quinta-feira, 22 de dezembro de 2016



É natal!
E eu não queria ter...
Queria ser...
Queria ser uma luzinha que iluminasse seu caminho.
Queria ser o pôr do sol onde você descansasse seus olhos,
Ou talvez uma gaivota voando, trazendo a sua liberdade.
Queria ser uma mão estendida para que a qualquer momento você
 pudesse ter  onde segurar... Queria ser o seu sorriso. Sua alegria.
Queria poder realizar seus sonhos.  Ser seus versos, seus reversos e 
ser sua poesia.
E se você achar que é difícil não se esqueça de que
você tem uma amiga pra tentar ajudar  a (re) começar...

...um Natal Feliz cheio de sonhos, de paz, harmonia e de amor. (Bandys)

3 comentários:

Wonder Alves disse...

Que este dia e muitos outros sejam muito especiais Bandy.
Tenha um próspero Ano Novo e um ano repleto de alegria, amor, paz e tudo o que você desejar e que seus sonhos se realizem... e lembre-se que nada é impossível e sim tudo é possível.
Sabe por que eu acredito que nada é impossível?
Porque eu encontrei uma poetisa linda e especial que nunca ninguém encontrou e nem encontrará igual a você.
Você é única e impar!
Como você mesma usa dizer:
Sou uma menina mulher guerreira! Se um dia alguém fizer com que se quebre a visão bonita que você tem de si, com muita paciência e amor reconstrua-a. Assim como o artesão recupera a sua peça mais valiosa que caiu no chão, sem duvidar de que aquela é a tarefa mais importante, você é a sua criação mais valiosa. Não olhe para trás. Não olhe para os lados. Olhe somente para dentro, para bem dentro de você e faça dali o seu lugar de descanso, conforto e recomposição. Crie este universo agradável para si. O mundo agradecerá suas lindas e belas escritas.... Bj demorados nas linhas deste lindo e meigo coração!!

Elisabete disse...

Muito obrigada, Bandys.
Votos de umas festas felizes.
Um beijo grande.

Marcio disse...

Feliz Natal, com muita saúde e paz!
Bjs 🙏🏻🎅