estradas do corpo dele têm luzinhas multicolores, que a conduzem ao imenso amor, que vai acontecer entre vocês.

Bom fim de semana.
Bom retorno, na graça de Deus.

Beijos da Luz, com estima e carinho.

PS: como já deve saber, o Papa Bento XVI, renunciou. Acho que tudo indicava essa decisão dele.

wcastanheira disse...

_seguro a alma com a ponta dos dedos e salto para os vazios...Um mimo, a poetiza foi profundamente lirica, esbanjou delicada alma poética e deixou o tio Castanha ainda mais apaixonado pela beleza e harmonia do q vc transcreveu, pra vc bjos, bjos e bjossssssssssss

jorge junior disse...

Oi minha amiga!! Ainda estou com problemas na minha internet e por isso estou vindo pouco. Deixo um forte abraço. Estou com postagens programadas e assim que normalizar voltarei mais vezes.

Orvalho do Céu disse...

Olá, querida
Ainda que "às apalpadelas" encontramos o Amor...
To voltando das férias...
Bjm de paz e alegria

Braulio Pereira disse...

oi Anjo

que fofura mai linda a noite foi dia.


Amei

beijos.

Alexandre Lucio Fernandes disse...

Os caminhos são vários. Vários são as trilhas para o enlace formoso deste debute tão lírico que é o amar. Ele reside no colo interno e nos movimenta, encaixa nosso corpo num tapete que nos sustenta, e nos faz voar pelos cômodos misteriosos do sentir. Precipitamos os desejos em cada canto, pintamos a rota com mãos nuas, sendo embalados pela astúcia do coração que nos seduz com sua romântica fragrância.

O esconderijo é adornado com afetos reluzentes. A chama do peito é que ilumina. O desejo febril é que desperta as lareiras ocultas do labirinto. O caminho vai se acendendo, na medida em que o adentramos. Anseio intenso que abarrota o íntimo com segredos trancados. A chave é o tesouro que se busca, o objetivo traçado, o peito a ser debruçado.

Amor é coisa linda. É a lanterna que nos ajuda, que nos aponta. Peregrinamos no seio da paixão latente. Até desdobrar na avenida principal. É quando há o encontro. Enlace perfeito.

Lindo texto meu anjo.

Voltaste rápido. Que ótimo!!
Adorei este texto.


Beijo colorido na ponta do teu coração.
Te adoro e muitoooo!!!

Saudades... =(

Reflexos Espelhando Espalhando Amig disse...

Eita saudade daqui.
Mas na verdade
o tempo de recesso acaba agora.
Adoro seus posts.
Bjins
Catiaho Reflexo d'Alma

Thomas Albuquerque disse...

uma bela e doce melodia nesse manifesto apaixonado eapaixonante.