sábado, 6 de fevereiro de 2016



E o que habita em mim eu conheço

E o que eu conheço eu permito

E o que eu permito, é.

Eu sou.

Permito-me..


..levo meu para onde meu carnaval esta. (Bandys)

11 comentários:

RENATA MARIA PARREIRA CORDEIRO disse...

Um poema lindo, afirmativo e positivo. Gostei muito.
Beijo*

ONG ALERTA disse...

Verdadeiro....
Bjbj Lisette.

Reflexos Espelhando Espalhando Amig disse...

Bandys, bom dia!
Que lindo seus versos.
Encantada mato um
pouquinho de saudades
e alimento a esperança
de te-la lá pelo Espelhando.
Bjins
CatiahoAlc.

Rita Sperchi disse...

Hum que lindo minha doce poetiza
bem romântico, e vá a onde o amor
te leva bjuss de bom carnaval
Rita

Elisabete disse...

Gostei muito.
Bjs

Daniel Costa disse...

Bonita reflexão Bandys!...
Beijos

Mar Arável disse...

Tudo se move

Alexandre Lucio Fernandes disse...

E eu sou. Porque você permite.

Voltei. Porque nunca deixei de estar em você.

Beijo querida!

Amodoro! =D

Andréa disse...

Hello minha linda!
Que fofa!
Foto e poema lindos como você!

Um grande bjo no seu ♥

Lu Sam disse...

Temos que nos permitir ser o que quisermos!
Beijos

António Jesus Batalha disse...

Estou a tentar visitar todos os seguidores do Peregrino E Servo, e verifiquei que eu estava a seguir sem foto, por motivo de uma acção do google, tive de voltar a seguir, com outra foto. Aproveito para deixar um fraterno abraço.
António Jesus Batalha.