domingo, 30 de abril de 2017

Anjo incandescente. 
Se deixasses de escrever, meus olhos se apagariam.
É através de tua boca que eu vejo! É nas tuas palavras que o meu mundo gira em voltas suaves e em torno do nada em cima do tudo. Prenhe das esperanças que nele copulas.   Se deixasses de escrever, prosa ou poesia, nada mais existiria e minha alma morta seria, sem beijo e sem voz  numa eterna agonia. Sou o anjo que te beija nas madrugadas derretendo sua lágrima, pra que teus olhos adormeçam com luz, na madrugante  escuridão.

E a gente vai por aí, se completando assim meio torto mesmo. E Deus escrevendo certo pelas nossas linhas que se não fossem tão tortas, não teriam se cruzado. (Bandys)

7 comentários:

Existe Sempre Um Lugar disse...

Olá, linhas torta que se completam, seu mundo gira em volta do amor provocado pelo coração apaixonado.
AG

Élys disse...

Um belo texto de um coração apaixonado.
Beijos. Élys.

Jaime Portela disse...

Há coisas que nos alimentam a alma.
Sem elas, morreríamos à fome.
Excelente texto, gostei muito.
Bom fim de semana, Bandys.
Beijo.

Rita Sperchi disse...

Maravilhoso minha querida, e como Deus
sempre sabe que escrever por linhas toras
deixa nossa vida direita, adorei como sempre
Bom final de semana
Abraços com carinho!

└──●► *Rita!!

Existe Sempre Um Lugar disse...

Continuação de feliz semana,
AG

Sara com Cafe disse...

metade e metade. caminhando e seguindo.

abraco profundo!

POESIAS SENSUAIS E CONTOS disse...

Uma semana de felicidade e inspiração