segunda-feira, 3 de dezembro de 2012


eu quero despir o seu pudor
na embriaguez do seu suor
no céu do amor
camuflado e aclamado pelo teu calor

quero te extasiar de prazer
te fazer relaxar e viajar noutra dimensão
quando o meu calor pisar o teu corpo
no torpor da explosão do gozo

nossos corpos cansados virão as estrelas cadentes
a lua será palco do nosso carinho
vamos satisfeitos admirar
a leveza do caminhar das nuvens

...a leveza do nosso amor. (Bandys)

17 comentários:

Majoli disse...

Minha querida, me acha fera nos desafios, mas fala sério, fera és tu quando é pra falar de amor.
Essa imagem por sobre as nuvens, essa poesia que é pura magia...ahhhh, tudo lindo por demais.

Sabe, o dia em que eu estiver amando e sendo amada (espero que logo), rabiscarei sobre o amor num doce flutuar.

Beijos amiga linda e romântica.

Pedro Luiz Da Cas Viegas disse...

Bandys, vejo que tens grande afinidade com as palavras e com as coisas românticas. Não sou assim tão natural para lidar com esses assuntos... E quando lido é de uma forma diferente, talvez até surrealista. Bandys, grato pela visita ao meu blog e pela honra de acompanha-lo! Certamente teremos uma parceria poética proveitosa. Abraço!

Pedro

Pedro Luis López Pérez (PL.LP) disse...

Ese caminar de las Nubes desde el palco de vuestro cariño, con la mirada intensa de la Luna y su complicidad.
Precioso Poema.
Un abrazo.

LUZ disse...

Olá, querida Bandys!♥

Começo por lhe agradecer o comentário, que deixou no blog da Rosa. Obrigada, minha amiga!

Seu poema é mais uma daquelas ternurinhas, coisas doces (não podemos exagerar) que só você mesmo, daquele jeito, consegue fazer.

Tão bom, se deitar sobre as nuvens com seu amor, numa leveza transcendental, e fazer o amor quando e como vocês quiserem.

Quando se der a "explosão", vai chover estrela. Tenho certeza disso, tanto é a vossa intensidade de amar.

Boa semana.
Beijos da Luz, com muito carinho e apreço.

Daniel Costa disse...

Bandys

Ou o amor visto com leve de pureza infinita. Assim que sempre o devemos sentir.
Beijos

ONG ALERTA disse...

A leveza da paixão lindo.
Beijo Lisette.

Severa Cabral(escritora) disse...

Bom dia !!!
Na leveza do amor encontramos a leveza dos desejos...
bjssssssssss

wcastanheira disse...

_nossos corpos cansados virão as estrelas cadentes...Uuauaq mimo, será q posso ganhar o direito de plagiar? Adorei seu texto, como sempre um mimo, um show vc faz parte deste caminho mágico da poesia do viver, aceite do tio Castanha bjos, bjos ebjossssssssssss

Everson Russo disse...

Momento único, prazer intenso...despir,,,tocar a alma,,,arrepiar a pele...se deixar levar por todos os desejos e instintos...beijos Dy...lindo dia pra ti com flores...

Anônimo disse...


"Tece o carinho, constrói o caminho, Presenceia o paraízo, foste asas enquanto ventos soprava...."

Bjsss Muitos Beijos.. Love..

Evanir disse...

Estou bem afastada ,mais as saudades que sinto
chega dói meu coração.
Por meio dessas poucas palavras estou
passando para deixar meu carinho,
e dizer de uma forma ou de outra vou fazer
de tudo para jamais ser esquecida.
Foi para uma comemoração junto de todos
amigos e (as) foi colocado no ar A Viagem desse
Natal de 2012.
Deixei na postagem um mimo caso gostar fica
a vontade para trazer para seu blog.
Um abraço carinhoso tenha certeza
minha amizade é absolutamente e Sinceramente
verdadeira.
Carinhosamente,Evanir..

Luma Rosa disse...


Pézinhos de algodão, pisando em nuvens... Doçura no coração e leveza na alma. É Bandys, menina apaixonada!! :) Beijus,

Patty disse...

QUE DELÍCIA CHEGAR AS NUVENS COM A CANSEIRA DE UM AMOR.

COLOQUEI TEU LINDO TEXTO LA NO CHOCOLATRAS, VEM VER COMO FICOU.

BJS GRANDE!


PATTY.

Marcos Souza disse...

A sensação de está flutuando no céu, é muito presente quando chegamos ao extremo do prazer.
Bandys, tenhas um agradável dia e uma maravilhosa semana.
Beijos

Everson Russo disse...

Bom Dy..a pra ti menina que canta e encanta a poesia,,,que traça linhas de paz e amor,,,e que tem um horizonte lindo na Guanabara,,,e que ao certo se deixa tocar pelo Vento no Litoral....beijos e beijos com flores...

Anônimo disse...

Passando por aqui, deixando um parabéns por mais uma bela obra prima!
Beijos
MB

Alexandre Lucio Fernandes disse...

Faça, despedaça sua vontade no tecido que veste. Persiga e colha os encantos na ponta dos dedos, no calor suave que se destila pelos lábios, na ritmada batida do coração liberto pelo apetite por prazer.

Se camufle sob os véus bonitos do amor, se deleite na brisa calorosa do respirar ofegante... Se afogue na pele desejosa por você.

Beijo!!