terça-feira, 7 de janeiro de 2014


Apaixone-se por mim.
Não um amor de mesa posta, talheres de prata,
toalha de renda, não um amor de terça-feira,
água morna, gaveta arrumada.
Apaixone-se por mim no meio de uma tarde de chuva,
rua alagada, rosas na mão, um amor faminto, urgente,
latejante, um amor de carne, sangue e vazantes,
um amor inadiável de perder o rumo o prumo e o norte,
me ame um amor de morte.
Não me dê um amor adestrado que senta, deita,
rola e finge de morto, que late, lambe e dorme.
Apaixone-se felino, sorrateiramente e assim que eu me distrair,
me crave os dentes, as unhas, role comigo e perca-se em mim
e seja tão grande a ponto de me deixar perder.
Ame minhas curvas, minha vulva, minha carne,
me fecunde e se espalhe por meus versos,
meus reversos, meus entalhes.
Faça eu me sentir amada, desejada
glorificada em corpo e espírito que eu nunca soube o que é ser de alguém,
mas preciso que me ensines,
que me fales,
que me cales,
amém.
(Bandys)♥

20 comentários:

Daniel Andre disse...

Ufa !!! Que coisa mais gostosa de ser lida hein menina ???

Ao ler, senti mais a presença de uma paixão ofegante, que sente prazer no ato da conquista, e não a conquista oferecida na bandeja. É aquela paixão sem pudor algum, sem limites, ou que venha do jeito que estar, para saciar a intima fome de uma leoa carente. Meu Deus, viajei em cada detalhe. Parabéns guerreira ! Se você não for de algum signo de fogo, com certeza o seu ascendente é !

Beijão,
Fique na paz !
Do amigo,
Dan.
http://gagopoetico.blogspot.com.br/

Daniel Costa disse...

Deitas cá para fora cada poema atraente. Consegues dominar bem o tema literário da sensualidade.
Parabéns!
Fiz chegar o recado a quem de direito, contudo é possível que ela ainda não possa responder, mesmo no anonimato.
Beijos

Samuel Balbinot disse...

Boa noite inspiradíssima Bandys...
paixão esta avassaladora, que mantém a chama viva.. o amor tem que ter calor, quando as coisas estão mornas, tendem só a esfriarem de vez.. ficou muito belo desde o começo o correr de cada verso.. beijos e um até sempre a vc

LUZ disse...

Mas, a "minina" Bandys pensa que homem é de ferro? Olha que a cabeça deles, o cérebro, deixa de "raciocinar"(olha quem está falando)!

Lili, amiga querida, tenha dó desses pobres de Cristo. Faça como eu, que escrevo poemas à natureza, às ovelhinhas e aos passarinhos.

Olha, eu acho que eles se vão grudar em teu blog, e em "você", também, e daqui não saem.

Eles vão cumprir, NA ÍNTEGRA, tua oração e nem vão ter tempo, sequer, cabeça, para dizer, AMÉM!

Depois, a imagem! Nossa! Eles vão ficar presos naqueles "altares", mas depois vão "rezando", por aí abaixo.

QUE ORAÇÃO BENDITA, E "BENDITA SEJAS TU ENTRE AS MULHERES".

Beijos, com muito apreço e carinho.

PS: um dia desses vou te "plagiar". Já estou te avisando.

Nilson Barcelli disse...

Uma bela oração... rsrs...
Gostei do poema, é magnífico.
Bandys, minha querida amiga, tem uma boa semana.
Beijo.

Sónia M. disse...

E assim se reza! :)
Que bela oração, Bandys.

Beijinhos

Sónia

SinneR disse...

gostei... a seguir.

bj doce

Fábio Murilo disse...

Poxa... Avassaladora!

Anônimo disse...

SOU DO BLOG FOLHAS DE OUTONO !

Tinha que vim aqui deixar meu abraço cheio de calor humano.Estive na sua terrinha neste final de ano,quer dizer que respirei o mesmo ar que vc,rsrsrsrsr
Feliz por te ver no Daniel deixando seu carinho sincero.Assim tenho visto os verdadeiros amigos na minha procura.E vc sempre se fez presente.
Quanto ao poema sempre deixas a sensualidade predominar nos lindos poemas...
abraço fraterno e um feliz 2014!

Blue disse...

Humm...deliciosamente hummm...

Nas curvas se perder...

Beijo

Rita disse...

Um bom final de semana!!

Nesse começo de ano quero desejar muita paz
saúde e sucesso nesse espaço tão bonito onde
encontrei uma amizade perfeita.
Parabéns sempre, e que td por aqui continue assim
Cheio de encantos

Abraços com carinho!

└──●► *Rita!!

ONG ALERTA disse...

Paixão é tudo....
Beijo Lisette

Sonhadora (RosaMaria) disse...

Minha querida

Um poema escrito com a sensualidade à flor da pele...um hino de amor e paixão.

Deixo um beijinho e desejo um Feliz 2014, cheio de amor e paz.

Sonhadora

Heldinha disse...

Querida,

Um novo ano para vc de muitas inspirações,de paz, de alegrias e muitas realizações.
Beijos mil.

Fernando disse...

Oi Li
vejo a foto e a primeira frase, apaixone-se por mim.
Poema lindo e sensual do início ao fim. :)
Só você mesmo hem
bjsss
Blog Fernu Fala II
Siga no Twitter

Isabela Brandão disse...

Muito lindo e cheio de paixão.
Amei!! *-*
Já estou seguindo o blog e quero ler mais :)

http://carreteldeletras.blogspot.com/

Fábio Murilo disse...

Uau!Sexual ao extremo!!!

Existe Sempre Um Lugar disse...

Olá,
O amor acontece quando tem que acontecer, pedir amor é igual a nunca o ter, um dia junto ao mar aparece-lhe um grande amor que para sempre vai ficar apaixonado.
Abraço
ag

Alexandre Lucio Fernandes disse...

Como não se apaixonar? Como não ser hipnotizado pelo teu amor que se desdobra pelo meu peito esperançoso de ti. Você abre as portas para um sentimento concreto, não algo passageiro. Não um castelo feito de cartas, mas uma fortaleza feita com rocha pura, inabalável, mais que verdadeira.

Não será um amor raso, mas [pro]fundo, que atiça a alma com os sonhos mais belos e essenciais. Farei-te amada tão quanto tu se sentes viva. Serás ensinada, falada, calada... desejada!

Beijolindo ^^

Texto lindíssimo e foto mais ainda!!

O Sibarita disse...

Ô criatura e quem não se apaixona por vc? Ora, ora dirão as estrelas e luas... kkkk

Belo poema, apaixonante tanto quanto a autora, hummm... kkkkk

O Sibarita