quarta-feira, 14 de março de 2012


Ah poeta,
Suas palavras dançam pelo meu rosto
Brincam em meu corpo e em versos (en)cantados
Espalham-se no meu íntimo sem explicação.


Ah poeta,
Meu coração se cala, só pra ouvir sua fala
Deixa-me muda, ensurdece-me, atordoa-me.
Faz-me delirar falando de amor.


Ah poeta,
Não carece ser só meu, meu coração já é teu.
Não seria poetisa, se teu amor não fosse eu.


Ah poeta
Nem precisa complicar, muito menos poetar...
Porque você meu poeta tem esse dom
De me ter pra te amar.


...te entrego os nossos sonhos e te faço dono da
minha alma. Bailo em versos a nossa liberdade.(Bandys)♥
Publicado no site Overmundo em nov/2008
       

22 comentários:

LUZ disse...

Oi querida Bandys,

Ah! Poeta, tu!
Tua poesia é como uma balada, que se en(canta) ao ouvido, quase cochilando.
Esse amor solto e assumido, me leva o olhar, o coração e o apreço pelo que tu escreves.

Tens, nas mãos, tanta ternura, "engenho e arte"!
Cantas o amor, de corpo e de alma.

BENDITA SEJAS!

Te desejo um excelente dia, tenta pensar, sempre positivamente, para que os 270Km se tornem 50, no máximo.
Não consegues emprego no Rio? Seria óptimo. Vou torcer!

Beijos e abraços de muita luz.

LUZ disse...

Oi querida,

A imagem, que encima a postagem, está linda.
Transmite liberdade, liberdade, liberdade.

Adoro vestidos e saias, bem vaporosas, graciosas e sensuais.

Beijinhos de luz.

Everson Russo disse...

O poeta tem o dom de cantar e encantar o amor, conquistar corações e invadir territórios jamais conquistados...beijos de bom dia pra ti amiga...

Tânia T. disse...

Querida Bandy..

Que saudades senti.. é bom voltar e saber que agora tem dois blogs.. dois cantinhos onde posso me inspirar nas suas palavras...


xD

Bjãoo

Sonhadora disse...

Minha querida

Como sempre a tua poesia é uma brisa fresca...um hino de amor.

Beijinho com carinho
Sonhadora

Smareis disse...

Oi Bandy!
Poetisar o amor é sonhar e dançar aos ventos.
O poeta sabe tudo, tem inpiração pra pintar a felicidade das cores que ele quiser.
Beijos grande e ótima semana.

Desnuda disse...

Querida amiga,


Que versos lindos e apaixonados! Poesia que ilumina a alma do leitor.


Beijos com carinho

A.S. disse...

Ao som dúbio
das cores da madrugada
teu corpo volupia
se descobriu
na névoa dos meus olhos.
Dançaste sobre mim
acordes de vertigem,
bebi o cheiro do teu corpo
soletrando viagens.

Beijos,
AL

ELANE, Mulher de fases! disse...

Q lindo Eliane! Poetar faz parte da arte de amar!!
Então, arrume a estante viu? Pq amanhã, vc terá mais tempo pra outras coisas,kkkk
Ah, eu tinha pastor alemão, policial, doberman, pequinês,(isso td na adolescência) sofrí muitoo, depois do gato Slyn,q morreu ano passado(tinha quase 20 k) pegamos a Gisele... Boa noite gata e to adorando seu blog 2 tb!!!bjoo

LUZ disse...

Boa noite querida Bandys,

Minha bonita flor, rosa vermelha, adorei o teu comentário, com aqueles símbolos, pareciam notas de música e corações.
Que lindo ficou! Eu com a Net só sei escrever e colocar imagens, sou, completamente leiga.

Teu dia decorreu bem?
Hoje se comemora no Brasil o Dia Nacional da Poesia. Soube por ti e pelo Felis. Agradeço, de coração, tuas palavras, mas, para ser sincera, eu acho, que temos tão poucos poetas, com letra maiúscula.
Temos pessoas, que se ajeitam com as palavras, não respeitando métrica, acentuação e chave do poema. Segundo, alguns, o que interessa mesmo é a mensagem, que querem transmitir. Bom , são opiniões, que devo respeitar, mas para mim, é um pouco mais, que isso.

Mas tu escreves bem, com alma e muita sensualidade. E TENS MUITO VALOR E NÃO ENGOLES SAPOS.

Se me pedissem para eu escrever uma poesia sobre a Primavera, ou a Poluição, eu não seria capaz de a fazer.
Eu gosto de Poesia, AO VIVO, que tu estejas lendo e sentindo e vejas a cena toda, como na tela do cinema. É dessa, que eu gosto.
Detesto poesia vanguardista, não a entendo, mas eu, também, não sei, se quem a escreve a entende.

Sou muito "Preto no branco" e por isso já tenho tido dissabores, mas eu quero QUALIDADE, não quero QUANTIDADE.

E quando os(as) comentaristas dizem: amei demais teu post. Nossa, nem leram.
Que bajulação! Detesto falsidade.

Meu amor vou dormir. No Rio são 23h35m, sensivelmente.

Te desejo uma noite sublime, e se o amor chegar, o aconchega.

Beijos da tua verdadeira amiga Portuguesa, luz.

Felisberto Junior disse...

Olá!Bom dia!
Amiga!
Parabéns pelo seu Dia!
Versos apaixonados...para o seu poeta!
O que seria dos poetas , sem o amor!
"E é esse o amor de um poeta
que sempre me ensina
e confessa, sempre volta a trás
No mundo machuquei tantos amores
Mas eu sei que existe flores que nos dão a paz E O AMOR."
Boa quinta!
Beijo

Alysson Serrão disse...

Ah, o amor continua sendo a maior inspiração poética!

Tenha uma linda semana, Bandys!
Beijo

Everson Russo disse...

Eu sou poeta e não aprendi a amar,,,eu sou criança e não conheço a verdade,,,deixo sobre sua página de poesia uma flor,,,cheia de cor,,,versos, e respondendo sua pergunta no Livro,,,"pra ser honesto, um pouquinho infeliz,,,mas tudo bem,,,tudo bem..."...beijos e beijos de bom dia.

Walkyria disse...

Seu blog é muito lindo e suas palavras de muita sensibilidade.
Parabéns!
beijo pra você

... "re" ... disse...

Bella Poetisa...

Poetas são mágicos e esta magia tu narras nestes teus versos em que o amor faz-se presente.

Carinhoso gesto a quem tu dedicas afeto.

Baci blu mio amore...

Nos Amando... disse...

que maravilha
que esse poeta te faça sempre
suspirar, se calar
em pura felicidade
lindo dia bjs

Djalma CMF disse...

O poeta tem a função de provocar emoções desmedidas entre as pessoas. Linda poesia, parabéns, bjos.

Júnior de Paiva / Dish disse...

Gosto da lírica que escreves seus textos!Parece com uma narrativa de depoimento!Gostaria de saber como consegue tantos comentários!
Acredito que as pessoas tem medo dos meus posts ou da minha sanidade!
:/
Abraço!

Thomas Albuquerque disse...

Esse poeta é sortudo... rsrs



até a próxima postagem Bandys, beeeijos

Júnior de Paiva / Dish disse...

Hei moça, beleza?
Dá uma olhadinha lá nos meus post e veja se a página de comentários deu uma melhorada, pode ser?
rsrs
Muito obrigado pela dica!
Beijo!

Alexandre Lucio Fernandes disse...

O poeta se envolve em lençóis transparentes encharcados com o mel mais puro do amor. É nesta incinerante maneira sedutora de ser que ele esparrama sua poesia em profundo amor, na poetisa. E o choque de ternura acontece. Almas que bailam olhos com olhos, e se entregam um ao outro numa sublime intervenção dos céus...

Pra que complicar não é?
Tudo fica implícito no explícito...

Amor bom é assim.

Lindo!!

Te adoro viu!!
=)
Beijos!!

O Sibarita disse...

Tá rebocado, piripicado tia Tidinha! kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

Lá eu sabia nada que tinha esse dia do poeta? Vc tem razão, eu não sabia e nem nunca me liguei nisso, afinal, poeta lá eu não sou, nunca foi e nem ao menos se acha como tal. kkkk

Ao certo seu poema tá muito bonito em homenagem aqueles que se acham, dizem que são poetas. A Todos eles meu parabéns pela data!

Bandys danada meu pai! kkkkkkkk

O Sibarita