segunda-feira, 13 de janeiro de 2014



Escrevo no tempo, um conto
Nosso sorriso, nosso encontro.
Nos versos, tranquilizo
Deslizo em poesia.
Navego no mar de calmaria
E também de ventania.
Vejo cores em nossos beijos
Sabores, toques sedutores
Descubro o amor, a paz e a liberdade.
Flutuo longe com suavidade
Aproveitando o vento que gentilmente
Vem a nosso favor...

...a paciência me abraça quando preciso esperar a ventania passar. (Bandys)

20 comentários:

Samuel Balbinot disse...

Boa tarde Bandys.. escrevemos no tempo tudo que nossa alma veio para resolver aqui.. que os amores sempre possam imperar nas nossas vidas..
gostei das rimas.. sempre muito bom te ler beijos e um lindo dia

Daniel Costa disse...

O vento sempre correrá em nosso favor, sempre que o acariciamos em louvor.
Os ventos do amor.
Beijos de amizade

Crista disse...


...a paciência me abraça quando preciso esperar a ventania passar. (Bandys) ♥

Eitchaaaaaaaaaaa...matou a pau!!!!
Ser mais lindo,mais estonteante do mundo,passando por aqui só para dizer que ainda existo,para tua felicidade...ksksksksksksks...
Beijão,poetisa maravilhosa!

Secreta disse...

Saber esperar é uma virtude ;)
Beijinho.

Daniel Andre disse...

Coisa boa, é começar o dia ou iniciar a noite, lendo essa sua brilhante capacidade de escrever coisas tão lindas Bandys !

Vamos escrever no tempo,
Tudo o que mais queremos,
E que venha um bom vento,
Para nos trazer por um momento,
O amor, no ritmo lento.

Beijão querida,
Fique na paz.
Dan.
http://gagopoetico.blogspot.com.br/

PS: Também sou canceriano, com asc em aquariano e vários planetas em peixes. (Um sonhador, rs)

Nilson Barcelli disse...

Há descobertas, tal como o amor, que valem a pena.
Belo poema, gostei.
Minha amiga, bom resto de semana.
Beijos.

Mª Fernanda Probst disse...

Tua poesia é além de linda :*

Luma Rosa disse...

Oi, Bandys!
É sua emoção que não cabe em si!
Descrever em versos aquilo que subjetivamente acontece e fazer disso um meio de extravazamento é próprio dos poetas, assim como faz o pintor em suas telas, o escritor em seus textos...
Aproveitar das alegrias e revezes à favor do enriquecimento intelectual, não é para poucos!
Parabéns!!
Beijus,

Lucimar da Silva Moreira disse...

Poesia simplesmente maravilhosa, esperar é sempre o melhor caminho, Bandys passando pra desejar uma ótima quinta-feira beijos.
http://www.lucimarestreladamanha.blogspot.com.br

Evanir disse...

Alegre-se a cada nova manhã pense que com um novo dia pode-se começar uma nova vida.
Mas começar sem medo do que pode vir a acontecer,
viver um dia de cada vez e sempre olhando para frente, simplesmente começar.
Tente se basear no exemplo de um simples amanhecer, embora aconteça todas as manhãs,
são poucas as pessoas que podem testemunhar a beleza que é quando a noite
a noite termina e vem no horizonte o espetáculo do nascer do Sol.
Obrigada pelo carinho desejo um abençoado final de semana .
Beijos ,Evanir..
Esta tudo bem amiga querida?

Everson Russo disse...

Esse é o amor do Ultimo Barco do Planeta, aquele que traz paz, calmaria, ventos brandos de arrepios,,, e um porto seguro a se atracar,,, simples assim,,, beijos Dy,,, saudades de tudo isso...

Blue disse...

No tempo certo,
navegar ao encontro
e deixar-se levar
no rumo do vento
e quem sabe com paciência
a Bandys encontrar!

Beijo

ONG ALERTA disse...

Lindo que a paciência nos acompanhe, beijo Lisette.

Alexandre Lucio Fernandes disse...

O mundo ao redor se torna quadro para nossas fantasias, nossa poesia mais doce, para nosso pincel mais poético. O amor se torna algo dedilhado nos detalhes, algo espalhado pelo ar em fagulhas, uma poética em conta-gotas, marcada em cada pedacinho da vida. A gente descobre o encanto na mania de amar e tornar toda paisagem em nosso mais belo sentimento, ou no vento o sopro que nos leve finalmente a ser, a sentir.

Beijolindo!
Amodoro!!

Suelen Muniz disse...

"A paciência me abraça quando preciso esperar a ventania passar".
Tem dias que só mesmo a paciência pra nos fazer ver que ainda existem os bons ventos.
Abraço =)

Fernanda Oliveira disse...

Que sensação gostosa neste teu poema amiga Bandys.
Bis ! Bis ! Bis !
Amei !
Beijokas no coração !

Fernanda Oliveira

Evanir disse...

Que o calor de um carinho,
o afeto de um abraço e o sorriso de uma grande amizade
sejam presença constante em sua vida.
Desejo que todas as coisas boas e o amor
de Deus aqueça seu coração.
Quero que acredite não existe fim
para aqueles que acreditam em Deus
tudo na vida é fé e coragem pra recomeçar.
Eu venho deixar somente carinho e amor
nessa passagem de hoje na sua casinha.
Uma abençoada semana, fique com Deus.
Beijos ,Evanir.

Fernando Santos (Chana) disse...

Belo poema...Espectacular....
Cumprimentos

O Sibarita disse...

Escrever no tempo e o tempo dos desejos é bom né não? kkkkk

Essa Bandys 2014 ta jogando duro, cada poema leve e tudo haver, repare... kkkkk

O Sibarita

HansHB disse...

Beautiful!

My new B&W Blog:

http://hanshb.wordpress.com/