domingo, 26 de abril de 2015

Pintei meus lábios de carmim.

Me vesti de transparências...

Mais uma vez, eu soube que o cetim te esperava.

Pintei meus lábios de carmim

Desnudei meus desejos enfim...

Tudo estava completo, mas e os olhos?

Ah! Estes eram apenas ausências..

presentes num canto qualquer...

...meus olhos te molhavam com meu doce perfume e 

 fechados sonhavam com a essência do teu amor em mim... (Bandys)

12 comentários:

Patrícia Pinna disse...

Boa noite, Bandyz.
Perfeito, querida e sumida.
A vontade que temos que um desejo, um amor não tenha fim e que nossa nudez de alma seja eterna iluminando o nosso amor.
Tenha um fim de semana de paz.
Beijos na alma.

Samuel Balbinot disse...

Bom dia querida Bandys...
tu pintas mais que lábios.. pintas corações e o céu com cores que preenchem o teu aura...
e o encanto esta em todos os finais.. adoro teus pensamentos que finalizam.. beijos e até sempre

Anônimo disse...

Tradução de entrega.

Belo.

Maresia disse...

Um belo e sensual poema de amor. Lindo, Parabéns!

Maresia disse...

Um belo e sensual poema de amor. Lindo, Parabéns!

Ariana Coimbra disse...

Lindissimo poema guria!
Intenso, gosto assim.

Beijo

Luma Rosa disse...

Oi, Bandys!
Os olhos sempre nos traem (rs*)
:)
Beijus,

Fernando Santos (Chana) disse...

Belo poema...Espectacular....
Cumprimentos

Élys disse...

Um lindo poema de amor. Gostei muito!
Beijos, Élys.

Lu Nogfer disse...

Lindos e sensíveis versos!

Beijos e otimo feriado pra você!

Reflexos Espelhando Espalhando Amig disse...

Ual Bandys!
Que delicadeza
e ao mesmo tempo
uma ventania fantástica.
Adoro sua forma de escrita.
Aguardo vc la
no Espelhando.
Bjins
CatiahoAlc.

José María Souza Costa disse...


Olá, Bandys.

És uma poetisa de mão cheia.
Amei a sua poética.

Desejos de um bom fim de semana, para você.