quinta-feira, 20 de agosto de 2009


Encontro no hoje a força
Vinda da madrugada.
Da janela afago o dia
Acompanho com o olhar
As nuvens do céu moldando sonhos..
Teu desejo me acompanha e me sinto
Tua mulher, menina... Tua.
Vejo cores, enxergo preto e branco..
Não questiono
Nem explico.
Liberto-me de rótulos
Derroto os (pré) conceitos.
Te beijo e encorajo o amor.
As cores dão vida a nossa vida..
Procuro teu corpo e sussurro baixinho
O dia lá fora ta cinza, eu sou cor..

..meus lábios será o batom, meus olhos a cor mel,
minha roupa cor de pele e nosso prazer a cor do som. (Bandys)♥

31 comentários:

A.S. disse...

Bandys...

Tuas palavras
transbordam na eterna noite,
Sol vermelho,
tocando a lua no firmamento.
Na tua boca,
um verso livre... sedento!


Doces beijos...
AL

Majoli disse...

Estar despida de tudo, pra somente se entregar ao amor.

Lábios cor de batom, roupa cor de pele...lindo minha querida.

Beijos doces no seu coração.

RENATA MARIA PARREIRA CORDEIRO disse...

Lindo poema de amor, Bandys! Vc já é mesmo um poetisa, pois explora a língua com as assonância, abusa da sinestesia. etc. Enfim, tudo perfeito, como vc merece.
Fora a mensagem de puro amor, que vc gosta tanto de cantar.
Beijos, querida, e tenha um bom dia,

Everson Russo disse...

Nossa, como comentar? "Nosso prazer a cor do som", coisa linda do mundo, fico imaginando essa cor de som e de prazer, "Nuvens no ceu moldando sonhos" e como elas fazem isso tão bem, achei lindo o "Tua mulher, menina, tua" é uma etrega de corpo e alma, seus poemas sempre trazem a mente um amor que baila no infinito, aquele que fica brincando com as estrelas, fazendo o sol abraçar a lua, corre atras de vultos da madrugada, muito lindo, só vou provocar um tikim...rs..rs..rs..alias, nem é provocação...rs..rs..só a minha visão na sua visão, enquanto voce afaga o dia, eu peço a ele pra deixar a madrugada ficar mais um pouquinho....beijos querida, um lindo dia pra voce....

Ava disse...

Minha querida, tua inspiração, veda alma...

Uma alma iluminada, onde o amor tem morada certa...

Quando as nuvens moldom os sonhos, só pode ser muito amor...rs

Beijos em seu coração!

FOTOS-SUSY disse...

OLA BANDYS,EXTRAODINARIO POEMA DE AMOR, E BELA FOTO...ADOREI!!!

BEIJOS DE CORACAO.

SUSY

:.tossan® disse...

Então as noites serão melhores..De dia uma criança à noite uma mulher. Belo poema sim! Outro belo está em forma de homenagem que gostei muito lá no:
http://eduardopoisl.blogspot.com/

Beijo

Cássio Amaral disse...

ENCONTRO

Você é o diamante
Eu o cristal
Não lhe conheço
E tudo tem um preço

Eu sou o sol
E você a lua
E um abraço seu
Pode me acalmar

Gosto do vento no rosto
E o perigo tem um gosto
De emoção
Que dá aperitivo a vida

E teu olhar
Vai me fazer imaginar
Um lugar calmo e sereno
E os pássaros voam a nossa liberdade perdida

E te encontrarei quando vier o arco-íris

Cássio Amaral.

Nilson Barcelli disse...

Uma belíssima entrega de amor, num excelente poema.
Gostei imenso querida amiga.
Beijo.

Hugo de Oliveira disse...

Muito belo, viu. Gostei

abraços


Hugo

Hugo de Oliveira disse...

Muito belo, viu. Gostei

abraços


Hugo

Renato Botelho disse...

A cor do som e do prazer é algo que se deve conhecer, que concerteza irá nos satisfazer.

Muito bom este poema também, Bandys.

Beijão. Muita inspiração! :D

Landinho disse...

..meus lábios será o batom, meus olhos a cor mel,
minha roupa cor de pele e nosso prazer a cor do som. Vixe, despertou o adormecido, kkkkk

Acho que é falta de respeito ficar de costas para os seus amigos... hehe Um beijo

_Gio_ disse...

Olha, não é mais My All que tá tocando! hauhuahuahuhaua

Mesmo assim, eu gostei da música... E do poema, né!


Agora, se fosse tão fácil derrotar os pré-conceitos...

_Gio_ disse...

A propósito, de quem é essa versão de In Other Words?

Anonymous disse...

eliane obrigado por me ajudar com pc valeu mesmo ficou otimo!!1!1
quanto seu blog estar lindo parabens

com carinho claudia
beijao

meus instantes e momentos disse...

nunca mais te vi por lá.
Apareça,.
Foi bom voltar aqui.
tenha uma bela noite.
maurizio

_Gio_ disse...

Eu nunca sei se o nome da música é "In Other Words (Fly Me to the Moon)", ou "Fly Me to the Moon (In Other Words)", pois já encontrei dos 2 jeitos. Só sei que é do Nat King Cole...

Mas eu gostei demais dessa versão que tu colocou, e não achei ela em lugar nenhum. Agora, com o nome da cantora, fica mais fácil :P


A poesia foi a primeira das artes da escrita que eu pratiquei (um pouco quando tinha uns 13 anos, talvez), mas foi a última que eu realmente abracei. E descobri que ela é viciante, sincera, apaixonante...

Escrevo poesia agora com mais frequencia que escrevo contos, crônicas ou músicas. Eu amava poesia e não sabia! ^^

F. Reoli disse...

Rotulos são apenas formalidades e combinam mais com garrafas de whisky. Gosto quando você se despe de palavras e deixa nu, também, os nossos sentidos! Te beijo!

RENATA MARIA PARREIRA CORDEIRO disse...

"Só as mães são felizes", amiga? Nem todas, nem todas.
Beijos e bom dia,querida,
Renata

Everson Russo disse...

Bom dia meu anjo loiro do amor e poesias pelas madrugadas, entao tem repousado nas madrugadas e deixado a inspiração descansar um pouco? eu ando o contrario, como diria mestre Agenor, ando disparando minha metralhadora cheia de magoas pra todos os lados...rs..rs...haja teclado, mas vamos em frente, daquele jardim que voce sugeriu que eu plantasse, trago te a primeira e mais bela flor da manha, pra desejar um lindo dia de paz e um final de semana cheio de carinho e madrugadas de amor...beijos na alma...

nd disse...

Oi Bandys,

Linda tua poesia.
Esse amor que tem cor de som, nada mais gostoso do que se amar ao som de belas músicas...
As madrugadas tbm são grandes encorajadoras de amor, de loucuras e fonte de inspiração para poetas como vc.

Obrigada pela visita ao meu cantinho, gostei muito daqui.

Bj grande.

Betho Sides disse...

Olha o Landinho só...Hummmm.Beijos amada e preferida.

Daniela Filipini disse...

"O dia lá fora ta cinza, eu sou cor.."
As vezes temo que seja o contrário, mas prefiro acreditar no que me agrada mais...
Tudo lindo Bandys, ótimo final de semana! :)

Cacau disse...

Não precisa de explicação,
não precisa de rótulos..
Misturam-se os sentidos,
vemos cores onde não existem,
sonhamos, de olhos abertos, acordados.
Nos entregamos, ao nosso prazer
ao amor.

Beijos minha poetisa.
Lindo, como sempre.

Desnuda disse...

Minha querida..Que beleza!

"...O dia lá fora ta cinza, eu sou cor..."

Maravilhoso!

Beijos e lindo fim de semana.

MB disse...

Rótulos, etiquetas, adereços...
Nada se opõe a essa bela maneira de escrever
Vestido de amor, coberto de carinho assim quero dormir
hoje e os dias que ainda estão por vir
Belíssima!!!!
Beijos
Boa noite
MB

Everson Russo disse...

Aqui estou eu a uma e quatro da manha, pra deixar um beijo em plena madrugada, desejar um lindo final de semana e dizer que a metralhadora cheia de magoas está disparando...muitos beijos

Anonymous disse...

Procurei demonstrar em palavras o que apenas um beijo poderia transmitir. Não qualquer beijo mas o beijo dado com a plena atenção do amor que o transfigura no mais sublime ato de afeto. O beijo que não é apenas um toque de lábios, uma troca de sensações mas o ato divino de reconhecimento de algo que lhe falta. O beijo que inicia e define uma relação em que o amor é sua principal busca e não a satisfação pessoal. Um beijo com o qual os poetas sonham, os escritores tentam transmitir com palavras e os diretores procuram colocar em suas cenas mas que realmente só um casal que se ama tem o previlégio e a felicidade de viver.

Jose Ramon Santana Vazquez disse...

...escondite
yema
suelta
de versos
regalando
rosas
bandys
de
tu
corazon...


desde mis---horas rotas---

te sigo bandys , y doy un

abrazo de letras ya poemas.


afectuosamente:
jose
ramon.

Deusa Odoyá disse...

Minha querida amiga bandfys.
Um poema divino...
O amor em sua plena combustão.
Vc. escreve o amor com o calor de sua alma.
Parabéns...
Nas madrugadas que se encontram as mais doces inspirações.
Beijos, minha amiga.
Que sua semana seja de muitas realizações e paz.
Beijinhos doces de sua amiga.
Regina Coeli.