sábado, 23 de maio de 2015



Candura

No olhar dos teus olhos vejo minha loucura

nenhuma viagem estará à altura

do meu amor doçura,

nem será clausura.

Nosso amor que a alma me cura

Vem, chega com bravura e toca com brandura...

Não carece rótulos só a enorme ternura

de duas criaturas sem frescura

sem nenhuma compostura,

quando me pega pela cintura

fazendo-me travessura.

...deixo-te livre dentro de mim, para que faça tua leitura...(Bandys) ♥

17 comentários:

Samuel Balbinot disse...

Boa noite Bandys.. vestido por uma sensualidade e inocência está este poema com uma rima a altura de uma doce leitura e não complemento mais com tal rima pois tu já usou todas elas rsrs
muito belo mesmo.. beijos e até sempre..
lindo final de semana doce amiga

Elisabete disse...

Um poema e uma foto bem sensuais...
Bjs

Smareis disse...

Lindamente escrito Bandy.
Gostei imenso.

Andei um pouco ausente por isso a demora em aparecer por aqui.
Um abraço e ótima semana!

Blog da Smareis- É só clicar aqui!

J. disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
J. disse...

Se falta o ar, faltam também as palavras.

Se os dedos tremem, eles não podem digitar.

Se a mente viaja, é impossível controlar onde ela deve estar.

E discernir para poder dissertar fica sim, muito difícil.

Mesmo que não dê pra acreditar.

Bell disse...

Lindo e sensual.

bjokas =)

Lucimar da Silva Moreira disse...

Poema bem escrito e sensual maravilhoso, beijos.
http://www.lucimarestreladamanha.blogspot.com.br/

Andréa disse...

Olá querida Bandys!
Poema e foto sensuais que mexem com a imaginação, rsrs.
Gostei muito das rimas, vc escreve muito bem, te admiro muito!

Bjs, ótima semana e sucessos sempre! ♥

CARLINHA disse...

Que lindo... De arrepiar.

Bjos

http://chuvadecamelias.blogspot.com.br/

Luma Rosa disse...

Oi, Bandys!
Um amor assim puro, ingênuo e ao mesmo tempo travesso, é amor que alimenta a alma e de fácil leitura.
:)
Beijus,

Evanir disse...

Amiga Bandys!!.
Um poema lindo de amor puro e verdadeiro,
que nasce do seu coração .
A muito não tenho vindo aqui minha querida
espero breve passar pela cirurgia para voltar como sempre foi.
Um beijo minha querida.
Linda noite para vc e um abençoado amanhecer.
Beijos..Evanir.
Amiga tem um bom tempo que não tenho falado com o Everson
estou com saudades.

Élys disse...

Um lindo poema , pleno de sensualidade.
Beijos
Élys.

Fernando Santos (Chana) disse...

Belo poema...Espectacular....
Cumprimentos

ONG ALERTA disse...

Sensualidade aflora, beijo Lisette.

Eva/RN ZCMC disse...

Bandys, obrigada pelo aviso que deixou nos Rabiscos. Estou feliz demais... Bjs.

Fábio Murilo disse...

Muito terno esse poema. Beijos, Bê.

cheguevara disse...

bello, sensual,sexual.
CHE