quarta-feira, 31 de outubro de 2012


Sabor
Eu quero o sabor do encontro.
Aquele que vem com gosto de sol e calda de chuva...
Eu quero o mergulho nos teus olhos, o gosto da tua boca,
a mistura das nossas línguas...
Eu quero o calor dos nossos corpos se procurando,
deslizando, se encaixando.
Eu quero o sabor do teu prazer, do tesão...
Do teu corpo enlouquecido pelo meu.
Esse é o sabor que eu quero. A delícia do nosso gozo.
O sabor dos nossos prazeres misturados estremecidos,
perdidos, sentidos. Com cheiro de flores...
O gosto do gemido, o sabor colorido do nosso sorriso.
Depois o sabor do teu cansaço deitado no meu colo...
Murmurando amor. Nossas vontades..
Eu quero o sabor dividido... Acolhido. Atrevido...
Eu quero o seu sabor, o sabor de você... O meu sabor.
Eu quero o sabor do amor, do nosso amor.

...é o sabor do amor que trás o lençol de estrelas
e cobre nossos corpos nus. (Bandys) ♥

28 comentários:

O Sibarita disse...

Aimôpai! kkkk Ah, o sabor veneno dos desejos sob lençol de seda e uma lua devassa entrando pela janela candeiando corpos enroscados... kkkkkkkkkkkkkkkk

Eita que essa Bandys sabe manejar bem as palavras e que palavras, em sussurro então... kkkkkk

Toda gostosa essa poesia, rebocado se não for! kkkkkkk

O Sibarita

Anônimo disse...

Tudo que nos enlouquece
dá nos um caminho para voltarmos a enlouquecer...
Que ondas vem desse amor..
bjs..

:.tossan® disse...

Uma arte poética que me fascina e me deu sabor! Bravíssimo! Beijo

:.tossan® disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Everson Russo disse...

A mistura maravilhosa dos sabores dos corpos...dos desejos,,,do amor,,,do beijo,,,e quando tudo se mistura,,,a gente se perde....beijos e linda noite pra ti...com flores...

Vivian Loreti disse...

Adorei! Muito bom o texto.
Bjs

Severa Cabral(escritora) disse...

Lindo dia pra ti !!!!
Lindo como o sabor se reparte em sabores...nesse gostinho todo fico com o gosto do gostinho do gemido...
bjs

MIESFE - 64 disse...

preciosa entrada ,hay el amor que lindo es
Un abrazo

ELANE, Mulher de fases! disse...

Bandys linda, eu estava sem meu note, e ficava com preguiça de usar o pc da Carla, agora estou novamente com meu note,kkkk, por isso me aguardee,kkkk, no Joe eu fui esses dias mesmo,mas estamos na área novamente, saudade daqui, bjo pra ti, Sergio manda um abração pra vc, está estudando muito, agora é pesquisador da UFPR, e estará entrando no mestrado tb, está muito contente, bjo e fique com Deus!

Everson Russo disse...

Um bom feriadão pra ti Dy querida,,,com muito pão de queijo e coca cola....beijos beijos e flores....o meu já começou...rs...

Pedro Luis López Pérez disse...

Sabores de dos Cuerpos que destilan por sus poros verdaderas fragancias de Amor.
Un abrazo.

Osmar Ribeiro disse...

Ao sabor de cada momento e a toque da macies do teu corpo nu!
***************************
Seu poema é D+++ amei
Bandys, um abração e um beijão!

Felisberto Junior disse...

Olá!Boa noite
Bandys.
Lindo!
Sem palavras...
Ótimo feriado!

LUZ disse...

Oi querida Lili, ♥

Elogiar seus poemas, seus textos, sua forma de escrever é tão natural e verdadeiro, como a nossa própria sede.

Tudo aqui se conjuga, ao sabor da ternura, dos desejos e no prazer de dois corpos.

Um lençol de estrelas? Foi isso que você escreveu, acho que sim.
Coisa de encantar! Lençol de cetim já é tão macio, tão envolvente, mas de estrelas, será paradisíaco, penso eu.
Nunca fiz amor, sob um lençol de estrelas, mas há sempre uma primeira vez.

Você é doce, pronto, está tudo dito.

QUE NOSSO AMADO PAPA NOS AJUDE A DOSEAR ESSA DOÇURA.

Seu feriado foi hoje, né? É como cá? Regresse, em paz, prudentemente e não coma doces, nem bebidas açucaradas, porque engordam a gente, só por causa disso mesmo.
Conselho de quem é doce, também.

Bom regresso, querida.

Beijos da sua melhor amiga, Portuguesa.

Ju disse...

O privilégio de ler o belo poema é que trás até aqui...
Te agradeço linda, pelas palavras tão queridas e sempre presentes que deixa eu meu blog.
Li que está com diabete, sabe o que vamos fazer agora? Lutar. Quando for assim, sabe o que responde pra vida?! Se lascou, nem gostava de doce mesmo...rs
Bjusss

Sónia M. disse...

A sua sensualidade nos envolve!!
Adorei!
Bom final de semana :)
Deixo um beijo
Sónia

Everson Russo disse...

Um lindo feriado pra ti minha querida Dy...bom pãozinho de queijo com bacon,,,,beijos e beijos com flores....

Majoli disse...

Uma mistura deliciosa e extasiante de sabores.

Beijos Bandys querida.

Poeta Mauro Rocha disse...

Tanto sabor dentro desses sabores e tudo misturado dentro do amor.

Tenha um ótimo feriado e um ótimo fim de semana.

Beijos

Nosso Cantinho disse...

Maravilhoso poema, menina...quem prova do puro amor, jamais terá o coração como antes...
Um abraço!

Bíndi e Ghost

Daniel Costa disse...

Bandys

Bonito sabor a iniciar e acabar, rimando com amor.
Beijos

Fernando disse...

Olá
Gosto demais dos seus textos
sempre recheador de intensidade e desejo.
mto bons.
sds dos "bate papos" via comentes do blogs.
grande abraço.

http://fernu5083.blogspot.com.br/

fernando

Fernando disse...

Oi Bandys
esqueci de colocar
Se puder curta a página dos meus blogs no face rsrsrs
http://www.facebook.com/FernuBlogs?ref=hl

gde abrrss
Fernando

ELANE, Mulher de fases! disse...

Q lindo poema, cheio de sentimentos que devem ser vividos por quem se ama e se respeita, só a sensibilidade do amor verdadeiro pra entender o que vc escreveu, gde abraço e adorei o sininho japones, nunca lembro o nome, vou roubar pra mim,kkkk

Paulo Sotter disse...

Texto lindo e com profundidade de sentimento. O amor dá sabor a vida. Abraços

ANTONIO RUBILAR BARBOSA VALENTE disse...

Oieee!!!
Nem preciso dizer que está "supimpa" esses teus versos...Assim, "EU QUERO" te dizer, omedeto(parabéns em japones), tudo de bom minha linda, fique com Deus.Um bjo amigo, Rubi.

O Profeta disse...

São mudas as neblinas nesta ilha
É de pobreza o pão que alimenta o meu sentir
Oiço o mar com os meus próprios dedos
Parti do desencontro dos meus derradeiros medos

Parti e deixei no cais mil dúvidas
Lembrei tempos que corri feliz pelas amoras
Nesses dias bebi sofregamente a vida
Nesses dias a minha alegria era incontida

Um radioso domingo


Doce beijo

Alexandre Lucio Fernandes disse...

o querer domina, se espalha...
Ah loucura que se distende, se estende no peito como a salvaguarda...

O sabor? Daquele que quem prova pede Bis... Sempre se quer amor. Sempre se quer
repetir o que bom.

Quero!
Quero...
Também!!

Beijo!!