sexta-feira, 27 de janeiro de 2017



Sabor
Eu quero o sabor do encontro.
Aquele que vem com gosto de sol e calda de chuva...
Eu quero o mergulho nos teus olhos, o gosto da tua boca,
a mistura das nossas línguas...
Eu quero o calor dos nossos corpos se procurando,
deslizando, se encaixando.
Eu quero o sabor do teu prazer, do tesão...
Do teu corpo enlouquecido pelo meu.
Esse é o sabor que eu quero. A delícia do nosso gozo.
O sabor dos nossos prazeres misturados estremecidos,
perdidos, sentidos. Com cheiro de flores...
O gosto do gemido, o sabor colorido do nosso sorriso.
Depois o sabor do teu cansaço deitado no meu colo...
Murmurando amor. Nossas vontades..
Eu quero o sabor dividido... Acolhido. Atrevido...
Eu quero o seu sabor, o sabor de você... O meu sabor.
Eu quero o sabor do amor, do nosso amor.

...é o sabor do amor que trás o lençol de estrelas
e cobre nossos corpos nus. (Bandys) ♥

3 comentários:

Elisabete disse...

Soube transmitir um sabor delicioso!
Bjs

Poeta Mauro Rocha disse...

Boa noite!! Quanto tempo!! E vejo que aqui tá cada vez melhor!! Sucesso sempre!!

Daniel Costa disse...

Bandys
Poema - desejo bem ritmado, belíssimo com o seu bonito tom sensual, sempre bem agradável.
Beijos