domingo, 29 de janeiro de 2012



É preciso florir a vida
Seja de rosa ou margarida
Com a mente sã ou ferida...
A vontade tímida ou atrevida
A mão procurando ou acolhida
A vida certa ou indefinida,
Na entrada e na saída
Sendo santa ou bandida...
Florir a vida da alma
Totalmente agradecida.


...quando recebo uma flor o sorriso aparece,
se dou, o perfume entorpece...
Se planto faço uma prece. (Bandys)♥

10 comentários:

Everson Russo disse...

Que a vida seja um eterno jardim, cores, flores, perfumes, amores, e sempre essa loira de longos cabelos que se deixa notar apenas pelo horizonte,,,beijos de bom finalzinho de domingo, linda semana e por aqui, chove chuva, chove sem parar...

Everson Russo disse...

Um beijo todo ensolarado de uma manhã azul Belorizontina...

Retalhos da Sol disse...

Uauuuuu!!!

Casa nova!!!!

Gostei "do calor" da "decoração"!!!! rsrs

SOLdade da minha Chefynha, ando sem tempo até para respirar, mas logo tudo volta ao "normal".

Bjosss, dos meus, enSOLarados!

Felisberto Junior disse...

.Olá!Boa tarde! Linda poesia!Como sempre! Que as suas flores sejam ...sempre para embelezar sua vida! Recebendo, dando ou para fazer uma prece....Boa semana! Beijos carinhosos! Bye!

Everson Russo disse...

Não podemos ficar sem festa,,,4 aninhos escondidos juntinhos entre poesias, músicas, Cazuza, Renato, e muita amizade e carinho, e claro, respeito sempre...PARABÉNS PELOS 4 ANOS DO ESCONDERIJO DO AMOR...sucesso sempre...muitos e muitos ainda virão....beijos e beijos.

MB disse...

PARABÉNS PELOS BELOS 4 ANOS!
COMO SEMPRE UMA BELA POESIA PARA COMEMORAR...
FELICIDADES HOJE E SEMPRE!
BEIJOS
MB

Everson Russo disse...

Bom dia menina,,,aqui estou com flores pra continuar a celebração dos 4 aninhos que estamos escondidos juntos em poesias, que conquistamos essa riqueza de amizade,,,que Renato é sim o numero um,,,e que adoramos essa pequena implicância um com o outro,,,e não vivemos sem ela...essa madrugada, na perda do sono, fiquei ouvindo algumas musicas e relembrei uma antiga....",,,viver é bom, nas curvas da estrada, solidão que nada..."beijos e beijos.

Everson Russo disse...

Eluana querida, a vida é assim mesmo, se perder nas curvas da estrada, arriscar,,,e solidão que nada,,,o melhor da vida é inventar esse amor com flores roubadas e ser exageradamente o que somos,,,amigos....beijos e beijos...

gostou do Eluana,,,????kkkkkkkk

Daniel Costa disse...

Bandys

Florir a vida é fundamenta, para que o amor nela faça sempre sentido.
Beijos

Aline Santos disse...

Olá Bandys! Como você está?
Ah.. é sempre bom ter sua visita lá em meu blog!
Vim te visitar também!
E me deliciei com este poema tão fofo! *-*
(...) Se planto faço uma prece.
Ah.. vim plantar a cultivar a semente de nossa amizade!
Abraço em seu coração! Bjs!