quarta-feira, 29 de março de 2017


Eu quero mais você...
Eu quero mais...
Muito mais...
Eu quero sentir teu gosto,
Tua boca,
Eu quero ouvir tua voz,
Dizendo-me poesias e declarações ao ouvido.
Eu quero ouvir teus gemidos roucos e incontidos,
Gemidos soltos,
Quando te delicio com mãos e línguas.
Ah...
Eu quero mais...
Muito mais...
Eu quero te dar prazer,
Eu quero te ter...
Quero que sinta minha pele arrepiada,
Meu cheiro,
Meu gosto...
Quero apertar seu corpo,
Acariciar seus cabelos,
E morder seu pescoço e nuca desnudos.
Eu quero te ver ensandecido,
Alucinado,
Descontrolado de prazer,
E por prazer.
Eu quero mais...
Muito mais...
Eu quero meu corpo no teu,
Minha língua na tua,
Sugando,
Lambendo...
Eu quero mais...
Muito mais...
Eu quero te enlaçar entre pernas,
Cavalgar em teu corpo,
E percorrer seu sexo úmido.
Ah...
Eu quero mais...
Muito mais...
Eu quero ir mais fundo,
No teu mundo,
em êxtase profundo.

Simplesmente... quero você, calmamente!!! (Bandys) ♥

6 comentários:

Élys disse...

Uma bela poesia de um grande querer.
Um abraço.
Élys.

Mafê Probst disse...

intenso, leve, doce e perfeito.
me trouxe memórias ♥

Pâmella Ferracini disse...

Meu Deus, como amo poesia.
Tu é tão sensível, que poema lindo!

• Meu blog http://blogloveinred.blogspot.com.br
• Ig do Blog https://www.instagram.com/blogloveinred

Elisabete disse...

Emana daqui um amor intenso.
Bjs

Maria Rodrigues disse...

Sensual, apaixonado e belo poema
Beijinhos
Maria

Jaya Magalhães disse...

Ah, mulher! Assim é sacanagem. Chego aqui tão despreparada e você me vem tão cheia de fantasias despidas.

É o fôlego que se esvaia, as cenas que faço a cada verso, os tons que imagino e que me fazem fechar os olhos imaginando poesia semelhante, agora já com palavras minhas.

Você hoje colocou pimenta nas letras. Saio daqui quente, tal como tuas palavras.

Um beijo.