quinta-feira, 18 de abril de 2013


Meu pranto
Silencia minha alma,
Faz tudo ser desencontro
Desgoverna minha partida
Cobre-me com um manto de lágrimas sem fim.

Meu canto
Sentencia minha calma,
Faz de ti meu anjo, meu santo..
Anestesia minha acolhida
Sem nenhum desencanto,
Canto o encanto que mora em mim.

Meu recanto
Sacia em minha palma
Recomeço ao teu encontro
Consolida a minha vida
Sem mais meu pranto,
Só com meu amor, sim.

..meu pranto será um segundo de agonia
meu canto poesia, meu recanto alegria...
Você, minha eterna moradia. (Bandys) ♥

23 comentários:

Fernanda Oliveira disse...

Boa tarde! Ai, ai, ai que poesia linda...Um encantoooo Me achei nela nesse momento.
Amiga Bandys obrigada por sua visita, estou dando uma paradinha, mas volto em breve, você me disse que não aparece minhas atualizações,então vou fazer o seguinte sempre que eu vier te visitar deixo o link pra ti. Beijos! Fernanda Oliveira
http://nandamusicpoesia.blogspot.com.br/2013/04/parada-obrigatoria.html

Crista disse...

JÁ CANSEI DE TE ELOGIAR...POSTA UMA COISA PARA EU PODER CRITICARRRRRRRRRRRR ...adoro tu!
Olá...
Desculpas pela demora,tive problemas com o meu computador...
Deves saber como é quando ele fica com ciúmes da gente...
O meu,simplesmente pára de funcionar só para não permitir que eu me afogue no teu abraço...
Mas tudo bem,já o convenci que para eu me sentir feliz,só ele para conseguir isso!!!
Sei o caminho que tens que fazer até mim...
É um trajeto cheio de surpresas,que desvias de cometas,te orientas pelo brilho das estrelas e capturas a luminosidade da Lua para me enfeitiçar...
E quando vens ao meu encontro de dia,emprestas do Sol, o seu brilho;das flores pelo caminho, o seu perfume e das pedras fazes o mais belo chafariz de sonhos...
Tudo isso para me mimar!
Como não sou tu,a única maneira que encontro para te agradar, é te trazer o meu recadinho embalado no mais belo laço entremeado de carinho e de gratidão por estares sempre presente em minha vidinha.
Beijão “deu” (de mim) pra tu...
PS.: Desculpe a cópia para meus outros amigos,mas tenho tanta coisa atrasada que foi essa a maneira que achei para me fazer presente!
Depois que tudo estiver em dia,serás minha exclusividade...rsrsrsrsrs...aguenta coração!!!

Pedro Luis López Pérez (PL.LP) disse...

Una delicia de Poema donde dos corazones vivirán en Eterna Moradia.
Abraços e beijos.

Thomas Albuquerque disse...

A doce manifestação dos sentimentos faz a alma se abrir em belas poesias...tua alma é perfumada...beeeijos

ONG ALERTA disse...

Eterna moradia do amor, beijo Lisette,

Severa Cabral(escritora) disse...

Olá minha querida !!!!!!!!!!!!!
Muito belo!
Só a poesia purifica as nossas tristezas...
bjssssssssssssssss

Anônimo disse...

Do teu pranto jorram lágrimas que inundam o meu refúgio e fazem-me acordar desta vida para um sonho, minha vida é esquecida, e vivo tua poesia, e vivo você. Bjs

Daniel Costa disse...

Amiga Bandys

Desta vez, fizeste uma paragem no teu mote preferido, a sensualidade e a beleza. O poema´, parecendo mais em jeito de pungente para mim não o é. O lacrimejar de uma mulher, pode ser o seu modo sensual de expressão de amorosa!
Beijos de amizade

Eu Meus Reflexos e Afins disse...

Lindo todo poema,
mas a estrofe que finaliza é perfeita
e linda.
Bjins

Honey disse...

Sua poesia canta sentimentos e sensações díspares com uma sensibilidade tão envolvente que consegue transferir para o leitor uma miríade de sentidos que levam para o nosso íntimo uma sensação inigualável de paz e romantismo. Sua poesia na essência é cativante, tanto que quem a ler volta para reler. Bjs

Toni Ibañez disse...

Mi adorable Bandys, que fermoso poema, cuidado e adorable mais con un final forte e apaisonate. Eterna moradia es ti.
Beijo grande

Sónia M. disse...

Ser a casa um do outro...muito belo, Bandys.

Bom fim de semana

beijos e beijos

Sónia

Penélope disse...

Muitos poemas lindos, moça...muito da alma nas palavras e versos...Adorei...
beijos...Márcia
maniasdapenelope.blogspot.com.br

Evanir disse...

É exatamente nas mãos de Jesus que devemos nos colocar quando as coisas não vão bem.
Se a luta está pesada, busque auxílio nele.
Somente em Jesus encontramos a verdadeira segurança e a verdadeira paz.
Agradeço o carinho e compreensão pela demora,
em retribuir sua visita tão carinhosa.
Deus abençoe seu final de semana .
Beijos no coração e meu eterno carinho,Evanir..

wcastanheira disse...

_Meu pranto
Silencia minha alma...Mais uma vez linda, sempre instigante, delicadamente sensual e dependendo da interpretação de quem lê, com uma pitada de provocação, no limite certinho exato e pra finalizar, q foto!!Pra vc gatinha bjos, bjos e bjossssssssss

Estrela vespertina... disse...

Mas que lindo teu texto, a doçura das palavras a leve composição do espaço.
tão perfeito, tão calmo, tão doce.
beijos garotinha e uma boa semana!

Alexandre Lucio Fernandes disse...

Teu pranto é o meu pranto, porque cada dor sua, me deixa sentindo dor na pele crua.

Teu canto é o que me canta, é o que realinha o coração e traz de volta as cores da paixão.

Teu recanto é o meu canto, onde posso encostar a poesia da minha alma sedenta por ti, onde consolida de vez meu desejo de estar perto, só com o meu amor, sim.

Eternas moradias um ao outro.

Beijos!!!

Nos Amando... disse...

amiga que esse pranto vá pra bem longe de você
linda semana bjs

Secreta disse...

Um pranto que vem e vai...dando lugar a novos sentires.
Beijito.

Rica Almada disse...

Pessoa bonita! Hoje só passando para deixar um carinho
com frescor de primavera no teu coração.
ABRAÇOS ILUMINADOS...

:.tossan© disse...

Maravilha de poema ele é fotográfico, geométrico, artístico e jeitoso. Beijo

Severa Cabral(escritora) disse...

PASSANDO E DEIXANDO UM BEIJO...TE CUIDA MENINA BONITA !!!!!

O Sibarita disse...

Mais um poema da zorra! Em sendo assim meu comentário lhe encanta? kkkkkkkkk

Esse poema é da volta, é? Ah bom... kkk

O Sibarita