sexta-feira, 8 de junho de 2018



Ando pelas ruas, sou olhada.
Na carona do meu rosto
percebo meus olhos marejarem
Sou olhada, visada...
Ninguém sonha meus sonhos.
Olham-me como se mergulhassem
nas ondas das minhas lágrimas.
Lágrimas que insistem em cair;
fazem meus lábios provar do seu gosto.
Faço outros planos...
Choro.
A multidão por mim, passa
Cada um como um fiscal.
Como se pudessem adivinhar
que elas rolam por amor.

... ando na contramão da razão, sou emoção.
Sou a calmaria no olho do furacão. (Bandys)♥

11 comentários:

Elisabete disse...

Tantas emoções emanam do seu poema.
Bjs

Daniela disse...

Lindo...Lindo!
=)
Brincando com o Poetizando e Encantando. "Olhar enternecido"

Bjinhos

Patrícia Pinna disse...

Boa noite, Bandys. Uma poesia emocionante, eu me vi nela.
Cada detalhe, cada realidade tao bela que encanta.
Parabéns.
Beijos na alma e tudo de bom.

Ana Bailune disse...

Somos mirados, por olhos que não entendem...
Lindo!

Maria Rodrigues disse...

Frios são os olhos da multidão.
Maravilhoso poema.
Bom domingo e uma excelente semana.
Maria
Divagar Sobre Tudo um Pouco

Dan disse...

Nossa, lindo e tocante.
Olhos que tiram nossas roupas, mas que não enxergam nossos sentimentos.

Brilhante,

Abraço forte, ótima semana
https://gagopoetico.blogspot.com

Sara com Cafe disse...

bela calmaria nos olhos do furacão. adorei.

Jaya Magalhães disse...

Eu queria te dizer que seu comentário no meu texto me deixou tão emocionada! Quanto tempo que a gente se acompanha, Bandys. Que felicidade! Espero que a poesia consiga ainda nos guiar por mais dez, vinte, infinitos anos!

Seu poema de hoje me doeu. Eu consegui imaginar uma cena. E senti, aqui dentro, que já vivi isso. Você emociona.

Um abraço apertado.

SOLIDARIEDADE disse...

No vendaval de nosso sentimentos, só o coração nos escuta. Belo poema.
Abraços.

Roselia Bezerra disse...

Boa noite, querida Bandys!
A gente precisa ter autoestima suficiente para não nos deixarmos influenciar pelos olhares indiscretos e críticos ferinos.
A reta consciência nos deixa caminhar de cabeça erguida.
Seja muito feliz e abençoada junto aos seus amados!
Bjm fraterno e carinhoso de paz e bem
😚😍💟

BETONICOU disse...

Oi Bandys! É assim mesmo os olhos que transbordam de sentimentos. Uns são alegres, e outros transformados em águas de angustia. As pessoas nos olham e não sabem, porém o que importa, é saber estancar nó´s mesmos essas águas de felicidades. Gostei imenso de sua sensibilidade. Beijos e feliz fim de semana. Obrigado pelo carinho em meu blog!