segunda-feira, 19 de fevereiro de 2018


DIGO QUE NÃO VOU CHORAR, MAS CHORO
quando minha capacidade de suportar
vai além das minhas forças,
quando a garganta sufoca com gritos
e se fecha com muitos nós.
Digo que não vou chorar, mas choro...
porque sou impotente
perante as dores do mundo
porque não consigo o ruim melhorar,
pelas saudades que não consigo matar,
porque não me entendem
e não me deixam explicar.
Pelas injustiças que vejo
pelas doenças de nossa terra...
por não concordar, não aceitar,
não me conformar...
que algumas pessoas preferem se odiar
a se amar.

...as lágrimas são as últimas palavras quando
 o coração perde a voz.(Bandys) 

2 comentários:

PEQUENOS DELITOS RENOVADOS disse...

Um belo texto Bandys... um belo texto!!!
O sofrimento faz parte de nossa vida. Viemos a esse mundo para sermos mais fortes, mais tolerantes com o nosso e sofrimento alheio.
Mas fazes bem em desabafar, em chorar, em dar vazão a que teu espírito deseja..
Um doce beijo.... seja bem vinda !!!!!!

Maria Rodrigues disse...

Tão sentido, triste e belo.
As lágrimas vêm, quando as mágoas inundam a nossa alma.
Beijinhos
Maria de
Divagar Sobre Tudo um Pouco