segunda-feira, 16 de julho de 2018


Embriagam-me os beijos, os cheiros, os carinhos e os olhos.
Ouço os nossos soluços, os nossos silêncios gritantes.
A despedida desmedida em poesia, escrita em nossos corpos e mentes.
Grudadas em nossas retinas paralisadas, mesmo distantes.

Encanto dos nossos corpos dançantes, colados,
sem querer separar-se, delicados.
Silêncios, soluços...nossos calmantes.
Apenas palavras soltas, cambaleantes.

O beijo silenciado, selando as lágrimas.
Ficamos assim, mudos, emocionados e abraçados.
A lua lá fora teimosamente brilhante
Encerramos assim a nossa noite errante.

..e  sem licença, acertadamente,
adormeço nos braços teus..deliciosamente.(Bandys) ♥

9 comentários:

Roselia Bezerra disse...

Bom dia, querida amiga Bandys!
Muito linda sua inspiração!
É bem assim que a gente se sente e é imensamente feliz!
Tenha dias felizes e abençoados!
Bjm fraterno de paz e bem

Daniela disse...

Sensualmente belo!
=)
Olhares e Deslumbres

Bjinhos

Ghost e Bindi disse...

A beleza cabe num abraço, a felicidade num leito, a vida num coração...
Um carinhoso abraço!
Bíndi e Ghost

BETONICOU disse...

Sensual e intenso. Gosto demais, de sua bela e tão bem escrita poesia! Grande beijo.

Ana Bailune disse...

Belo e intenso, Bandys!

Bandys disse...

teste

Jaime Portela disse...

E como é bom adormecer assim...
Magnífico poema, parabéns pela inspiração.
Querida amiga, continuação de uma boa semana.
Beijo.

Reflexos Espelhando Espalhando Amig disse...

Bandys
Que delícia ficar um
tempo longe daqui e ao
voltar ter vontade de
ler todas as postagens!
E é o que farei.
Mas nesses versos
há o encanto de adormecer
assim tão deliciosamente.
Adoro!
Bjins
CatiahoAlc.

Alfredo Rangel disse...

Delicioso...