sexta-feira, 16 de abril de 2010



Ah! Esta vontade de você...
Vontade da tua boca sobre a minha ao menos uma vez... Vontade de decifrar este mistério de teu olhar, cheio de paixão, misturado com um sorriso quase infantil... Vontade de beijar tua pele, de sentir teu calor misturado com arrepios... Ah! Quanto tempo não tenho estas vontades...
De sentir teu peito, teu corpo, teus anseios... Esta vontade louca de te abraçar e sentir o pulsar de teu coração... Tento adivinhar quantos amores nele habitaram, e quantos sobreviveram...
Fecho meus olhos, com dedos trêmulos começo a delinear teu rosto... tua boca... imaginando a suavidade da tua pele... Teu cheiro começa a se emanar pelo ar...
Ah! Quantos desejos...
De sentir tua respiração,teus gemidos, ao toque de minhas mãos...
De um dia poder ter teus olhos semi-abertos, delatando tuas vontades, como que gritando para eu não parar... Minha língua começaria a viagem, sentindo o calor de teu corpo ardente e trêmulo... E você com os olhos fechados, apenas fica sentindo minha exploração a cada milímetro de teu corpo... se perdendo neste jogo de sedução...
Passeio pelo teu corpo, sem pressa... sem pudores... Descobrindo teus desejos mais profundos...
Teu corpo, então, se alucina... clama pelo meu...

..e neste instante o mundo se resumirá nesta nossa entrega, estampada de prazer.. O mundo se resumirá apenas em nos dois!!! Felizes....(Bandys) ♥

10 comentários:

SAM disse...

Querida amiga,


o amor, o desejo e a sensualidade em cada verso. Belíssimo!!!



Carinhoso beijo!

Rô - Blog Consuma com Moderação disse...

Oi Bandys!
Lindo o texto!
Beijos, bom final de semana!

Ju House disse...

primeira declaração de amor que eu sinto hoje não ser, desesperadora, devoradora no sentido literal...e sim corporal..
gosto disso, nada de tensão, gosto de entrega de sentimentos de pele..
de como tudo muda, quando chega perto, quando enrrosca, quando rola, quando penso naquela boca..

adoreeeei, mesmo mesmo..
não é pornografia, é erotismo...
é mistura de pele...
não é amor de chorar e se acabar pq n acontece ou pq termina..
eh momento, aquele momento, o que imaporta ou importou...
qqr coisa que marcou pq foi bom! mesmo em pensamento!

ainda bem que achei esse texto aqui no esconderijo da bandys...
beijo bandys..!

She disse...

Eita coisa boa! Que delíciaaaaaa!
Bjooooo

Daniel Costa disse...

Bandys

Desenhaste um bonnito poema arrebatador, empolgado de sedução e de desejo. Que alguém veja assim o belo mundo do amor.
Apreciável mesmo.
Beijos
Daniel

Morro do Céu disse...

venha conhecer o espaço Morro do Céu!
Um blog onde premiamos oq tem de melhor na internet. participe de promoções e indique blogs de sua preferência. quem sabe o seu não seja premiado tb?

http://morroceu.blogspot.com/

Cacau disse...

Esta entrega é linda, quando se ama de verdade.


Beijos, minha poetisa
tudo que mais quero é te ver feliz!
Você sabe o que quero, não duvide disto.

Lys Fernanda disse...

Mas com que profundidade voce escreveu este poema desta vez querida, eu o adorei, cada vez melhor.

Aviso: minha ultima postagem é enorme, pois é um dialeto da historia e nao pode ser encurtado, x.x
Enfim sua presença é essencial, mas se nao puder, é justificada. Beijos ♥

A.S. disse...

Querida Bandys...

A sensualidade das palavras despertaram todos os sentidos, agitaram todos os desejos... e renasceram todas as saudades!

Um doce beijOOO
AL

samy disse...

uau, sem palavras...amei mesmo, sério muito muito bom!!!
bjs flor!!!