quarta-feira, 16 de janeiro de 2013


Conheço os fracassos de mim,
das tentativas errôneas que
eu claramente consigo criar..
Das cicatrizes abertas que precisei costurar.
Do coração quase parado que ordenei palpitar.
Dos olhos sem vida que ousei gostar.
Do choro caído, engolido que noticiei soluçar,
Do corpo tremido jogado onde fui me tocar..
Da prisão da alma que vi lastimar
Da entrega total pra me soltar.. Libertar.

..hoje conheço minhas virtudes e liberdades
onde o amor brotou do meu despertar.(Bandys)♥

26 comentários:

jorge junior disse...

Conhecer a si próprio é extremamente importante! Na vida cometemos alguns erros e acertos e o mais importante aprendermos com cada um deles.
Um grande abraço!
jorge-menteaberta.com.br

Retrato de Mim disse...

Bandys,
parabéns... belas e intensas palavras.

Beijos.

wcastanheira disse...

-Conheço os fracassos de mim...Belo, intenso, carregadinho de uma poesia linda e apaixonada, mais uma vez vai pra vc do tio Castanha bjos, bjos e bjosssssss

Pedro Luis López Pérez (PL.LP) disse...

Primero debemos aprender y conocer nuestros errores para llegar a plasmar nuestras virtudes con la mayor brillantez posible, que servirá para adquirir mayor libertad de movimientos.
Precioso.
Um abraço e beijos.

Fernando Santos (Chana) disse...

Excelentes palavras....
Cumprimentos

Janaina Cruz disse...

Lindo minha amiga lindíssimo,somos donos de nossos erros e acertos, por isso sabemos de cor o caminho de ida e vim ao nosso eu...

Bom aquela nuvem negra que estava pairando sobre mim passou, graças a Deus minha florzinha, o tempo, o amor e Deus nos ajudam a curar de todas as coisas.

Não vou mais ficar postando tanta coisa sobre o meu amor e eu não, há quem inveje mais do que aplauda, isso é ruim para quem sente, mas sempre respinga na gente.

Deus te abençoe infinitamente, muitos e muitos abraços pra ti

Marcos de Sousa disse...

Todo mundo tem seus fracassos, quedas, arranhões. Se conhecer é o primeiro passo para voltar a tentar, voltar a amar.

O mundo sob o meu olhar

Primeira Pessoa disse...

brota tudo, deste despertar.

a poesia nos redime e salva.

beijão,
r.

Sonhadora (RosaMaria) disse...

Minha querida

No levantar depois de uma queda é que está a força do ser humano.
Lindo e profundo este poema que adorei.

Um beijinho com carinho
Sonhadora

:.tossan® disse...

Lindo demais! Obrigado pela beleza! Beijo

Leozim disse...

O mal não existe sem o bem, como os acertos não seriam tão gloriosos se não soubéssemos no gosto amargo do fracasso. Tudo faz parte da nossa experiência de vida, antes se deixar viver e se deixar errar a viver uma vida ínfima.

Severa Cabral(escritora) disse...

Boa noite minha querida !!!!
A sensibilidade atua sempre nos teus escritos...lindooooooooooooo!!!!!!!
bjsssssssssssssss

Vinicius disse...

Bandys,

quanto tempo! Conseguis-te o conhece-te a ti mesmo? Na poesia vertes um ritmo que demonstra em vias do seu desdobrar o caminho (talvez) de busca de um amadurecimento cada vez mais doce e febril. Uma mulher cada vez mais sóbria, apaixonada e sedutora? Compartilhe essa vida que vibra em ti com este bardo errante.

Beijo.

Luma Rosa disse...

Bandys, não é fácil conhecer a sim mesmo e difícil também expor as fraquezas. Mas dizem que quem abre o coração, tem mais chances de povoar suas artérias de sentimentos bons. Assim seja!! Beijus,

Everson Russo disse...

As virtudes sempre chegam através dos erros...dos aprendizados da vida,,,dos tombos e do saber se reerguer,,,e as vitórias dos fracassos,,,daquela dor que sofremos a cada derrota,,,a cada pedaço de coração perdido,,,a cada ferida na alma,,,beijos menina Dy...lindo dia pra ti...flores e poesias...

Thomas Albuquerque disse...

uma bela representação daquilo que a almasente verdadeiramente.

Suelen Muniz disse...

Oi Bandys,
Se conhecer nem sempre é fácil,mas é extremamente necessário.
O ruim é quando a gente conhece mais do que queria conhecer.
uma boa noite,abraço!

O Sibarita disse...

Pois é, né fia? kkkk Despertou a tempo, oi que bom! kkkkkkkkkk

Um poema de quem reconhece a si própria com erros (inerentes ao ser humano)e virtudes (idem).

Reconhecer-se é sabedoria, é dar vários passos à frente, é fortalecer-se para qualquer tempestade...

Ei Bandys danadinha! kkkkkkkk

Enquanto isso, o coro come aqui na Lavagem do Bonfim, tô que tô, viu? kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

O Sibarita

Nilson Barcelli disse...

O auto-conhecimento é importante, não só nas coisas boas mas também nas menos boas, pois só assim o despertar é consciente.
Magnífico poema, gostei muito.
Beijo, querida amiga.

Severa Cabral(escritora) disse...

passando por perto ,resolvi entrar pra deixar meu beijo de boa noite !!!!

Thomas Albuquerque disse...

Deixo-te também um beijo de boa noite, querida...

Everson Russo disse...

Dy minha linda loira,,,um bom final de semana pra ti,,,com flores...canções e muitos beijos ...

Daniel Costa disse...

Bom dia Bandys

- Ou quem se sugeita a amar, sujeita-se a padecer. Poema sensitivo.
beijos

Jeferson Diaz disse...

Oi Bandys

O amor tudo sente e tudo sabe. Só através dele podemos entrar no íntimo, aceitar as limitações e mudar nosso destino.

Super beijo pra ti
:)

Fernando disse...

Olá Bandys
O amor é o que nos faz superar todas as fases de nossa vida e ainda ter forças para continuar tentando. Dele nasce nossas virtudes e defeitos também. Lindo poema, como sempre :)

Voltei de férias rsrs
Bjs menina
até mais
Fernando

Alexandre Lucio Fernandes disse...

Hoje conheço teu mundo, terra fértil onde meu amor por ti brotou...

;)

Beijo!!