quarta-feira, 28 de janeiro de 2015


Rotina     
A cada dia que nasce
Renasço. Refaço-me.
Já me equilibrei em corda bamba
Contorci-me, cresci.
Enfeitei meu rosto com pintura de palhaço.
Já pulei... Saltei em braços, abraços.
Andei por arames farpados... Dei beijos molhados
Sonhei com namorado... Acordei amada.
Sorri e chorei. Fiz e refiz
Fiquei triste e feliz.

Atiro-me todo dia sem medo de fracasso
Porque a cada dia que nasce,
O sol teimosamente me chama...
Brilha e me quer. Renasço.

...misturei a essência da coragem com o gosto da sabedoria.
Nasceu o amor, que me acorda todos os dias. (Bandys)♥

18 comentários:

Lucy Mara Mansanaris disse...

Um poema lindo e cheio de vida. Viver é isso, equilibrar-se quase que o tempo todo, adorei, parabéns!
Um abraço, lu.

Daniel C.da Silva (Lobinho) disse...

Woow... Um poema cheio de pujança, de ritmo, jovialidade e vida! Um tributo à autossuperação, à beleza, à energia da vida e ao amor...

parabéns!

Beijo amigo

Bell disse...

Todos os dias podemos recomeçar e isso é muito bom.

bjokas =)

Existe Sempre Um Lugar disse...

boa tarde, renascer diariamente com motivação para enfrentar o esperado e o inesperado, é fantástico, assim como o seu poema o é.
AG

Elisabete disse...

Já não é rotina se renascemos.
Bjs

ONG ALERTA disse...

Cada dia um novo começo, beijo Lisette.

Carmem Grinheiro disse...

Olá Brandys,
Para sobreviver é sim, necessário aprender a renascer. Resiliência.

bjo

Andréa disse...

Olá querida Bandys, tudo bem?
Saudades de ti e de seus lindos textos poéticos!
A gente renasce a cada amanhecer, viver nesse mundo cheio de conflitos é uma dádiva.

"...misturei a essência da coragem com o gosto da sabedoria.
Nasceu o amor, que me acorda todos os dias. (Bandys)♥"
Adorei!

Beijão, fica com as bençãos de Deus!
Andréa ♥

Andréa disse...

Ah, esqueci de dizer, o seu cantinho tá ainda mais lindo e a sua foto de perfil tbm, vc é linda por dentro e por fora!

Bjs ♥=♥

Fábio Murilo disse...

A felicidade é uma invenção, é uma tomada de decisão, é uma postura. A maioria das pessoas passa pela vida e não vive, existe apenas. Nossa vida é uma coisa inalienável, cumpri-nos atravessar os dias da melhor maneira, com o máximo de qualidade de vida, deslizar na superfície dos segundos sem desassossegos grandes, da melhor maneira possível. Fazer da novidade uma rotina. Legal, Bandys.

ALUISIO CAVALCANTE JR disse...

Querida amiga

Se o amor
nos acorda todos os dias,
nada mais podemos dizer,
pois quem é acordado
pelo amor,
encontrou para sua vida
o maior dos sentidos...

Que ainda haja estrelas em seu coração,
é o que deseja minha vida para a tua.

Vieira Calado disse...

olá, como está?
Parece que foi um final feliz...
Se assim é, pois que se mantenha!

Saudações poéticas!

Luma Rosa disse...

Oi, Bandys!
Um poema cheio de personalidade e determinação! Tens bons motivos para acordar todos os dias!
:)
Obrigada pela presença no aniversário do "Luz" e pela companhia em todos esses anos!
Beijus,

Miguel disse...

A maior virtude está em levantar-se quando se cai, em recomeçar a cada dia, em refazer tudo em que se errou.
As tuas palavras são dum optimismo contagiante!

Boa semana.
Um beijo
MIGUEL / ÉS A MINHA DEUSA

Lucimar da Silva Moreira disse...

A cada amanhecer é um novo começo que temos, Bandys beijos.
Blog /Fan Page / TSU/

Nilson Barcelli disse...

Não podemos ter medo do fracasso.
Excelente poema, não só pela forma poética, que é brilhante, mas também pelo conteúdo, que é bem positivo e encerra, ao fim e ao cabo, grandes conselhos para a vida.
ADOREI.
Bom resto de semana, querida amiga Bandys.
Beijo.

O Sibarita disse...

Ô criatura de Deus! kkkkkk

A cada dia renascemos, repare... kkk

Xiiii contorcionista é? kkkkkkkkkk

Isso, sem medo do fracasso, quem não arrisca não petisca! kkk

PORRETA! kkk


"Divina! Agônico, pulsa o coração malabarista,
Em mim, alguma coisa a ti pertence... O amor,
Ao tudo, ao nada, fala da paixão contorcionista..."

"-O que é que o palhaço é? -Ladrão de mulher!"

Cuidado! kkkkkkkkkkkkkkkkkkk

O Sibarita

Morning Dreams disse...

Adorei o poema, é lindo!

MORNING DREAMS

Sofia Silva, Beijos*