domingo, 8 de novembro de 2009



Há em mim doçura?
Encontrará alguém em mim doçura?
Ou sempre fel desatinado e agoniado por amargar ?
A minha doçura ninguém conhece...
Talvez exista, talvez inexista...
E se for, será ambígua.
Será falha, será mesclada das doçuras mundanas e divinas...
Afinal sofro influências do mundo e de Deus.
Ainda não alcancei o céu
Quem sabe um dia?
Por hora sigo indagando-me se haverá em mim doçura
Qualquer tipo de doçura.

Ana Paula Duarte ♥

20 comentários:

Bandys disse...

Ana Paula,

Teu sorriso responde sua pergunta, moça.

Ela mesmo quem escreve:
"A madrugada silenciosa me inspira e me faz desejar que seja eterna!
Tão e quanto a minha inspiração...
Aqueles que são capazes de entender essas linhas aqui tão expostas, são capazes de entender a mim, complexa figura por vezes prolixa, por vezes mal humorada e por vezes sagaz.
Decifrem-me, leiam-me...
Com apetite voraz.!"

Obrigadíssima pela tua poesia.

Beijos
Bandys ♥

ELANE, Mulher de fases! disse...

Eliane, desculpe a ausencia, nossa, to tao cansada desse ultimo ano de curso, mas ta acabando, tenho o tcc, estagio e provas pra dar conta, qdo chega o fds, noa consigo ficar na net.
saudade de suas visitas tb,sao pessoas inteligentes e especiais q fazem minha vida melhor!!
abçao e que hj o céu do Rio esteja lindo, azul e a paz reine nessa cidade tao linda!!!

fique com Deus poetisa linda!!

adorei a idéia de mostrar os talentos para nós,
todos temos doçura, basta nos observarmos melhor.
bjooo♥

RENATA MARIA PARREIRA CORDEIRO disse...

Boa Tarde!
Lindo poema! Tão doce! Impossível quem o fez não ser igualmente tão doce! Ana Paula, a doçura é você!
E a nossa querida amiga Bandys!
Beijo as duas Poetisas,
Renata

Daniel Costa disse...

Bandys

A Ana Paula Duarte, cujo blog acabo de conhecer, antes de deixar o comentário, é uma poetiza que engrandece o teu espaço. Terá outra forma de entender o amor. E assim: Enquanto para ti o amor é inconcional, para ela terá se haver condições. Não costumo analizar pensamentos, mas propostas de literatura.
Nesse aspecto, ainda que poesia de sentidos não convergentes, a tua e a dela acabam por caminhar em sentido que tende a convergir.
Achei belissímo e honroso para ti, que o poema da Ana venha a este teu pedaço.
Parabéns a ambas.
Daniel

Franzé Oliveira disse...

Belo o texto e a moça.

Bjos.

Ava disse...

Um paradoxal triângulo entre a autora, a poesia e a pergunta...

A doçura está implicita nas palavras, na poesia, na fotografia...

Complatam-se em beleza e ternura...


E a doçura maior, é claro, é voce Bandys, que açucara nossos corações sempre... com seu carinho...


Parabéns a duas!

Aníssima Duarte* disse...

Querida Band´s, a doçura em ti impera de forma plena!!
Muito obrigada pela honradez de me tornar menos anônima!
Linda a sua iniciativa, ah se todos os blogueiros fizessem isso, ás vezes somos tão egoístas em nossas postagens...Querida, acompanho teu blog desde que tenho um e és das mais especiais, obrigada por tudo!!
Abração amiga!!
E obrigada a todos pelas belas, meigas e sensíveis palavras!!

Cacau disse...

Ana, como disse a Bandys, a doçura já está clara em seu sorriso.

Li,
A doçura que procuro em seu olhar de mel..
a doçura de seu sorriso, de sua risada,
a doçura de seu charme.
Sempre presentes, em todos os momentos, em tudo qeu você faz.
A doçura, de fazer uma pessoa feliz.

Bela homenagem à Ana..

Beijos, minha poetisa.

Majoli disse...

Ana Paula, que doçura minha querida é a sua poesia...nem há razão de perguntar.
Parabéns, amei.


Bandys querida, beijos no teu ♥

Everson Russo disse...

Lindo poema, retrata mesmo os conflitos que a gente tem, será que sim:? será que não? a gente sempre ta envolvido com isso,,,belo poema, bela poetisa...b.eijos na alma querida, e uma linda semana pra ti.

Mariah disse...

ando sem tempo para doçuras. cultive as suas. a vida merece.

Anna & Cesar disse...

Oi Bandys!
Olá Ana (quase xará... rs)!

Na postura de questionar-se se há em ti doçura
Fica explicita tua ternura
E quem sabe talvez
a busca do autoconhecimento?
Teu poema expressa a doçura de tua personalidade.

Parabens!

Bandys, amiga...
Aqui só tem fera, eu sou um peixinho pequeno nesse mar de sabedoria, inspiração, poesia.
Quando crescer vou querer ser igual a vcs, prometo! rsrs
Mas seria um privilégio ter algo meu publicado em seu espaço!
Mas a foto tem que ser igual a sua "discostas"!!! kkkk
Louvável sua atitude, mais uma vez parabens!
Bom, nosso Momentos está fazendo niver primeiro aninho neste final de semana. Podemos contar com sua presença por lá, não é? Queremos contar com vc, afinal, vc faz parte de dessa história! Dia 15/11m, não esquece, esperamos vc! rsrs
Estamos fazendo algumas mudanças, tentando melhorar algumas coisas...rs
Tenha uma semana rica de bençãos divinas e muita paz. Beijos em seu coração!

Cadinho RoCo disse...

O que acontece é que a doçura que habita em nós no mais das vezes é percebida e saboreada por quem vem ao nosso encontro, ao nosso mundo, ao nosso estar e convívio.
Cadinho RoCo

Saulo Nunes disse...

muito bom isso prestigia os amigos vc é muito qerida moça !

mas passei só pa xereta um pouco seu blog kkk

muito bom aki tbm
bjo_na__alma!

Pena disse...

Doce Amiga Poetiza de sonho:
Cada vez que entro aqui gosto mais e mais dos seus adoráveis e sensíveis poemas.
Quando morrer (Espero que nunca!) vai direitinha para o céu.
Sim! Existe uma grandiosa doçura em si e no que faz.
Encanta, já lho disse várias vezes e direi cada vez que tenho a honra de poder comentar tanta pureza, encanto e beleza inequívoca.
Sinceramente, é doce, linda e espectacular.
Parabéns sinceros e muito obrigado pela sua majestosa simpatia.
Beijinhos de pura amizade perante o seu brilhantismo e capacidade de transformar a sua ternura em versos admiráveis.
Sempre a fascinar...

pena


Excelente. Linda.
Parabéns.
Bem-Haja, pelo seu talento sem fim.

neide disse...

Bandys minha querida que lindo está seu cantinho...sempre foi, sempre gostei. Passei uns dias sem poder comentar aqui, mas fico encantada com seu gesto de homenagear os amigos.

Ana Paula, com essa poesia e esse sorriso nem precisa se questionar... todos emcontram doçura em você.

Parabéns queridas.

Everson Russo disse...

Um beijo pra ti lindo coração e um dia de paz.

Marcos™ Aprile disse...

Nossa... ta cercada por ótimos escritores, poetas e rabiscadores...rs

lindo e doce o texto dela

e pra vc.. um beijo

O Sibarita disse...

Zorra!kkkkk Tem doçura sim, não tem o que dona moça? kkkkkkkkkk

Beleza sua poesia com doçura ou não! kkkkkkkk

bjs
ZéCorró

Geraldo disse...

Bandys,

Você é demais,

um espaço que recebe os amigos(as) com esse carinho, só poderia ser aqui.

Beijos