sexta-feira, 9 de janeiro de 2015



Madrugada
O dia trás a noite
E nos entrega de presente.

Nossas almas se encontram pacientes...
peço que as estrelas testemunhem
meu carinho na maciez do teu corpo.
Que a lua seja ideia solta que vaga
no campo da fantasia...do amor.
Bordem caminhos, ressuscitem sonhos
e floresçam  todas as emoções.
Entre sussurros e canções, um suspiro em poesia.

estrelas e flores rabiscam versos enfeitados de vida.(Bandys)

10 comentários:

Luma Rosa disse...

Oi, Bandys!
Das estrelas a fantasia não nos priva quando a lua é testemunha de tão doce sedução. Lindo!!
:)
Beijus,

Fábio Murilo disse...

Tem certas horas que valem por toda uma vida, tem certos momentos que justificam toda uma eternidade. A vida é agora, a gloria de existir, de extrair o sumo da existência, a essência dos segundos. Legal, Bandys.

Patrícia Pinna disse...

Bom dia, Bandys.
Linda a leveza com que fala do amor.
A lua testemunha cada segundo de um transbordar de alma, tão intenso e único.
Tenha um fim de semana de paz.
Beijos na alma.

Rita Sperchi disse...

Que poema lindo, profundo e
cheio de amor,bem romântico faz nosso coração estremecer eu adorei

Abraços de bom final de semana

└──●► *Rita!!

Elisabete disse...

Um poema lindo e romântico muito bem ilustrado com a foto.
Bjs

Isa Sá disse...

Lindo poema.

Isabel Sá
http://brilhos-da-moda.blogspot.pt

Samuel Balbinot disse...

Bom dia Bandys..
esta união e o contemplar essa magia que se reflete no sol e na lua é algo que fica dentro de nós para sempre..
e quando se pode fazer isso com a outra alma ao nosso lado não tem preço.. bjs e um lindo dia
até sempre

poesia de vieira calado disse...

Muito lírico e esbelto, o seu poema!

Beijinho para si!

SinneR disse...

;) gostei

bj doce

Lucimar da Silva Moreira disse...

Bandys poema lindo delicado cheio de amor, beijos.
Blog /Fan Page / TSU/