segunda-feira, 13 de maio de 2013






Te desejo uma fé enorme. 
Em qualquer coisa, não importa o quê. no momento em tudo.
Desejo esperanças novinhas em folha, todos os dias.
Tomara que a gente não desista de ser quem é por nada nem ninguém deste mundo.
Que a gente reconheça o poder do outro sem esquecer do nosso.
Que as mentiras alheias não confundam as nossas verdades, mesmo que as mentiras e as verdades sejam impermanentes.
Que friagem nenhuma seja capaz de encabular o nosso calor mais bonito.
Que, mesmo quando estivermos doendo, não percamos de vista nem de sonho a ideia da alegria.
Tomara que apesar dos apesares todos, a gente continue tendo valentia suficiente para não abrir mão de se sentir feliz.
As coisas vão dar certo.
Vai ter amor, vai ter fé, vai ter paz – se não tiver, a gente inventa.
Te quero ver feliz, te quero ver sem melancolia nenhuma.
Certo, muitas ilusões dançaram.
Mas eu me recuso a descrer absolutamente de tudo, eu faço força para manter algumas esperanças acesas, como velas.
Que os dias sejam doces. Repito sete vezes para dar sorte: que seja doce que seja doce que seja doce e assim por diante.
Que seja bom o que vier, pra você.
(Caio F. Abreu)

Porque ninguém tira a minha vontade de te ver feliz.
Beijos somente seus... (Bandys)♥


15 comentários:

Fernanda Oliveira disse...

Amiga Bandys amei o texto!
E a sua frase no finalzinho hein?
Beijos somente seus... Hummm,rs
É sempre um prazer visitá-la sempre!

Beijos!!! Fernanda Oliveira

Carlos Cacau disse...

A cumplicidade quando existe de verdade, nunca deixa de existir.. e o desejo de sempre ver o outro bem, seja como for.

Beijos, Poetisa
e a vontade de te fazer feliz, nunca deixará de existir.

wcastanheira disse...

Adoro seus delírios, viajo neles, mas hoje vc fez uma ótima escolha tb, o Caio é d+++, venha de Caio ou de Bandys é sempre um mimo, pra vc linda, bjos, bjose bjosssssssssss

Daniel Costa disse...

Amiga Bandys

"Vai ter amor, vai ter fé, vai ter paz – se não tiver, a gente inventa."
Belo parágrafo de otimismo, de Caio F. Júnior.
Beijos de amizade

Thomas Albuquerque disse...

Mocinha, seu coração é muito afetuoso e singelo.Cada vez que visito seu Esconderijo, me vem uma coisa agradável, uma energia bonita e poetica...continua assim sempre.

Beeijos

Pedro Luis López Pérez (PL.LP) disse...

Preciosa Poesía de Caio F. Abreu donde la Fé en el Amor es Fundamental para conservar esa ligereza de Alas que nos infunde este sentimiento para darnos Amor en Libertad de dos corazones.
Precioso.
Abraços e beijos.

... "gigi"... disse...

Lindo Bandys...

E com uma intencidade no coração maravilhosa... Feliz de quem o recebe com tanta magia...

Bacio blu nell'anima...

mARa disse...

Bandy, que texto lindo, é verdade, acreditar é tudo, vai ser bom, será bom, é tudo sempre bom, o importante é acreditar e desejar que todos sejam felizes, tem coisa melhor?

abço guria linda!

Fernando Santos (Chana) disse...

Olá Bandys; belo texto...Espectacular....
E você não sabe quantos sorrisos eu já dei só de pensar em você.
~Caio Fernando Abreu

Cumprimentos

Everson Russo disse...

Gostoso esse desejar bonito, esses sentimentos compartilhados,,,essa alma que procura outra alma tão perfumada quanto, pra fazer feliz,,,beijos Dy,,,bom finalzinho de quarta pra ti...

Hippie disse...

vivo como valente, vivo pelo que desejo e principalmente por quem desejo, como objetivo? Alcancar a felicidade mutua.
O verdadeiro amor contempla benécies para ambos amantes, que em meio a dificuldades coridianas conseguem manter acesa essa chama.
Problemas? Prefiro usar o termo dificuldades... Que nao obstam nossas vontades de sermos felizes.
Sou feliz, estou feliz, me faz feliz... Bjos nossos.

Everson Russo disse...

Boo de boa tarde Dyllex...beijos e to com saudades desse mundinho,,,ai como dói ficar longe...meu Deus...nunca pensei que fosse tanto...rs...

Evanir disse...

Bandys , minha querida
demoro mais sempre volto ao meu destino
onde estão aquelas pessoas
que o tempo me ensinou a amar independente
da divisão de mundo real .
Querida seus lindos poemas me cativa por ter versos incrivelmente divinais.
Espero estar tudo na paz sinto muita falta dos dias idos porque esse eu sei não volta jamais.
Amiga com enorme saudade deixo meu eterno carinho espero sua doce presença na minha viagem mundo a fora .
Em minha viagem eu embarquei no Ultimo Barco do Planeta .
O destino é incerto não onde vou ancorar .
Linda noite minha amiga amada beijos na alma e no coração.
Hoje e sempre amiga ,Evanir.

O Sibarita disse...

Um belo poema com nome e sobre nome do Caio!

Demais!

O Sibarita

Fábio Murilo disse...

E como se diz: Na saúde e na doença, na riqueza e na pobreza até que a morte, ou o outro ou outra, os separe.