quarta-feira, 28 de setembro de 2011



Resgate
Resgatei-me
Somente pra te dar
O que me tornei ao te encontrar.
A mulher que sou,
A menina que você quer.

Resgatei-me
Livremente
Pra viver nos teus sonhos
Nos teus versos,
Amor e prazer.

Resgatei-me
Pra te amar.

O amor não precisa de rótulos,
nem se define; sente-se. (Bandys) ♥

9 comentários:

Joe B. disse...

é o que falta nas pessoas, sentir, mas não só o amor, faltar sentir muita coisa.

Joe B. disse...

Cada vez que você se entrega em pensamento, cada vez que sonha e que me conta, eu viajo junto com você.

Em cada palavra escrita ou na voz não dita, eu espero por você, em uma paixão alucinante que invade o corpo e arrepia a pele de dentro pra fora, num calafrio longo e intenso, como se beijássemos o céu.

ONG ALERTA disse...

Maravilhoso o amor é esséncia, beijo Lisette.

Retalhos da Sol disse...

LYndona!!!!
Olha eu aquy..rsrs

Bandys, acredito que quem muito define o amor, pouco o percebe...

Bjossss enSOLarados!

Everson Russo disse...

Bom poder se sentir assim, enfim livre pra amar,,,pra sonhar, se entregar de corpo e alma,,,beijos minha linda...um dia de poesia pra ti...

Everson Russo disse...

Um final de semana todo lindo pra ti minha querida...beijos e beijos.

Desnuda disse...

Querida amiga,

Lindo poema!

"O amor não precisa de rótulos,
nem se define; sente-se." Verdade!!!


Beijos com carinho e ótimo fim de semana.

Nilson Barcelli disse...

O amor sente-se e nada mais...
Belíssimo poema. Gostei imenso das tuas palavras.
Querida amiga, tem um bom fim de semana.
Beijos.

Pedro Menuchelli disse...

É o que falta nas pessoas. Ultimamente muitos tem a ideia apenas de descrever os sentimentos, quantificar emoções e revivenciar fatos que já se foram. Todos os dias devemos sentir mais e falar menos, talvez assim seremos mais felizes.

Bandys, como sempre um ótimo texto. Um grande beijo e um ótimo final de semana.. De seu amigo e leitor,

Pedro Menuchelli