sábado, 15 de novembro de 2014



Encanta-me!
Sem que eu conheça
as estampas da tua agonia,
nem onde deitam meus medos.
Com a lua a brincar
de encher e minguar
No céu de nossas magias.

Encanta-me mesmo!

Sem fazer de conta
que a força da minha onda
não afronta as marolas da tua calmaria.
Deixe o teu rastro
nas minhas noites vazias.
Conta  nossas histórias
Que sai da tua boca com energia.

Surpreenda-me!

Faça com que em minha trajetória
em você se perca,
teu amor em mim se tatue
nossos encantos se espalhem
nossas almas não se afastem jamais.

..e se um de nós for embora, estaremos tão

agarrados que levaremos um pedacinho do outro. (Bandys)♥

22 comentários:

Daniel C.da Silva (Lobinho) disse...

Há poesia, aqui...
Gostei muito...

Beijo amigo

Rita Sperchi disse...

Querida ,,,,,

Encanta-me todos seus poemas
lindo e profundo

Bom domingo
Bjusss

└──●► *Rita!!

RENATA MARIA PARREIRA CORDEIRO disse...

Lembrou-me Pablo Neruda. Muito lindo, querida.
Beijo*

Ariana Coimbra disse...

Continue nos encantando com sua poesia bonita.

Beijo

meus instantes e momentos disse...

é sempre muito bom ler voce...

Samuel Balbinot disse...

Boa tarde minha querida amiga...
o bom de nós que temos a palavra vibrando internamente é que podemos sim tatuar o amor no outro..
não tem sentimento mais puro do que uma frase ou palavra que nos abrace..

sobre vosso comentário na Smareis..
encanto és tu sempre doce nos dizeres e com magia no coração.. beijos meus e um lindo domingo Eliane

Edith Lobato disse...

Poema de encantamento belo. Amei!! Boa tarde de domingo. Bjs

Luria Corrêa disse...

Encantada!

MARILENE disse...

O encantamento do amor é sempre recíproco. Quando há real sentimento, funde-se. Bjs.

Lu Nogfer disse...

Versos lindos de viver literalmente!

Beijinhos e uma linda semaninha pra ti.

Nanda Olliveh disse...

Muito delicado...
Gostei de ler-te amiga Bandys!

Beijos!!!

Pérola disse...

Não é pedido, é convite encantado.

Amoroso e irrecusável.

Beijinhos

Andréa disse...

Boa tarde querida! Paz e luz!
A foto é linda e inspiradora e o poema tbm. Belos versos, como sempre vc arrasa, parabéns!

Um grande beijo e sucessos sempre ♥
Andréa

Andréa disse...

Bandys querida,
obrigada pelo comentário no meu blog, vc é uma fofa!
Quanto a sua pergunta, eu fiz um refogado de pimentão amarelo, vermelho, cebola roxa e amarela, azeitonas verdes e preta, ervas fina e azeite a gosto e servi junto com a sardinha.
Breve darei a receita no blog.

Bjs, fica com Deus ♥

Vera Lúcia disse...


Olá Bandys,

Um encanto de poema, muito bem ilustrado pela linda e sensual imagem.
Adorei a última estrofe e respectivo final, eivados de romantismo.

Muito linda a sua sensibilidade poética.

Beijo.

Dentro da Bolha disse...

"teu amor em mim se tatue
nossos encantos se espalhem
nossas almas não se afastem jamais."

e teus textos sempre me inspira!! Que maravilhoso.

dentrodabolh.blogspot.com

Maria Alice Cerqueira disse...

Querida amiga venho por meio deste, pedir desculpas pelo cola e copia, e também pelo meu silencio, mas tem sido por conta de colocar a vida em ordem.. rsrs..
Hoje Trago uma boa noticia, está chegando o dia do lançamento do meu livro. Uma Menina Chamada Esperança.
Se puder compartilhe com seus amigos esta postagem, levando a conhecimento de todos, a existência de Uma Menina Uma Menina Chamada Esperança.
https://www.facebook.com/UmaMeninaChamadaEsperanca
Ajude a manter viva a esperança da realização do sonho de cada criança, mesmo que esteja adormecida dentro de um corpo adulto!
Obrigado! Que Deus abençoe você!
Mais detalhes veja no link abaixo!
https://www.facebook.com/events/991866294164214/?pnref=lhc.recent
Venha conhecer esta linda Menina Chamada Esperança, que ao decorrer seu caminho traz a luz da esperança para todos nós!
Obrigada de coração pelo carinho recebido pela sua amável presença, neste meu cantinho
Que Deus abençoe você sempre e sempre...
Abraço amigo!
Maria Alice

Fábio Murilo disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Fábio Murilo disse...

Eita, fechou com chave de ouro: "e se um de nós for embora, estaremos tão
agarrados que levaremos um pedacinho do outro". Melhor que suplicar é ser surpreendido, sem querer as coisas acontecerem feito um vento que entra porta a dentro sem avisar a levantar poeira, derrubar as coisas na estante, soprar a cortina. Um vento intruso, que deixe saudade ao modicar o que trava muito parado, um tanto disciplinado.

Ghost e Bindi disse...

Bandys, por mais que nos esforcemos, não se pode retratar a profundidade e beleza de seus sentimentos, nobre poetisa.

Ghost e Bindi

O Sibarita disse...

Ei sua menina! Oi já estou com um pedacinho seu aqui! kkkkkkkkkkkkkk

Sempre um poema porreta para sacudir a poeira do coração, oi que bom! kkkk

O Sibarita

Manoel Carlos Alves disse...

Encanta-me ler seus textos, parabens por tão belos poemas... Desde já um cordial abraço...