terça-feira, 11 de abril de 2017


É esquisito que teu nome sempre me soe uma prece, uma invocação sagrada e solene, que contém em si um segredo místico viajando pelo tempo, como se trouxesse consigo o desejo implícito dessa maneira única com que moves as mãos, com que abres a boca, com que recostas teu corpo, com que deixas o riso fugir pelos olhos. É estranho que teu nome sempre me soe uma promessa e um dom, como se bastasse pronunciá-lo para que a vida abra uma porta secreta, para que se insinue um milagre prestes a ser, eu assim em ti, simplesmente em teu nome. 
(Bandys)♥

5 comentários:

Élys disse...

Um lindo texto de pura emoção.
Um abraço.
Tenha uma feliz páscoa.
Élys.

Retalhos da Sol disse...

Muita saudade!
Beyjos!

Existe Sempre Um Lugar disse...

Ola, excelente texto revelador de enorme saudade, sempre ouvi dizer, que, "recordar é viver", mas, mais que queiramos, o tempo não volta para trás, se o amanhã não existe, resta-nos viver o hoje intensamente da melhor maneira possível.
Votos de Páscoa repleta de alegria! Feliz Páscoa!,
AG

Samuel Balbinot disse...

Boa tarde querida Bandys.. como ja pude ouvir... o nome é um mantra, seja o nosso ou o do outro quando pronunciado, nos eleva bjs e feliz sempre

Alexandre Lucio Fernandes disse...

Não é estranho quando ele brilha e traz suavidade à alma. Pois um nome carrega mais que apenas letras, mas uma infinidade de sentimentos. São emoções envolvidas na essência que se envolve na pessoa que ele representa. O nome soa no peito, pois o coração ouve o respirar, a pele, o sorriso, o toque... todo o amor que vem da pessoa.

Lindo!!

Saudades!

Amodoro!!

ps: tem textinho no blog.