sexta-feira, 1 de outubro de 2010


Pedi que meu olhar fosse suave e seguro,
Se mostrasse manso e puro..
Transmitisse alegria e escondesse a tristeza,
Enxergasse lágrimas e visse pureza..
Olhasse com respeito e não visse defeitos.
Que soubesse amar com imensidade, sem vaidade.
Fosse tranqüilidade e felicidade.
Que não fosse defesa, e sim fortaleza.
Que penetrasse no teu mais íntimo
E se tornasse legítimo.
Pedi que meu olhar fosse alegria de menina
Morada da tua alma, minha vontade feminina
Através dele você me olhasse nua e me fizesse tua.
Sem depender da lua..

..te olhei com os olhos de bailarina
e dancei no teu coração..(Bandys) ♥

28 comentários:

José disse...

Bandys!!!

O teu olhar só podia ser doce,já que os teus olhos são da cor do mel.
E tu és uma poetisa que escreves sobre o amor como ninguém, eu gosto muito do tei jeito de ser.

beijinho doce
José.

Luciano Braz disse...

Com tanta intensidade no pedido, impossivel que este olhar não seja legitimo.

Muito bela sua expressão amiga! Bom aqui sempre foi assim. A musica é de muito bom gosto e da a ponte para assimilar a leitura.


Abraços e otimo final de semana, lindo demais aqui.


Luciano Braz

Daniela Filipini disse...

É difícil ler o que está escrito nos olhos, pois estes são as janelas da alma, como você já deve ter ouvido falar.
Muitas vezes é possível ver a felicidade estampada em seu brilho e muitas vezes é possível notar a tristeza incansável por dentro.
Saudades de você.

Arsênico disse...

Gátãn... eu fico encantado com a profundidade dos seus textos... esse inclusive é de uma doçura inexplicável!!!

***

umBeijo!


;D

tossan® disse...

Sou fascinado por essa suavidade como fazes poesia. Virou redundância. Beijo

Ariana disse...

Ah o teu olhar, tão cheio de misterios, ora encantador, ora cheio de desprezo!

Os olhos são a janela da alma como se diz o poeta ne!

Lindo poema!

Beijos

Espaço Aberto disse...

Você esteve conosco em nossa postagem coletiva. E o som de seu coração foi ouvido.
Obrigada por sua participação!
Um abraço carinhoso

Sonhadora disse...

Minha querida
É quase uma oração o teu belo poema.

Pedi que meu olhar fosse alegria de menina
Morada da tua alma, minha vontade feminina
Através dele você me olhasse nua e me fizesse tua.
Sem depender da lua..

Maravilhoso

Beijinhos com carinho
Sonhadora

MB disse...

Lady Bandys, todo que você pediu Deus está te dando em dobro!!!
Te desejo um final de semana com amor e muito carinho...
Beijos
MB

EU SOU NEGUINHA disse...

Voc~e é de uma docilidade que encanta,sabia?
Beijos menina linda

Everson Russo disse...

Seu olhar é sempre de poesia pela vida,,,pelo amor,,,pelos caminhos que nos levam em paz...beijos menina e um lindo sabado pra ti....

Edson Marques disse...

Tua alegria contagia, e tua poesia encanta!



Em vez de gritar por Jesus, faça com que ele grite por você!

Flores...

Jaya Magalhães disse...

Sabe, minha vontade maior é que, além de toda a poesia, que o coração tivesse música. Aí alguém poderia dançar. Qualquer um. Mas anda tudo tão mudo que eu nem sei mais de nada.

Beijo, meu bem.

Majoli disse...

Oi minha linda amiga.
...te olhei com os olhos de bailarina e dancei no teu coração...

Ai ai ai...você é o máximo, queria poder descrever em palavras o que sinto muitas vezes ao te ler, mas não consigo...me entende?
Só sei que amo e fico deslumbrada por demais.
Sou sua fã, sempre.
Beijos dessa que muito lhe gosta.
Tenha um bom final de semana minha querida amiga.

Tânia T. disse...

Bandys,

Me empresta um pouquinho do seu talento e criatividade??

rsrsrs'

Virei tua fã.. acho incrivel o modo com escreve, é perfeito demais!!! Nunca li algo tão bonito e profundo.. aiai.. d+, d+!!

Beeijo

Desnuda disse...

Amiga,


deste belo poema jamais esquecerei! Lindo, lindo e linda! Obrigada, querida.



Carinhoso beijo e ótimo de semana

Luma Rosa disse...

Wow! Bandys!! Te vi fluando, doce ballerine!! Muito cativante!

Bom fim de semana! Beijus,

Everson Russo disse...

Então menina,,,já votou? eu já,,,cheguei cedo,,,coisa ruim a gente corre pre ficar livre,,,rs,,rs,,,e foi uma delicia,,,minha vingança é ali,,,,como é bom ver aquela maquininha aceitando meus numeros aleatorios...rs...rs...rs...votei tudo NIMIMMESMO.....beijos de linda tarde e otima semana.

Alexandre Lucio Fernandes disse...

Oh Bandys que coisa doce!

Venho aqui e toda vez sou saciado com a tua tamanha sensibilidade. Você sabe bem como nos transportar para essa ternura infinda na cálida sensação de amar. Esse poeminha tem essa força, essa cativa magia de nos laçar.

Bonito você colocar o olhar como principal vetor dessa atração mansa que o amor causa e incide sobre nós. Porque é mesmo. É a porta de entrada para a nossa alma, o limite para os nossos melhores tesouros.

Lindo! Lindo!

Beijos.

Galochas Voadoras disse...

Que fofo Bandys ^^

"Que soubesse amar com imensidade, sem vaidade.
Fosse tranqüilidade e felicidade.
Que não fosse defesa, e sim fortaleza" que lindo *-*

Galochas Voadoras disse...

Hushaushausua quando eu disse da Marina eu n tava dizendo das eleições, estava falando q ela teve aquela porcentagem na enquete do meu blog. ;D

Daniel disse...

Que texto gostoso!
você escreve com uma pureza incrível,
que coração que bate ai dentro ein?
ele vale ouro, o cubra com carinho
e mande um beijo meu a ele,
seu coração é precioso!
Beijos,

Dan

Everson Russo disse...

Bom dia menina,,,por aqui amanheceu cinza,,,não vai dar praia...tambem hoje é segunda né? rs..rs..rs..e não é que a meleca do voto pra presidente deu segundo turno,,,,outro domingo perdido com os inuteis politicos....oooooo vida.....beijos de linda semana pra ti.

Lis disse...

Lindo, doce, suave....
*-*
ótimo dia pra ti!

beijão

Fabi disse...

Quanta delicadeza nos versos, e quantas coisas podemos transmitir sem ser necessários palavras.... como já dizem um olhar pode dizer tudo!!!

beijos querida e ótima semana

Uma aprendiz disse...

Muito lindo!

Suave e delicado como deve ser.

E como você mesma é.

beijos

A.S. disse...

Querida Bandys,

O coração vibrou ao ritmo dos teus pedidos, dançando com o teu desejo!...

Beijos
AL

Silenciosamente ouvindo... disse...

Foi um prazer ter estado no seu blogue. Saudações/Irene