sábado, 14 de fevereiro de 2015



Vida em flor
Sonhava um sonho de fadas,
Mas me acordaram gritando.
Descoloriram o céu..
E havia fogos cinzando,
Tinham tomado conta
Queriam as nossas terras
Queriam as nossas vidas
Pra usarem em novas guerras..
Queriam a rebeldia,
Queriam nos drogar..
Queriam um mundo dopado,
Pra mais fácil conquistar
Queriam a sete chaves.

Queriam as forças do além
Mas encontraram as flores.
Que transmitiam o bem..
E as flores reconquistaram
Deram-nos a liberdade.
Tiraram cinzas do céu
E brilhou a claridade.
O mundo já era nosso,
O sorriso iluminou.
As flores viraram vidas,
E a vida floreou.

Nasce todo dia, uma flor no jardim da minha vida.
É a liberdade bordada com gotinhas de amor..(Bandys)

17 comentários:

Rita Sperchi disse...

Minha linda poetiza sonhar entre
flores e fadas é um sonho mesmo
Que maravilha de poema ameiiiiii

Abraços com carinho de bom carnaval !!

└──●► *Rita!!

Samuel Balbinot disse...

Olá Bandys...
este jogo de polaridades sempre existiu.. uns querendo destruir e outros construir..
somos parte disto.. e mesmo que tudo que vemos esteja desmoronando é pq antes de se construir o novo o velho precisa ser expurgado...
vai chegar nosso momento de sorrir e ver tudo erguido.. ver cada flor sorrindo para nós.. beijos querida amiga.. até sempre..

Carol Russo S disse...

Sempre que leio teus poemas, sinto-me carregada de paixão, dos pés a cabeça. Lindo!

Fábio Murilo disse...

A vida sempre sobrevive e "o mal se destrói a si próprio", é a lei, ação e reação. Diferente, Bandys, do que costuma escrever. Visita esse blog acho as poesias parecidas com as tuas:

http://helena.blogs.sapo.pt/

Daniel Costa disse...

Salvé Bandys!...
O poema é bonito, como os que sempre postaste, tem mais o condão de ser muito a propósito, na medida que, tem o fim de apresentar um mundo retilíneo, quando há quem deseje, vê-lo soçobrar, no quanto pior melhor.
Beijos

Carmem Grinheiro disse...

Olá Bandys,
um sonho de fadas, liberdade, amor, para que mais quando se tem o essencial.

bj amg

José María Souza Costa disse...


Olá,Bandys

Passei para lhe desejar, um dia de Segunda Feira, agradável, e um Tempo de Carnaval extraordinário.
Um abraço.

Ariana Coimbra disse...

"Nasce todo dia, uma flor no jardim da minha vida.
É a liberdade bordada com gotinhas de amor"

Vou escrever essa frase num papel e prega-lo num lugar bem visível pra que eu sempre veja pra não me esquecer dessa verdade tão bem escrita.
Pra nunca querer destruir a flor, e sim rega-la pra ela ficar mais bonita.

Beijo

Daniel C.da Silva (Lobinho) disse...

Woow... Que bela reviravolta e que bonita homenagem ao amor...

beijo amigo

Nanda Olliveh disse...

Amei ter vindo aqui amiga Bandys!
Gostei muito do que li.

Que o perfume das flores sempre perfumem sua vida!

Beijos!

Maria Rodrigues disse...

Um jardim de poesia, um encanto de blogue, fiquei encantada, meus parabéns.
Um beijinho
Maria

ONG ALERTA disse...

Amor é tudo....
Beijo Lisette.

O Sibarita disse...

Vou comentar porque uma coisa não tem nada haver com a outra!

Como sempre um belo poema em flor! kkk

O Sibarita

Lu Sam disse...

Olá, boa noite.
Seu poema me fez lembrar da cena histórica de jovens colocando flores nos canos das armas de guerra, a representação mais pura do amor, a de em vez de revidar com ira, presentear com um pouco de paz, foi isso que seu poema me passou.
Adorei aqui.
Beijos.

Ghost e Bindi disse...

Querida Bandys, após as longas férias, voltamos com saudades...e é tão bom reencontrar os amigos escrevendo e sentindo coisas lindas, como sempre...criando idéias e energias boas pra colorir o mundo, e torná-lo mais humano e carinhoso.
Um grande abraço!

Bíndi e Ghost

Elisabete disse...

Ora o mundo se destroi com guerras, ora o amor prevalece. Sempre foi assim. Façamos tudo ao nosso alcance pela paz.
Gostei do seu poema.
Bjs

Nilson Barcelli disse...

E as flores do jardim da tua vida são belíssimas, como também é este poema bordado com gotinhas de amor.
Gostei muito do teu poema, foste brilhante.
Tem um bom fim de semana, querida amiga Bandys.
Beijo.