domingo, 15 de novembro de 2015



Preciso de todas as fantasias
de todas as presenças
do silêncio dos ecos
e das ausências
Que passeiam em mim,

Soprem ventos as minhas metades enfeitadas de nada.
Meus olhos perdidos são achados nos seus. Mãos vazias.
Do fundo, dentro, dentro sopram vendavais, e apenas silêncios
me chegam a alma. Ondas do mar me trazem o dia. E meus lábios
tornam-se inspiração da poesia que meu corpo te dedica. (Bandys)

8 comentários:

  1. Bandys, poema ´magnifico, não o faço por menos, a olhar a foto ilustrativa, vejo dimensão no excelente binómio.
    beijos

    ResponderExcluir
  2. O final é tão sensual... Amei
    Bjs

    ResponderExcluir
  3. Um bonito poema com uma doce sensualidade.
    Beijos.

    ResponderExcluir
  4. Boa tarde, no silencio dos ecos, somos imperfeitos, somos perfeitamente nós próprios acordados imaginando soluções, para que o egoísmo não destrua o coração.
    AG

    ResponderExcluir
  5. A paixão são fogos de artifício, um de verão, uma emoção inenarrável, indescritível, tudo que de eternidade, de vontade de permanecer, detentores de um poder, um privilegiado ao amar e ser amado. Poesia bem no seu estilo, Bandys de ser. Beijo, garota.

    ResponderExcluir
  6. GOSTEI DO SEU BLOG E TENHO UM ARTIGO PARA VOCÊ

    Olá Tudo Bem? Primeiro! Quero me apresentar sou a Professora Rosimeire F. Oliveira
    A minha especialidade é falar sobre Saúde, Bem Estar e Emagrecimento.

    Escrevo atualmente para o Beleza Blog (beleza.blog.br).
    Achei muito interessante o seu blog, gostaria de contribuir com um artigo de minha autoria,
    o texto é totalmente gratuito e o assunto é mais relacionado ao seu blog.

    Será um artigo atraente e atualmente muito buscado pelo público.

    Para divulgação do meu trabalho o que necessito é um link dentro do artigo.
    Se você aceitar publicar o artigo eu divulgo (grátis) na nossa rede que soma mais de 2 milhões de visualizações.

    Entre em contato comigo por e-mail prof.rosioliveira@gmail.com

    Me solicite um artigo para avaliação e um plano de divulgação.

    Gostaria de fazer parte do seu blog através desse artigo!

    Aguardo sua resposta e estou a sua disposição! Atenciosamente,
    Professora Rosi Feliciano Oliveira

    ResponderExcluir
  7. O corpo pode mesmo ter poesia (tal como o da foto).
    Gostei muito do seu poema, é excelente.
    Tenha um bom domingo e um boa semana, querida amiga Bandys.
    Abraço.

    ResponderExcluir

"Então eu disse a mim que o mundo no qual eu acreditava haveria de existir em algum lugar.
Nem que fosse apenas dentro de mim."
Obrigada.Beijo ♥