domingo, 12 de junho de 2016


Um delicado sabor
Fica um aroma entre uma mescla de fruta e flor,
O delicado sabor, a maciez, a alma namorada.
O doce amor. Fica a boca silenciosa, os olhos vidrados,
encontros abençoados.. coração apaixonado...
O pranto escondido, lagrimas caladas. Fica a semente derramada
em solo fértil...Espalhadas. Implorando vida pela estrada...
A luz em secas folhas jogadas. Fica a colheita futura da nossa semeadura,
da nossa mistura. Leve doçura... Toda ternura.
E o tempo esperando, destemida aventura. Essa árvore crescer...
A nossa procura.

os sonhos não envelhecem, regamos de esperança e aguardamos nascer brotos..tenros  brotos crescidos de amor e cheiro de flor, feito uma dança..(Bandys)

10 comentários:

Fábio Murilo disse...

"Fica sempre um pouco de perfume nas mãos de quem oferece rosas" Isso, Beijos, Bandys.

Bell disse...

Lindo e profundo!!
bjokas =)

Isa Martins disse...

E que nossos sonhos brotem, para que se tornem realidade, como sempre poetando com o coração, lindo!
Ótima noite amiga, beijos

Ghost e Bindi disse...

Boa noite querida Bandys!
A imagem diz tudo...a linda moça parece estar rendida à doçura e leveza do amor...entregue, em profunda meditação, imersa em si mesma, e ao mesmo tempo aberta ao outro, aguardando, enquanto entrega de si toda a confiança, toda a alma, em humilde porém cheia de dignidade adoração ao amor.
E assim, seu belo poema escorre, como água límpida, nesse leito feito de doçuras.
Um carinhoso abraço, do fundo de nossos corações.

"A delicadeza é a flor da humanidade."
Joseph Joubert

Bíndi e Ghost

POESIAS SENSUAIS E CONTOS disse...

Um delicado sabor... Belo texto. Parabéns

Felisberto N. Junior disse...

Olá,Bandys
...alguns sonhos não envelhecem jamais, sempre estará na nossa alma e no nosso coração e é preciso sonhar , pois a vida não teria sentido se não fosse pelo sonho de ser feliz um dia, somente temos que plantar a paciência, esperar o momento certo, pois quando for a hora, sentiremos o vento , para abrir nossas asas e voar mais alto...delicados belos dias, beijos!

Lucimar da Silva Moreira disse...

Lindo poema, não devemos deixar os nossos sonhos envelhecer, temos que manter sempre a esperança, Bandys bjs.

Maria Rodrigues disse...

Que todos os sonhos se transformem em doces realidades.
Maravilhoso!!!
Beijinhos
Maria

Sara com Cafe disse...

Sempre maravilhosa!

Roselia Bezerra disse...

Boa noite, querida Bandys!
Que o Amor nunca deixe de existir!
Bjm muito fraterno