segunda-feira, 16 de outubro de 2017


Eu sou aquela que me permito (re) descobrir; que reconheço a importância de aprender o novo, que abro meu coração para sentir e ouvir...Que permaneço em silêncio, observando os passos da minha mente, as fragrâncias, os lugares escondidos dentro do meu ser... Que ouço e falo... Que sorrio e choro, que fico quieta para absorver, o frescor da noite em meu interior. Sou aquela que vejo amanhecer e que diz sim para a vida, que desperta o amor e que caminha com você. Que tem como esconderijo, meu peito, minha alma. Um abrigo. Nosso. Em paz. Com todas as imperfeições, mas com muito amor. (Bandys)

6 comentários:

Mar Arável disse...

Quase tudo se conquista

Elisabete disse...

Uma descrição perfeita.
Bjs

Ghost e Bindi disse...

Bom dia querida amiga!
Quando acordamos para dentro de nós somos reis. Quem é rei de si mesmo conquistou o reino do Céu.
Sempre em paz e serenidade, siga com muito amor <3

When you've seen beyond yourself, then you may find, peace of mind is waiting there. George Harrison

Um beijão!
Bíndi e Ghost

alp disse...

Preciosa imagen,,,un saludo desde Murcia...

Jaime Portela disse...

Aprender faz parte da renovação de uma vida que se quer com muito amor, apesar das imperfeições...
Belíssimo texto, gostei muito.
Bom fim de semana, amiga Bandys.
Beijo.

Luma Rosa disse...

Oi, Bandys!
São afirmações que confirmam o próprio aprendizado e interagir com o outro é o maior deles. A afinidade permite que o amor vá mais além!
Beijinhos no coração!