terça-feira, 2 de novembro de 2010


Você já esta escrevendo sua história. Vivendo a cada dia.
E quem te ensinou a amar foi esse coraçãozinho lindo que você tem..
Foi a coragem de falar de amor, foi simplesmente amar..

O amor não é só sentimento alegre.. E na hora do choro do pranto??
O amor segura no colo. O amor enxuga as lagrimas e eu sei disso..
nós sabemos disso. A delicadeza do amor...
Ser delicado é possuir alma de criança, é acreditar... É se emocionar ao ouvir o barulho do mar. É conversar com os passarinhos. É sentir a pureza de uma rosa, e se envolver no seu perfume...

É ouvir a voz do amado e se transportar ao sonho..
É admirar a liberdade das borboletas, seu colorido e a suavidade de seu toque nas flores..É ter segredos a dois além de sonhos..reais.

É ouvir o sussurrar do vento falando de amor aos seus ouvidos
É perceber na musicalidade da chuva, o sentido da vida...
É ver a tempestade, seus raios, trovões e vendavais, impondo limites a humanidade...

É entender que as nuvens negras passam, e logo ao amanhecer,
nasce o sol com seus raios multicoloridos nos mostrando que vale a pena viver.

Ah Poeta, são as cartas ridículas de amor, uma linda declaração, o sonho deliciosamente cantado, declamado, vivenciado num único:
Eu te Amo. (Bandys) ♥

21 comentários:

Aníssima Duarte* disse...

Que lindo querida!
Lembrei-me desta poesia ao ler-te:

odas as cartas de amor são
Ridículas.
Não seriam cartas de amor se não fossem
Ridículas.
Também escrevi em meu tempo cartas de amor,
Como as outras,
Ridículas.

As cartas de amor, se há amor,
Têm de ser
Ridículas.

Mas, afinal,
Só as criaturas que nunca escreveram
Cartas de amor
É que são
Ridículas.

Quem me dera no tempo em que escrevia
Sem dar por isso
Cartas de amor
Ridículas.

A verdade é que hoje
As minhas memórias
Dessas cartas de amor
É que são
Ridículas.

(Todas as palavras esdrúxulas,
Como os sentimentos esdrúxulos,
São naturalmente
Ridículas.)

Continue a me maravilhar. Beijos.

Majoli disse...

Minha querida Bandys, saudades de você lá no Rabiscos, viu?
:(

Que delícia suas palavras, escrever nossa história dessa forma, é poder ser sublime nos sentimentos.
Lindo minha querida.
Você é poesia a flor da pele.

Beijos no teu ♥

Sonhadora disse...

Minha querida

Ternura...amor e paixão neste poema.


Ah Poeta, são as cartas ridículas de amor, uma linda declaração, o sonho deliciosamente cantado, declamado, vivenciado num único:
Eu te Amo.

Estás com todos os sintomas de estares apaixonada, que bom, fico feliz por ti.

Deixo o meu carinho de sempre e um beijinho.

Sonhadora

She disse...

Ui! Que lindo! ;)

Bjo, bjo!
She

RENATA MARIA PARREIRA CORDEIRO disse...

Lindo, Eliane! Amar é ser feliz, apesar de tudo.
Muito lindo o que vc escreveu, cheio de sentimento.


- Vem ao jardim na primavera, disseste.
- Aqui estão todas as belezas, o vinho e a luz.
Que posso fazer com tudo isso sem ti?
E, se estás aqui, para que preciso disso?

Jalaluddin Rumi

Beijos

Everson Russo disse...

Do amor a gente nunca tem noção, não sabe de onde vem, se fica ou vai,,,poetas viajam em sonhos, em mundos inexistentes mas que existem sim, loucura, sonhos, desejos, paz,,,e tudo que se possa sentir,,,,não sabia que o tumulo do Renato era o mais visitado,,,tá vendo? até morto é numero um,,,paz pra ele e todos que se foram cedo demais....beijos minha linda poetisa que tem coração e alma mineirinhos....

meus instantes e momentos disse...

terno e ao mesmo tempo intenso e bom de ler.
Maurizio

José disse...

São redículas mas tão belas
que o tempo não esqueceu
eu guardo ainda todas elas
que o passado me escreveu

beijo,
José

Anonymous disse...

eliane
o dia mais importante da vida da gente não é o dia em que conhecemos uma pessoa, mas sim quando ela passa a existir dentro
da gente!!!
boa semna para vc
seu blog estar lindo!!!!
beijos
claudia

João Moreira disse...

Olá meu anjo,
O amor, por muitos poemas belíssimos que se escreva, nunca chega a ser descritível, sente-se e não se sabe o que.
Belo….
É tão bom vir aqui, adoro-te amiga querida
Beijos doces
Fica bem

Ana Luiza F. disse...

Lindo!!! Como sempre, viu menina? Passei um tempo afastada e é delicioso voltar e ver que os amigos continuam prestigiando. Bom demais te receber no Bar...! Bj enorme!

... disse...

Pois é amiga,o amor é essa mistura gostosa de sentimentos, uma miscelânea de sentir......de envolvimento total com a alma...de tudo...ah como é bom sentir tudo isso....como é bom!!!

Linda semana pra ti, meu anjo, bjú no filhote....adoro vc!!!

SAM disse...

Minha querida,

um texto lindo assim é um presente! Uma delicadeza. Obrigada por transmitir amor e ternura nestas apaixonadas palavras.


Carinhoso beijo

Luma Rosa disse...

Dentro de um "Eu te amo" cabe tanta coisa, mas coitado deste "Eu te amo"; anda judiado por quem não entende o seu significado! Bom restinho de semana! Beijus,

EU SOU NEGUINHA disse...

Ternura...aqui é ternura sempre..
Beijos doce menina

orvalho do ceu disse...

OI,Eliane amiga
"É admirar a liberdade das borboletas, seu colorido e a suavidade de seu toque nas flores"...
Isso combina com meu estado de espírito... Cheguei da roça...
Trago bjm sereno do interior.

Daniel Costa disse...

Bandys

Como sabes, no fundo a poesia pode ter muito de amor. A tua poesia é, por natureza, amorosa. Nada que fale de amor é ridículo, ridículo será não amar.
Beijos

Everson Russo disse...

Bom dia mineirinha das praias de copacabana,,,uma linda quinta feira pra ti...beijos e beijos e beijos.

Hoden disse...

oi...como foi dito por uma criança "a saudade é o amor que fica", sinto que a saudade por ti sempre reinará em meu coração, pois suas palavras embebidas de amor, são iguais lábios que se tocam pela primeira vez, deixam um sabor que nunca esquecemos. Beijos

Déia disse...

Que bom que o sol sempre nasce no dia seguinte!

bj

A.S. disse...

Bandys...

Cada silaba é uma doce caricia, escorrendo docemente sobre a pele!

Beijosss
AL