segunda-feira, 6 de maio de 2013




Simplesmente...

tuas palavras, teu olhar, tua doçura...
tua boca, teu cheiro, tuas mãos...
teu corpo, tua respiração, teu gosto...
tua vontade, teu desejo, tua audácia...
tua coragem, tua pele, teu jeito...
permitido ou proibido..
certo ou errado...
com ou sem sorriso...
que saudade!

uma admiração quase que instantânea...
um entendimento mútuo e inexplicável.
um abraço que conforta... protege... e deliciosamente provoca...
torna-se suficiente dispensando qualquer outro gesto.
que saudade! Quanto amor, meu amor...

te amo de forma única assim como te desejo da mesma maneira.
talvez existam outros sentimentos envolvidos sem explicação lógica...
e falando nessa tal de lógica ela se encaixa perfeitamente na tua ciência.
escolhi o caminho em que a lógica não se faz necessária...
e mais uma vez: que saudade!!! Sem lógica, só amor..

...simplesmente amor, meu amor... (Bandys) ♥

16 comentários:

  1. Declaração Linda e meiga, menina Bandys, delicada e suave, como deve ser o amor.

    abço fraterno!

    ResponderExcluir
  2. Esa Lógica que encaja perfectamente en la ciencia del Ser amado.
    El Amor no tiene Lógica...Es una Loca Cordura que viste de alas nuestro corazón.
    Precioso, Brandys.
    Abraços e beijos.

    ResponderExcluir
  3. Seus versos seguem singelos e delicados..parabens, querida..continue sempre assim..beeijoss

    ResponderExcluir
  4. Que linda você e tua forma delicada de descrever o amor. Muito belo amada. Beijos cheio de luz no coração.

    ResponderExcluir
  5. Querida amiga

    Cada palavra
    que inspira
    nossa vida,
    acorda novos
    sentidos
    em nossa caminhada.

    Viver é acima de tudo,
    a arte de abraçar os sonhos.

    ResponderExcluir
  6. Boa noite minha querida !
    O sonho é a satisfação de que o desejo se realize,dentro das palavras que vira um texto poético...
    bjsssssssssssss

    ResponderExcluir
  7. Lindo!
    Me pareceu tão intimista.
    Tão real e tão verdadeiro.
    Parece vindo de outras vidas.
    Bjos

    ResponderExcluir

  8. Que lindo Bandys, que palabras tan especiais. Deijo un abrazo que conforta ( que bonito )

    ResponderExcluir
  9. Tudo é gostoso quando a gente olha a pessoa que se ama assim, com esse olhar colorido de amor,,,de leveza de alma,,,beijos Dy...bom Dyaaaaaaaa.

    ResponderExcluir
  10. Bandys...

    Cantas o Amor e torna eterna a tua palavra... E a magia anda no ar...

    Eita mulher apaixonada!...rsrs

    Baci blu...

    (Por acaso não haveria um email intrometido no teu correio eletrônico, hum?)...rs

    ResponderExcluir
  11. E nada mais é preciso! Meu beijo.

    ResponderExcluir
  12. É assim o amor : ardente, intenso, único...
    Beijito.

    ResponderExcluir
  13. Olá Bandys! Nossa amei seu poema, pura intensidade... Como é gostoso amar assim, uma amor embriagante que nos deixa com aquela cara de mulher apaixonada. Nossa! parabéns amiga.
    Beijos!
    Fernanda Oliveira
    http://nandamusicpoesia.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  14. Olhares que se tocam, peles que roçam e se amam. Admiração mútua, dedos entrelaçados suplantando o amor sublime que percorre belo no peito do querer.

    Amor único que alicerça o peito, que embala o coração com uma melodia única, audível apenas pelo amado...

    Música linda...

    Beijo!!!

    ResponderExcluir
  15. Simplesmente digo que o seu poema é tão assim, dilacerador de corações! kkkkkkkk

    Beleza!

    O Sibarita

    ResponderExcluir

"Então eu disse a mim que o mundo no qual eu acreditava haveria de existir em algum lugar.
Nem que fosse apenas dentro de mim."
Obrigada.Beijo ♥