domingo, 29 de maio de 2016



Transmutação
Sou parte do tudo
O pedaço que é feito de nada,
Sou o olhar que te deixa mudo
E a visão que te agrada.

Sou uma luz dançante
Um caminho que não tem prumo
Você me quer como calmante
É aí que tomo rumo, sumo.

Sou as lágrimas da tempestade
Com o choro de trovão,
Sou quem te nega um olhar
Mas te entrega o coração.

Sou o sol que vem da noite
Que ficou sem as estrelas..
Sou o dia amanhecendo
Sou o raio sou açoite.

Sou o sonho desfeito
Em labirintos perdidos,
Mas sou teu corpo perfeito
Teu gozo em mim acolhido.

Sou tudo que você pensa
E muito menos do que sou
Pra você eu sou presença
Na sentença que te dou.

...sou a rebeldia do pecado,
 sou o amor beatificado.(Bandys) ♥ 

6 comentários:

Smareis disse...

Oi Bandy queridona. Que saudades menina!
Que lindeza de versos.
"..sou a rebeldia do pecado,
sou o amor beatificado." Excelente!

Andei dando uma pequena pausa que acabou se alongando. Mais a saudade bateu, e de volta estou no meu blog. Tem postagem por lá!
Um abraço e ótima semana!
Bjs meus e muitos sorrisos.

Cristiano disse...

Mas quem é você? Pergunta dificil de responder neh?

Bell disse...

Profundo!!

Uma semana abençoada pra você =)

Mar Arável disse...

Aprender aprender sempre

Andréa disse...

Uau...que lindo!
Belos versos minha querida, arrasou!

Bom final de semana!
Beijinhos no seu ♥

Lis. disse...

Sina todos nós temos sobre muitas coisas,
desde que nascemos, e somos direcionados.
Um papel, sobretudo de querer ser amado!