segunda-feira, 26 de março de 2012



Floria noite e dia o nosso amor, floria.
Gerado após um inverno triste,
Floria em nuvens de rendas,
Floria com delicadas flores.


E as rosas das manhãs
Vinha-nos perfumar, em dias de sol
Nos de chuva enfeitar.
Jogadas em nossos pés,
Como se fossem tapetes.


E quando a noite chegasse
Faria uma declaração
Num riscado de cores, de tintas,
de luzes, de sons e de danças.


Seguraria sua mão e esperaríamos
a lua aparecer, as estrelas apontarem,
e nossos olhos se cruzarem...
Teríamos uma visão perfeitamente bela,
doce, sem falas...


Nossa menina dos olhos
Grudadas, fixas, namoradas..
Uma força crença,
Iluminaria nossas almas com
clarões arrebatadores de amor..
Simplesmente amor.


..sem falas, só com nossos olhos, nossos cheiros,
nossos desejos e nosso amor. (Bandys)♥

27 comentários:

Djalma CMF disse...

Poesia terna, sensual e cheia de amorosidade, gostei de fato, parabéns. Quanto ao meu texto, não entendi que letrinhas você se referiu, comi moscas, bjos.

LUZ disse...

Oi querida amiga Bandys,

E aqueles elementos, que mencionaste no poema, são mais do que suficientes para se fazer o amor florir e depois rir nos braços da madrugada, assim, despidos, sem nada.

E nascem flores, rosas vermelhas, que ele beberá na tua boca, rosácea de amor.

Olha minha querida me "pegaste" o vírus. Agora, sou eu quem está com gripe. Estão 27ºg e eu estou atafulhada em roupa, porque tenho frio. Já estou fazendo antibiótico.
Eu preciso aproveitar esse sol, essa Primavera, que me beija e me desleixa.

Sonhos floridos e envolvidos num doce amor sentido.

Beijinhos de muito carinho e luz.
Já estás mesmo bem?

Nilson Barcelli disse...

Seria o amor na sua plenitude.
Mas...
Por vezes os "mas", arreliadores, surgem para estragar o amor...
De qualquer modo gostei imenso do teu poema.
É magnífico.
Beijos, querida amiga.

Nos Amando... disse...

magnifico
perfeito sem falas
linda semana querida bjs

ONG ALERTA disse...

Belo poema, beijo Lisette.

Marcos Souza disse...

Olá querida amiga.
Que poesia linda, romântica, doce...
Parabéns pela maravilhosa postagem. Beijos

Retalhos da Sol disse...

Imensa saudade das tuas letras ChefYnha!!!

Vida anda tão atribulada e corrida que não anda me sobrando tempo para respirar...mas tenha certeza que não esqueci de tY!!!

Logo voltará ao "normal" e eu retorno mais bandYda ainda...rsrsr

Bjosss carregados de enSOLarada saudade!!!

Retalhos da Sol disse...

Imensa saudade das tuas letras ChefYnha!!!

Vida anda tão atribulada e corrida que não anda me sobrando tempo para respirar...mas tenha certeza que não esqueci de tY!!!

Logo voltará ao "normal" e eu retorno mais bandYda ainda...rsrsr

Bjosss carregados de enSOLarada saudade!!!

Daniel Costa disse...

Bandya
A eterna poesia de arrebatemento. Sempre um mundo de beleza fantástica, acentuada pela imagem.
Beijos

MARTHA THORMAN VON MADERS disse...

Asrosas e s amores...como combinam.
Martha
Beijos
Apareça

... "re" ... disse...

Paixão que devora, cora e decora, sem noçao, só vazão e emoção... Ui... rs

Apaixonante poesia...

Baci blu per te amore mio...

Estás melhor? Precisas ver nosso jardim... Vais abandoná-lo também?

Ficaste bem mais florido depois da chuva... Abençoada chuva!

Sabia que o jardineiro quer ir embora? Tens que ajudar-me convencê-lo a ficar... Socorro!!! rs

Sonhadora disse...

Minha querida

Um belo poema como sempre...que esse amor de vista de futuro e dispa o passado.

Deixo um beijinho com carinho
Sonhadora

Luma Rosa disse...

Emoção sensorial passada através do olhar. Eletrizante, Bandys!!
Boa semana!!
Beijus,

Felisberto Junior disse...

Olá! Bom dia!
Não, não se assuste. Me desculpe chegar assim. Eu sei. Não sei bem porque vim. Estou meio dodói.Fiz questão de vir!
Novamente me encantou seus escritos, a sua suavidade de falar de amor.
Mas só de imaginar , fiquei desconcertado.
Tem épocas em que os desejos ficam à flor da pele. O que estou vendo, através de meu olhar de seu seguidor, vontade incessante e incontrolável de experimentar e provocar, entrega, fantasias se tornando reais. Melhor do que a simplicidade da ideia é quase poder sentir o olhar de alguém que vai receber o seu amor.
Fiquei com saudades!
Boa quarta!
Beijos!

Everson Russo disse...

Lindo esse amor que alimenta os dias e rompe madrugadas a fio, pra encantar, embalar,,,acalentar e fazer longe sonhar a alma..beijos de lindo dia pra ti querida...

Tânia T. disse...

Todo o amor tem que florir.. porque enquanto está florindo, não pode morrer.. não se acaba!

Lindas palavras, Bandy.. adorei!

Bjão

Enigmático Byjotan disse...

Amor e flor...Flor e amor...Ambas se completam,com amor.Assim beijo de leitor.:-BYJOTAN.

Andy Santana disse...

Olha que lindo o texto,
adorei.
beijos

Evanir disse...

Hoje é aniversário de uma amiga
muito especial para mim.
E para todos nos blogueiros caso não a
conhecer o endereço dela esta na postagem do blog.
Que tal deixar seu carinho a essa pessoa
tão especial?
Uma linda noite beijos no coração.
Evanir.

Querida amiga não deu para ficar sem ler seu poema .
Eu sou apaixonada por poemas e esse me chamou muita atenção.
è lindo demais não sei se vc é poeta ou um anjo.

Alexandre Lucio Fernandes disse...

E o amor se faria em uma troca silenciosa, em um universo nascente no mais pequeno. Semente de grandeza brotando no mais ínfimo. Florescendo.

É a completude de sentimentos que se chocam em pura sintonia. Em uma sincronia exata de almas apaixonadas que perfilam seus encantos pelos olhos um do outro. Perfume de amor a exalar do corpo febril de ambos, denotando bem o ímpeto do sentir na intensidade do desejo... do querer...

Lindo querida! Lindo!

Ei, quero notícias suas... =(

Beijo!
Te adoro!

LUZ disse...

Olá querida Bndys,

É poeta ou anjo?
É MULHER, que até desconcerta alguns ou quase todos!!!!!!!!!!!
Já li no comentário que fizeste ao Felis, que já estavas melhor. Fiquei feliz, muito feliz.
Eu estou, também melhor, com a graça e Deus, de Nosso Amado Papa João Paulo II (eu era e sou apaixonada por aquele homem, que extensão de coração, que rosto liindo, que entrega!) e dos antibióticos, que Deus ajudou os cientistas a criarem. Sejamos reais. Vivemos em pleno século XXI.

Espero postar amanhã, no final do dia, hora portuguesa e quero, que também tu, estejas com capacidade não mental, não poética, porque essas tens tu de sobra, mas da outra, da capacidade física, para termos alento, força para pôr nossas entranhas a nu.

Boa sexta, querida.
Tenho saudades.
Me estou lembrando de Paula Fernandes, cantora, que muito aprecio, na canção que diz: "Eu estou com saudade da nossa amizade..."

Beijos e abraços rodeados e repletos de luz.

Everson Russo disse...

Um lindo dia pra ti minha amiga querida e agora,,,uma bela borboleta branca de voos de poesias e amor...beijos e beijos.

O Sibarita disse...

PORRETAÇO! Poema por demais bacana com pitadas do sensual, do desejo (hummm... kkk)que delíra nas copas do meu olhar! Ômopai! kkkkkkkk

Bandys, vc ta retadinha, hein? Escrevendo como nunca, demais da conta!

TÁ REBOCADO!

À Bandys

Ah, em Jauá, tudo flutua, voa, revoa
Percorre, corre, escorre, passa, repassa...
A nigrinha, valha-me Jesus, é toda boa!
Ela olha-me, disfarça, em plena ressaca,
Na abóbada, a lua côa, escoa, ressoa...

Caô, caô! O Coro come, ai Deus! A fila anda, fia!
Humm... Eu de short e sem camisa na beira mar
Entrego-me nessas noites quentes e sem agonias
Onde, cintila a lua crescente iluminando toda Jauá.

A tô tô meu Pai! Estou no olhar daquela dona moça
E o que ouço é o tic-tac do seu coração de rochedo
Em desérticos céus de sorrisos largos de mariposa
Batendo no sentido anti-horário dos meus desejos...

Piro! Viajo na maionese, quero os teus lábios que brilham
Naquele batom carmim buscando caminhos da tentação.
Mainha, tu na cumplicidade dos meus sonhos fervilha,
Agora, é tempo! Eu, livre e solto no ventre da tua perdição...

Valha-me Deus! Ôie... Esguia taça de âmbar salpicada
De ardências e quereres, rastro ágil de corça em relva.
A brenha dos teus olhos me confunde e eu te faço fada,
No imo do meu coração, felino tropel, rompendo selva...

Faça fé! Minha nega, por dentro e pelo avesso eu navego
No mar do teu corpo, onde, adentro no teu porto sem véus.
Busco em ti os caprichos dos dias aos teus olhos cegos
Sem nenhum sinal de querença. Oh! Vem me namorar céu!

Tá rebocado! O teu Corpo, eu desfolho, enquanto, arquejo
Nos suspiros. É, noite perfeita de luar prateando o teu tudo.
Cobiça em brasas qual colibri que sorve a flor num beijo,
Diz-me, e ai? Não me negues! Cruz, Credo! Te desconjuro...

O Sibarita

BAIANÊS USADO:

Nigrinha – Mulher desejosa, mulher que flerta, faz charme, uso normal aqui.
Caô, Caô - Atenção.
O Coro Come - O jogo é duro.
A Fila Anda - Termina o namoro e já tem várias(os)querendo.
Fia, Fio - Nome carinhoso pelo qual chamamos a quem gostamos.
A Tô tô Meu Pai! - Saudação ao Orixá Ogum de Ronda pedindo proteção.
Dona Moça - Mulher que se diz virgem sem ser. Também, mulher da vida.
Mariposa - Mulher da vida, profissional do sexo.
Piro - Fico maluco.
Viajar na Maionese - Ficar zen, contemplativo, sonhando.
Mainha - Nome carinhoso, sensual demonstrando desejosos a uma mulher.
Valha-me Deus! - Pedindo proteção divina.
Faça Fé - Afirmativo, acredite.
Minha Nega - Demonstração de carinho a uma mulher.
Tá Rebocado! - Acredite, pode crer.
Toda Boa - Mulher de corpo bonito, gostosa.
Desconjurar – Excomungar

O Sibarita

Smareis disse...

Oi Bandy,

Escreveste lindamente esse florir de amor. Um fantástico e perfumado voo de paixão.

Beijos grande!

Desnuda disse...

Querida amiga,

O poema ilumina todos os sentidos que vem do coração. Lindo!

Amiga querida aqui o rodízio continuou e apenas na quinta feira meu coração começou a se acalmar. O netinho do meu primo de 1 aninho estava internado. Recebeu alta na quinta, graças a Deus.


Agradeci o seu carinho deixado na cx de comentários com o coração cheinho de gratidão.



Beijos com carinho querida

APENAS PALAVRAS disse...

Estou passando para dizer que suas palvras sao como favo de mel....goteja sabedoria....naquilo que diz: Desejo que contunue a nos dar alegrias com tuas sabias palvras....Palavras as quais sempre trazem por si um aprendizado daquilo que diz...E na formosura e na simpliscidade das tuas elaboradas escritas vai sempre um pedacinho de voce...era como se nos desce parte do seu coração que carrega teus mais puros sentimentos de mulher na qual foste tu criada na sua mais pura sinceridade e na sua fragelidade naquilo que foste formada de maneira honrosa .
Eu vim de longe, de tão longe, que somente o teu coração pode alcançar essa distância e este sorriso que o amanhã me pedir para te dar.
Compreendo a tua surpresa diante do que eu te digo. Porém, qual surpresa poderá ser melhor do que o vale encantado que eu trouxe para ti?
Sim, bem sei que a tuas saudades são maiores do que o encontro de todas as tuas melhores circunstâncias. Mas a saudade tem isso de sempre ser maior do que temos no presente. Porque toda saudade é incompleta por si mesma.
Porém... Do que te vale mais recordar do que viver? Mais desejar completar a tua saudade do que preencher os teus dias com novas oportunidades?
Tu me dizes que não as têm? Abraço-te com meu carinho e solidarizo-me contigo...
Eu também vim de longe para me encantar com suas lindas e sábias palavras que alcançaram meu coração.
Obrigada grande poeta. Adorei vir aqui e me deslumbrei com as maravilhas de suas inspiração.Tomei a liberdade em postar este comentário em teu blog... Retribuindo desta forma, de uma maneira carinhosa a sua expressiva visita no meu blog, as quais as têm enriquecido com seus mais refinados comentários... Um bom final de semana!
Um grande abraço! E um carinhoso beijo.... HTTP://www.uanderesuascronicas.blogspot.com

CONVIDO-A A FAZER PARTE DO MEU BLOG....JA ESTOU SEGUINDO SEU

Thomas Albuquerque disse...

Uma ternura mansa,singela e leve, que só vendo

parabens...

beeijos